CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

UM DIA-A-DIA

As algemas com que vivo
noite e dia, estrangulando
vontades que sinto em mim...,
tornaram-me um ser cativo
duma existência que abrando
alienando-me assim:
trabalho com raiva e dor
e bebo para esquecer
o que enfrento dia a dia.
Filtro mágoas no suor
que no meu corpo, a escorrer,
grita cansaço, arrepia.

Maria Letra
 

Submited by

domingo, novembro 25, 2012 - 02:22

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Maria Letra

imagem de Maria Letra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 dias 19 horas
Membro desde: 11/20/2012
Conteúdos:
Pontos: 2223

Comentários

imagem de Maria Letra

UM DIA-A-DIA

Muito obrigada amigo e poeta GIL60.
Sim, este é um dia entre muitos outros de tantos seres humanos que trabalham duramente para conseguirem permitir-se uma existência digna.
Um abraço amigo.

imagem de GIL60

Gostei muito deste teu poema

Gostei muito deste teu poema, amiga e poetisa Maria.

Sinto-me muitas vezes preso dentro dessas algemas...

Beijos

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Maria Letra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral OUTRAS RAÇAS, OUTRAS GENTES 0 1.123 08/08/2015 - 01:50 Português
Poesia/Poetrix ALMA AGITADA 0 1.620 08/08/2015 - 01:48 Português
Poesia/Poetrix GAIVOTA ERRANTE 1 2.170 07/28/2015 - 20:48 Português
Poesia/Poetrix BEIJO NÃO IDENTIFICADO 1 1.272 07/28/2015 - 20:15 Português
Prosas/Tristeza UMA QUESTÃO DE PESO 0 1.118 07/26/2015 - 03:15 Português
Poesia/Poetrix RUMOS 0 1.123 07/26/2015 - 03:04 Português
Poesia/Poetrix QUE NINGUÉM SE CONFUNDA 0 915 07/25/2015 - 10:45 Português
Poesia/Poetrix EXCESSO DE PESO 0 1.009 07/25/2015 - 10:39 Português
Poesia/Poetrix MÚSICA DESAFINADA 0 1.891 07/16/2015 - 21:39 Português
Prosas/Outros ALGUÉM ME PEDIU A MINHA OPINIÃO? NÃO! MAS EU GOSTO DE DÁ-LA! 0 651 07/16/2015 - 19:10 Português
Poesia/Poetrix UM PROBLEMA DE GOSTOS 0 1.217 07/13/2015 - 20:37 Português
Poesia/Poetrix MÁSCARAS DE AFECTO 0 934 07/13/2015 - 20:00 Português
Poesia/Intervenção PROCURA-SE HOMEM HONRADO 0 1.370 07/13/2015 - 19:46 Português
Poesia/Geral A MALDADE NÃO MATA 0 3.086 06/25/2015 - 15:55 Português
Poesia/Geral SE FOSSE... 0 535 06/25/2015 - 15:53 Português
Prosas/Outros AMBIÇÃO 0 1.124 06/15/2015 - 19:18 Português
Poesia/Geral AVERTI CONOSCIUTO - TER-TE CONHECIDO 0 728 06/15/2015 - 19:15 Português
Poesia/Geral MENSAGEM 0 1.149 06/15/2015 - 17:54 Português
Poesia/Amor FOI NESSE DIA 0 863 05/06/2015 - 11:35 Português
Poesia/Tristeza UM ABRAÇO, MÃE 0 1.145 05/03/2015 - 13:59 Português
Poesia/Amor MÃE-SER-OU-NÃO-SER 0 499 05/03/2015 - 13:55 Português
Poesia/Intervenção A FORÇA DO TRABALHADOR 0 665 05/01/2015 - 14:27 Português
Poesia/Intervenção POUCA TERRA! MUITA GUERRA! 0 1.258 04/29/2015 - 21:31 Português
Poesia/Intervenção CRAVOS SEM COR 0 806 04/25/2015 - 17:56 Português
Poesia/Poetrix MEU REFÚGIO 0 774 04/22/2015 - 12:41 Português