CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Todas as canções possíveis

Pensarei em todas as canções possíveis 
Todas as belas melodias da imaginação 
As letras que descrevem as aventuras dos heróis 
Para registrar a mais profunda epopeia 
Dos feitos daqueles que não aparecem na história 
Daqueles esquecidos pelo caminho 
Como se fossem fantasmas de um tempo remoto. 

Alguns tornam-se deuses de si mesmo 
Outros exigem a adoração como se fossem deuses 
Enquanto os pobres mortais perecem 
Em meio aos grandes sofrimentos do mundo 
Ninguém quer fechar a tampa dos esquifes 
Mas contribuem para que os corpos espalhados 
Permaneçam em suas valas não tão profundas. 

Os poetas são chacinados pelos anjos caídos 
Ou serão demônios da modernidade líquida? 
Tudo é tão sujo quanto a mente do criminoso 
Que maquina os seus maus pensamentos pelas madrugadas 
E causam o terror antes do amanhecer 
Provocando o caos em vidas antes felizes 
Que nunca mais terão uma noite de paz. 

Como podemos lidar com nossa estranheza onipresente? 
Como podemos nos desvencilhar de crendices impostas? 
Nossa mente poluída poderá ser liberta algum dia? 
Quando olho atentamente é que posso perceber 
Gaiolas em um quarto escuro escondendo segredos 
De fatos patológicos de mentes doentias 
Que provocam a destruição por onde passam. 

As faces dos heróis sempre se mostram imperfeitas 
Assim como não existem almas inocentes por aqui 
O psicopata não está na prisão se está bem aqui 
Onde as mamães varrem suas sujeiras indescritíveis 
Para debaixo dos tapetes floridos e valiosos 
Tudo isso são apenas conjecturas de almas feridas 
Que desejam desesperadamente esconder o jogo. 

Os caminhos da mente são feitos de caos 
Quando descobrimos que viver é diferente de tudo 
Diferente de todas as outras coisas que existe 
Os burburinhos da alma cresce com a idade 
E causa confusão ao longo do caminho 
Quando descobrimos que viver é um grande desafio 
Porque não sabemos nada nesse vasto universo das ideias. 

 Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, julho 5, 2024 - 14:14

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 horas 34 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 16313

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Vivo da saudade que sinto 6 148 07/24/2024 - 22:41 Português
Poesia/Desilusão Querer estar longe 6 225 07/24/2024 - 00:56 Português
Poesia/Amor Hipnotizado 6 178 07/23/2024 - 11:55 Português
Poesia/Amor Não posso imaginar 6 162 07/22/2024 - 21:23 Português
Poesia/Amor Por onde ando agora 6 240 07/21/2024 - 14:08 Português
Poesia/Pensamentos Aqui deitarei o meu reinado 6 389 07/20/2024 - 23:15 Português
Poesia/Amor As tramas sutis do amor 6 276 07/20/2024 - 14:07 Português
Poesia/Amor Um mistério que seduz 6 147 07/19/2024 - 23:58 Português
Poesia/Desilusão Saudade que sufoca 6 259 07/19/2024 - 13:23 Português
Poesia/Paixão Linda morena 6 221 07/18/2024 - 14:14 Português
Poesia/Pensamentos Arautos da ignorância 7 486 07/17/2024 - 13:51 Português
Poesia/Intervenção A poesia para os tristes 6 327 07/16/2024 - 19:34 Português
Poesia/Amor A mensagem do amor em seus enredos 6 270 07/15/2024 - 23:35 Português
Poesia/Meditação A loucura da verdade 6 303 07/15/2024 - 13:45 Português
Poesia/Canção Tudo o que desejei 6 240 07/14/2024 - 17:02 Português
Poesia/Pensamentos Palavras escritas para os perdidos 6 920 07/13/2024 - 14:36 Português
Poesia/Amor Amanhã, quem sabe? 6 191 07/12/2024 - 13:50 Português
Poesia/Desilusão O tempo faz esquecer 6 324 07/11/2024 - 14:37 Português
Poesia/Pensamentos Esquecemos o que aconteceu ontem 6 777 07/10/2024 - 16:47 Português
Poesia/Desilusão Passados recompostos 6 532 07/09/2024 - 15:15 Português
Poesia/Desilusão Fere como um punhal 6 331 07/08/2024 - 16:19 Português
Poesia/Pensamentos Que mundo criamos? 6 690 07/07/2024 - 14:34 Português
Poesia/Intervenção Convoco os poetas 8 432 07/07/2024 - 14:28 Português
Poesia/Pensamentos Todas as canções possíveis 6 1.059 07/05/2024 - 14:21 Português
Poesia/Dedicado Canção ao Festival de Pesca 6 260 07/04/2024 - 14:55 Português