CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Um Jogo de Quatro Cartas

Canto a silencio que te extermina
Busco longe a paz que te alucina
Saio das sombras em passo alado
Mostro a luz da ternura perdida

Canto o sentimentos que te corroí
Busco a dor que te comove e atrai
Saio do cadafalso do ser dolente
Mostro a estrada do amor ardente

Canto a lamúria do sentido perdido
Busco a paixão que a alma te queima
Saio do fogo da terra sorridente faceira
Mostro a alegria sentida que te cegará

Canto a canção do adeus do desprezo
Busco o amor adormecido e perdido
Saio da profundeza do âmago adormecido
Mostro dor sentida n’alma comprometida

Observação -As quatro cartas são as tags, o jogo é como ditam a poesia.

Submited by

segunda-feira, dezembro 21, 2009 - 03:43

Poesia :

No votes yet

marialds

imagem de marialds
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 25 semanas
Membro desde: 03/31/2009
Conteúdos:
Pontos: 2886

Comentários

imagem de FlaviaAssaife

Re: Um Jogo de Quatro Cartas

Marialds,

Gostei muito! É preciso saber usar as cartas certas na jogada da vida! Abraços

imagem de RobertoEstevesdaFonseca

Re: Um Jogo de Quatro Cartas

Lindo poema.

Adorei!

Um abraço,
REF

imagem de jopeman

Re: Um Jogo de Quatro Cartas

É um enorme prazer voltar a ler-te

Um jogo que canta, que busca,que sai e que mostra nos estorvos a paixão

Gostei bastante

bjos

imagem de analyra

Re: Um Jogo de Quatro Cartas

Rítmico, criativo, original e bem estruturado. EXCELENTE POEMA!!!
Grande abraço e feliz festas.

imagem de MarneDulinski

Re: Um Jogo de Quatro Cartas

MUITO BELO POEMA, GOSTEI!
Canto a canção do adeus do desprezo
Busco o amor adormecido e perdido
Saio da profundeza do âmago adormecido
Mostro dor sentida n’alma comprometida

Meus parabéns
MarneDulinski,

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of marialds

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Separação 0 1.112 07/22/2015 - 19:11 Português
Poesia/Geral Veja 0 1.727 07/19/2014 - 02:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.069 03/02/2014 - 01:55 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.377 03/02/2014 - 01:47 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 0 1.081 03/02/2014 - 01:41 Português
Prosas/Pensamentos Pensamentos 1 1.722 12/20/2013 - 20:17 Português
Prosas/Outros Frase 0 1.235 11/27/2013 - 23:50 Português
Fotos/Natureza Flores popularmente chamadas de "Damas da Noite" 0 2.122 11/27/2013 - 23:44 Português
Poesia/Geral Noite de Solidão 0 1.546 11/27/2013 - 22:23 Português
Poesia/Geral Fria Madrugada 2 1.870 11/27/2013 - 21:34 Português
Poesia/Geral Cotidiano 2 1.469 11/17/2013 - 23:57 Português
Poesia/Fantasia Ser em Sombras 0 1.120 05/11/2013 - 23:30 Português
Poesia/Geral A Flor da Pele 2 1.511 06/24/2012 - 20:48 Português
Poesia/Geral Solidão de nos Dois. 2 1.311 06/17/2012 - 19:39 Português
Poesia/Geral Passagem 0 1.108 06/17/2012 - 01:57 Português
Poesia/Geral Momentos 1 1.722 03/30/2012 - 09:04 Português
Poesia/Geral Teu Perfume 0 1.644 03/30/2012 - 04:04 Português
Poesia/Geral Espectro 0 1.367 03/30/2012 - 03:56 Português
Poesia/Geral Na Face do Menino 2 1.545 01/22/2012 - 02:59 Português
Poesia/Geral Tombados 0 1.145 01/21/2012 - 02:32 Português
Fotos/Paisagens Estrada de nuvens. 0 3.195 01/15/2012 - 21:38 Português
Poesia/Haikai Sem Titulo 0 1.518 01/15/2012 - 21:00 Português
Poesia/Haikai Sem Título 0 1.193 01/15/2012 - 20:59 Português
Poesia/Tristeza Apenas Lembranças 0 1.285 01/15/2012 - 20:56 Português
Poesia/Soneto Livro de bolso 0 2.557 09/17/2011 - 04:15 Português