CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Tudo acaba

Tudo é certo depois de se criar,
Tudo tem como se impor
Só tem que se fazer importar
E a certeza que se vem entrepor:
  Durará até acabar

Desde o simples ao mais extraordinário
Tudo tem algo em comum
Tudo se liga como vidro de aquário
Por uma fina ligação capaz de ser quebrada
Por mais não que um simples dejejum
Daquilo que se sabe vir a caminho
Tudo acaba por adquirir o título de” coisa acabada”
Sobrando um passado que se fez existir desde o ninho

Tudo acaba por mais não poder durar
Ou simplesmente porque se fez terminar
O que se podia até prolongar mas não prolongou
Desejamos que algo dure e mais depressa  dizemos:
Acabou!

Pensando na roupa que mais gostamos
E sendo ela também a que mais usamos
É aquela que mais se corrompe
Enquanto a outra, ficando no armário,
Prolonga sua inanimada vida tal como a começou

Parece contraditório mas é o que prevalece
O que gostamos mais depressa terminará
O que menos gostamos mais vivera
E o que gostávamos com o tempo desvanece

Desejamos aquele sentimento que de tão grande
Se tornou tão pequeno na duração
Queríamos muito mais, mas mais não existiu
Por vezes pensamos que o esforço foi em vão
Não nos lembrando do que se sentiu
Do que se viveu, parecendo que por mais que se ande
Não se esquecera a saudade de algo que gostamos
Fortemente e do mesmo modo nos feriu, nos magoou
E tudo porque? Simplesmente porque acabou…

Então luta-se com força e coragem
De quem não faz da vida uma miragem
E tenta vive-la o mais que poder
Sem se esquecer daquilo que quer ou não quer

Todos nós já desejamos algo para todo o sempre
E se ainda não desejamos, pelo menos ambicionamos
Queremos mais do que gostamos e é natural que assim seja
Queremos o nosso bem e instintivamente o procuramos
 
Queremos um futuro e de um jeito ou de outro
Lá pensamos nele definindo algo a atingir
Tendo pequenos ou grandes sonhos
Melhor ou pior, com sorte ou sem ela
Lá vamos vivendo de encontro ao que queremos

Tendo sempre presente conquistas,
Derrotas, perdas e ganhos
O certo: Tudo acaba; o importante é aproveitar
Enquanto dura, e dure o que durar
Que seja bom enquanto durou

Submited by

sexta-feira, outubro 14, 2011 - 18:18

Poesia :

No votes yet

Zarpante

imagem de Zarpante
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 22 semanas 2 dias
Membro desde: 04/09/2011
Conteúdos:
Pontos: 247

Comentários

imagem de Anabela3

Olá, estou a participar num

Olá, estou a participar num concurso com um poema da minha autoria.
Gostava que fossem ver e, se gostarem, que votem ;)
Fica aqui o link:
http://www.conteconnosco.com/trabalho-detalhe2.php?id=1583#_=_
Beijinhos xD

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Zarpante

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Desiludido 0 327 01/21/2014 - 17:27 Português
Poesia/Desilusão Desilusão 0 268 01/05/2013 - 15:10 Português
Poesia/Geral Hipocrisia 0 261 01/05/2013 - 05:54 Português
Poesia/Geral Boa disposição 0 281 12/29/2012 - 14:31 Português
Poesia/Geral Sozinho, perdido em mim 0 301 12/29/2012 - 14:23 Português
Poesia/Amor Amor 0 315 02/04/2012 - 19:04 Português
Poesia/Geral Almirante 0 288 01/14/2012 - 16:49 Português
Poesia/Geral Farto! 2 357 01/14/2012 - 14:27 Português
Poesia/Geral Incerteza... 2 543 11/18/2011 - 21:36 Português
Poesia/Geral Tudo acaba 1 543 11/14/2011 - 00:13 Português
Poesia/Geral Aquilo que sou 0 527 10/01/2011 - 19:21 Português
Poesia/Geral Casais 0 503 10/01/2011 - 00:58 Português
Poesia/Amor Reflexão de Relação 0 642 09/16/2011 - 18:43 Português
Poesia/Amor Meu Sonho...Sereia 0 426 09/10/2011 - 12:53 Português
Poesia/Geral Nada p´ra fazer 2 419 09/09/2011 - 20:59 Português
Poesia/Amizade Essência de teu ser 2 720 08/25/2011 - 15:01 Português
Poesia/Amor Assim és... 2 530 08/10/2011 - 13:24 Português
Poesia/Intervenção Apetece-me falar 0 495 08/09/2011 - 18:44 Português
Poesia/Geral No meu pior 2 479 08/06/2011 - 21:51 Português
Poesia/Erótico Quente Noite 4 434 07/04/2011 - 21:36 Português
Poesia/Geral A caminhada da Vida do Tempo 0 425 07/03/2011 - 23:17 Português
Poesia/Amor Dollche 0 581 07/01/2011 - 00:23 Português
Poesia/Geral Jornaleira 0 400 06/27/2011 - 23:52 Português
Poesia/Paixão Quero-te 1 455 06/25/2011 - 00:08 Português
Poesia/Erótico Naquela Noite 2 484 06/21/2011 - 23:11 Português