CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Vivo Cada Dia

As escolhas que fizeste
Que ferem o meu coração
Mesmo que não te dizem respeito
É a dor maior dessa minha solidão.

O teu silêncio doentio
Com relação ao nosso viver
Causa em mim uma angústia sem fim
Que me força a te esquecer.

Vivo cada dia sem o teu carinho
Sem a alegria do teu olhar
Vivo nessa desilusão terrível
Lembrando o quanto é bom te amar.

Mesmo com a distancia que nos envolve
Sei que não posso viver sem ti
Por isso não sei se vivo
Se você não estiver aqui.

Preciso expressar esse sentimento
Que cada dia mais aumenta
O desejo de ter você em meus braços
Que a saudade de ti alimenta.

Odair José
Poeta e Escritor Cacerense.

http://odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sábado, janeiro 9, 2010 - 18:45

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 16 horas 1 minuto
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 8061

Comentários

imagem de jopeman

Re: Vivo Cada Dia

quando os dias acusam o peso dos outros que já passaram...a dor transcende pelo corpo daquele que sofre

gostei bastante

abraço

imagem de cecilia

Re: Vivo Cada Dia

Odair

Belo poema.

imagem de RobertoEstevesdaFonseca

Re: Vivo Cada Dia

Lindo poema de amor.

Gostei.

Um abraço,
REF

imagem de Angelo

Re: Vivo Cada Dia

mais um excelente poema cheio de energia poetica.
Um abraço
Melo

imagem de FlaviaAssaife

Re: Vivo Cada Dia

Odair,

Mais um belo trabalho. Gostaria de destacar:

"Vivo cada dia sem o teu carinho
Sem a alegria do teu olhar
Vivo nessa desilusão terrível
Lembrando o quanto é bom te amar."

Lindo...

imagem de MarneDulinski

Re: Vivo Cada Dia

LINDO POEMA DE AMOR!

Vivo cada dia sem o teu carinho
Sem a alegria do teu olhar
Vivo nessa desilusão terrível
Lembrando o quanto é bom te amar.

Meus parabéns,
Marne

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Os horrores do meu esforço secreto 3 38 07/04/2022 - 19:34 Português
Poesia/Desilusão Quem pede desculpas 3 57 07/04/2022 - 12:14 Português
Poesia/Fantasia Perdido entre tantos lugares ou uma noite no Café Nice 3 66 07/02/2022 - 02:00 Português
Poesia/Pensamentos Não deixe de falar o que sente 3 91 06/30/2022 - 21:57 Português
Poesia/Amor Sentir nos lábios 3 39 06/30/2022 - 21:54 Português
Poesia/Pensamentos Faz de conta 3 40 06/29/2022 - 19:59 Português
Poesia/Intervenção O regresso a inevitável casa 3 86 06/28/2022 - 20:10 Português
Poesia/Meditação Sem esperança não há vida 3 46 06/27/2022 - 20:18 Português
Poesia/Meditação Escravos do medo 3 111 06/27/2022 - 13:05 Português
Poesia/Meditação Mude a perspectiva da sua vida 3 159 06/24/2022 - 23:00 Português
Poesia/Paixão A mais pura paixão 3 83 06/24/2022 - 01:53 Português
Prosas/Pensamentos A solidão que me faz bem 3 46 06/23/2022 - 22:58 Português
Poesia/Desilusão Aquele sonho 3 94 06/23/2022 - 19:35 Português
Poesia/Alegria Vai no cais pra ver 3 104 06/22/2022 - 21:01 Português
Poesia/Amor Silenciosa saudade 3 64 06/21/2022 - 21:32 Português
Poesia/Desilusão Rasgar a alma 3 62 06/20/2022 - 23:42 Português
Poesia/Paixão Em suas mãos 3 82 06/20/2022 - 12:02 Português
Poesia/Intervenção O caminhar da humanidade 3 147 06/18/2022 - 13:40 Português
Videos/Outros Uma Noite Memorável - Lançamento de livros do Poeta Cacerense 0 47 06/15/2022 - 20:05 Português
Poesia/Alegria Uma Noite Memorável - Lançamento de livros do Poeta Cacerense 0 111 06/15/2022 - 19:58 Português
Poesia/Desilusão Vivo cada dia 3 130 06/13/2022 - 11:59 Português
Poesia/Meditação Nunca se desvanece 3 136 06/10/2022 - 21:42 Português
Poesia/Fantasia Helena de Tróia 3 246 06/09/2022 - 20:18 Português
Videos/Poesia Cáceres em Versos e Reversos - Análise do poema 0 51 06/08/2022 - 22:31 Português
Poesia/Dedicado Cáceres em Versos e Reversos - Análise do poema 0 88 06/08/2022 - 22:27 Português