CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

UN DIVINO PARTO

...
Todas las almohadillas guardan fútiles pensamientos.
Los espejos reflejan involuntariamente la solidez de las imágenes.
El aire fresco nos refresca en todo momento.
Está impresa por las paredes la fluidez de tus mensajes.
En el silencio de la puerta cerrada todavía te oigo mojada.
Mis pasos torcidos permanecen en el pasillo de la habitación.
Los sueños volátiles se liberan de la amasada almohada ...
mientras la luz de la luna aparece en la ventana llena de admiración.
...
Todas as fronhas guardam fúteis pensamentos.
Os espelhos refletem involuntários a solidez das imagens.
A aragem fresca nos refrigera em todos os momentos.
Está impressa pelas paredes a fluidez das tuas mensagens.
No silêncio da porta fechada eu ainda te ouço no chuveiro.
Meus passos tortos permanecem no corredor do quarto.
Sonhos voláteis se libertam do amarrotado travesseiro...
enquanto a luz da lua surge na janela num divino parto.

J. Thamiel
Guarulhos, 03.05.19
10:16h

Submited by

segunda-feira, junho 3, 2019 - 14:21

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 19 horas 47 minutos
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 2802

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Geral O TEMPO - (Parte 5, FINAL) 0 987 05/06/2016 - 13:12 Português
Poesia/Geral O TEMPO - (Parte 4) 0 479 05/06/2016 - 12:46 Português
Poesia/Geral FEZ-SE A LUZ 0 480 04/09/2018 - 18:49 Português
Poesia/Geral O POETA QUE VEIO DO FRIO 0 216 07/17/2019 - 14:21 Português
Poesia/Geral REFLEXÃO DE UM PIRILAMPO 0 193 07/13/2019 - 15:47 Português
Poesia/Geral A M É M 0 173 07/09/2019 - 15:38 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS 0 661 05/07/2016 - 20:56 Português
Poesia/Geral L U T A 0 681 04/10/2018 - 16:26 Português
Poesia/Amor Ao Meu querido irmão 0 526 05/07/2016 - 18:40 Português
Poesia/Desilusão ESTRANHA ESTÓRIA, NÃO É AMOR? 0 665 07/05/2017 - 22:10 Português
Poesia/Geral EL TIEMPO 0 906 09/26/2018 - 17:13 Espanhol
Poesia/Geral O TEMPO - (Parte 3) 0 584 05/06/2016 - 12:32 Português
Poesia/Geral L U T A 0 1.195 04/10/2018 - 23:21 Espanhol
Poesia/Geral AMANHÃ TEM MAIS 0 305 06/23/2019 - 15:26 Português
Poesia/Geral SE EU TIVESSE UMA BOIADA... 0 597 04/03/2018 - 13:40 Português
Poesia/Geral DESCABIDO 0 716 07/11/2017 - 13:13 Português
Poesia/Geral SE HIJO LA LUZ 0 828 04/25/2018 - 17:37 Espanhol
Poesia/Fantasia POETISA ASSASSINA 0 349 07/04/2016 - 13:52 Português
Poesia/Geral CAFÉ DA TIA MARIA 0 599 07/05/2016 - 11:49 Português
Poesia/Amor REDENCIÓN 0 362 06/17/2019 - 16:19 Espanhol
Poesia/Amor REDENÇÃO 0 219 06/17/2019 - 12:51 Português
Poesia/Pensamentos O TEMPO - (Parte 2) 0 1.876 05/05/2016 - 15:00 Português
Poesia/Pensamentos O TEMPO - (Introito) 0 541 05/05/2016 - 12:42 Português
Prosas/Pensamentos CARGA PESADA 0 421 05/04/2016 - 18:16 Português
Prosas/Lembranças Pra não dizer que não falei das pombas... 0 507 05/04/2016 - 17:06 Português