CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Verdes lembranças

Verdes lembranças
De menina
Dourados os sonhos
Que ficaram presos
Nos salgueiros
E nos amieiros
E que por fim
Se afogaram
Nas correntes
Profundas do rio

Tenho para mim
Que por falta de algum
Meio de me saber
Vou sendo alguma coisa
E outros que com o saber
Vou sendo nada
Nas finas lascas
De uma lousa de xisto

Um doce lambuzar
Até aos cabelos
De amoras pretas
Tão pretas quanto a cor
Da pedra onde riscava
Os sonhos todos
E me levantava a pique
Tão a pique quanto o sol
Por detrás da noite

Veio uma luz
A cobrir-me
De todos os azuis celestes
De outrora
De quando ainda era
Uma menina
A pintar na relva
O céu
E a lua 
E as estrelas
E eu

Gostava de pelo menos
Ser uma estrela
Aqui em baixo
Com luz interna
Que só eu visse
E me reluzisse por dentro

Submited by

quinta-feira, dezembro 15, 2011 - 15:50

Poesia :

No votes yet

ÔNIX

imagem de ÔNIX
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 10 semanas
Membro desde: 03/26/2008
Conteúdos:
Pontos: 4027

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of ÔNIX

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Outros Enxugo as Lágrimas 0 980 01/19/2009 - 15:18 Português
Prosas/Mistério Entre a Realdade e a Ficção, Uma visão 0 1.035 11/26/2008 - 12:08 Português
Prosas/Romance Vale do Silêncio 0 542 11/17/2008 - 12:11 Português
Poesia/Meditação A Tua Fonte 1 610 05/16/2008 - 12:39 Português
Poesia/Dedicado Tu Mulher 1 848 05/09/2008 - 00:33 Português