CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Um Punhado de Versos Fúnebres Para Josef K.

O eco dos dias tem o mesmo nome
E a mesma insígnia como maldição
Quando o que resta é a degradação
De tudo aquilo que, em mim, não dorme

Eu transformo o transtorno em noite
Dialogando com a apatia magentamarelada
A cada [g]rito uma nova e indigesta morada
Assim prossigo. Inerte após mais este açoite

Cada traço meu é hediondo por natureza
Apregoa as mazelas que corroem com destreza
Tudo aquilo que sepultei junto ao vento

São tantas mágoas costuradas sem enredo
São tantos vermes nesta carne sem segredo
Que, uma vez mais, eu apago meu intento.
 

Submited by

sexta-feira, dezembro 17, 2010 - 05:21

Poesia :

No votes yet

malentacchi

imagem de malentacchi
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 16 semanas
Membro desde: 06/22/2009
Conteúdos:
Pontos: 704

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of malentacchi

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Tristeza Versos Para o Purgatório da Vida 2 265 02/18/2010 - 15:44 Português
Poesia/Tristeza A Anomalia do Poeta Anônimo 2 428 03/01/2010 - 15:53 Português
Poesia/Tristeza Ditirambo Para a Saudade e Seus Erros 2 188 03/04/2010 - 12:02 Português
Poesia/Canção Uma Canção Para o Andarilho sem Sombra 2 309 03/12/2010 - 20:13 Português
Poesia/Geral Sociopata Monaural 2 370 03/18/2010 - 23:39 Português
Poesia/Tristeza A Doença do Verso Visceral 2 431 03/22/2010 - 18:46 Português
Poesia/Dedicado Um Nome Há Distância 2 276 05/09/2010 - 22:39 Português
Poesia/Tristeza Não Há Abrigo Entre As Ruas Mortas 2 335 05/18/2010 - 20:43 Português
Poesia/Tristeza Incompreensível (Como Tantos Outros) 2 994 01/26/2011 - 01:13 Português
Poesia/Tristeza O Reflexo que Assombra 3 355 08/21/2009 - 23:27 Português
Poesia/Meditação Comum Entre as Cousas 3 371 08/24/2009 - 15:45 Português
Poesia/Desilusão A Valsa dos Espectros 3 479 08/24/2009 - 22:51 Português
Poesia/Tristeza Versos Interrompidos Numa Noite Não Muito Distante 3 527 09/19/2009 - 06:09 Português
Poesia/Tristeza Uma Canção Desastrosa 3 360 09/24/2009 - 15:57 Português
Poesia/Tristeza Notas Sobre a Condição Humana 3 385 10/05/2009 - 21:22 Português
Poesia/Tristeza Dez Versos Para a Noite que Vem 3 596 11/10/2009 - 17:10 Português
Poesia/Tristeza Algo Sobre a Invalidez 3 538 12/26/2009 - 01:24 Português
Poesia/Amor Memórias Impressas 3 407 12/05/2009 - 15:35 Português
Poesia/Tristeza Anomalia de um Verso Triste 3 507 12/10/2009 - 03:55 Português
Poesia/Tristeza O Preterido 3 391 12/31/2009 - 13:27 Português
Poesia/Tristeza White Walls 3 320 02/04/2010 - 20:11 Português
Poesia/Tristeza Um Lucivelo Na Razão (?) 3 328 02/10/2010 - 18:57 Português
Poesia/Tristeza A Dor Vespertina 3 639 03/02/2010 - 03:31 Português
Poesia/Dedicado Sobre o Vaso Morto na Janela 3 289 03/30/2010 - 17:48 Português
Poesia/Dedicado Das vontades Proibidas 3 410 09/11/2010 - 22:59 Português