CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

VAIDADE VÃ

Com sua voz de contralto,
quando o dia chega ao fim,
o sabiá canta alto
no galho da goiabeira.
Penso que canta pra mim
mas, chama a companheira.

Canto muito em minha vida,
e sou virtuose no violão,
e a minha vaidade acendida
me faz sentir como um rei,
e massageia meu coração.
Mas, pra quem canto, não sei.

J. Thamiel
30.11.17
08:22h

poesia em flor

Submited by

quinta-feira, novembro 30, 2017 - 15:40

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Online
Título: Membro
Última vez online: há 36 minutos 46 segundos
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 3168

Comentários

imagem de lucio

vaidade vã

Olá, J.Thamiel,
Lindo poema. Bela estrutura poemática, com final surpreendente. Sim. Somos todos poetas-sabiás e cantamos para os corações que necessitam de poesia.

imagem de J. Thamiel

Lúcio, obrigado, mas tenho

Lúcio,
obrigado, mas tenho muito que aprender.
Me preocupo muito com a forma de escrever.
Não sou adepto da forma livre com que
muitos escrevem hoje. As vezes, leio aqui
poesias que eu juraria que são prosas.
Eu respeito e não contesto, mas não me
agrada muito o exagero na liberdade poética.
Estou preso (e gosto) dos parnasianos.

Me preocupo com rima, com ritmo e com as
figuras poéticas. Não sei se estou sendo
puritano. Não sei se estou certo ou errado.
Mas, sei que estou aprendendo.
J. Thamiel.

imagem de J. Thamiel

.

.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral ÁGUA DA MORINGA 0 898 02/02/2019 - 12:50 Português
Poesia/Geral NUVEM NEGRA 0 857 01/27/2019 - 15:46 Português
Poesia/Dedicado CADÊ OS POETAS? 0 652 01/21/2019 - 17:43 Português
Poesia/Geral ILUSÃO LETAL 0 951 01/15/2019 - 18:32 Português
Poesia/Intervenção AUTENTICIDADE 0 1.182 01/15/2019 - 17:00 Português
Poesia/Intervenção POEMA... PRA QUÊ? 0 1.025 01/14/2019 - 13:40 Português
Poesia/Geral LEMBRANÇAS DE PIRACAIA 0 746 01/11/2019 - 15:43 Português
Poesia/Dedicado 590 DEGRAUS - Acesso ao Cruzeiro de Piracaia 0 916 01/05/2019 - 14:51 Português
Poesia/Geral SOBRE MIM, NÃO IRIA DIZER NADA 0 904 12/27/2018 - 17:45 Português
Poesia/Amor H E L O I S A 1 730 12/20/2018 - 16:32 Português
Poesia/Fantasia SEMIDEUS 0 2.740 12/17/2018 - 11:41 Português
Poesia/Geral M É R I T O 0 731 12/07/2018 - 11:54 Português
Poesia/Geral CASTRO ALVES, O POETA INFANTE 0 1.078 11/30/2018 - 11:49 Português
Poesia/Meditação REFLETINDO COM A GALINHA 0 1.585 11/29/2018 - 16:02 Português
Poesia/Geral P R I S Ã O 3 1.774 11/25/2018 - 20:22 Português
Poesia/Meditação A T R I L H A 0 2.129 11/23/2018 - 18:24 Português
Poesia/Geral DESPEDIDA 2 947 11/20/2018 - 14:33 Português
Poesia/Geral MADORNA 0 1.236 11/06/2018 - 13:22 Português
Poesia/Geral FORMIGAS 2 1.633 10/29/2018 - 20:58 Português
Poesia/Gótico O RITUAL NEGRO 0 1.264 10/18/2018 - 17:01 Português
Poesia/Geral Ê X T A S E 0 1.026 10/18/2018 - 14:59 Português
Poesia/Meditação QUASE CONTRITO 0 903 10/15/2018 - 14:19 Português
Poesia/Geral Y EL TIEMPO PASÓ 0 946 09/26/2018 - 17:19 Português
Poesia/Geral EL TIEMPO 0 1.581 09/26/2018 - 17:13 Espanhol
Poesia/Geral NÃ0 ME SIGA 0 1.157 09/25/2018 - 20:06 Português