CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Você me daria um emprego? E sem sentir medo?

A minha mão novamente
está estendida a implorar...
Eu me envergonho deste gesto,
meu Deus venha me ajudar!
Só que hoje eu senti uma fome absurda,
que doía e parecia que ia me matar
Numa atitude de desespero eu voltei a mendigar
E como resposta,
muitos me olham com o desprezo no olhar!
E dizem:
- Porque este homem não vai trabalhar?

 

-Eu não tenho sapatos,
só esta roupa suja e rasgada a me agasalhar!
-Não tenho nem mesmo um centavo,
nem documentos que possam me identificar!
-Será que alguém me daria um emprego,
e sem sentir medo?

-Se por acaso você conhece alguém assim,
por favor...
me dê o endereço!

 


“É mais fácil criticar,
é mais cômodo achar um  defeito,
do que estender a mão e ajudar!”

Dany

Testamento de um mendigo

 

Este testamento foi transcrito em uma revista.
Foi feito por um mendigo.
Ele não tinha nada material
para transmitir a alguém,
mas sente-se feliz
em deixar muitas coisas
que o dinheiro não compra.

Submited by

domingo, dezembro 18, 2011 - 21:37

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Dany May

imagem de Dany May
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 anos 38 semanas
Membro desde: 11/01/2011
Conteúdos:
Pontos: 1271

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Dany May

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral Nos olhos o medo! 0 491 06/20/2012 - 18:59 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Você se foi... 0 798 06/21/2012 - 18:11 Português
Ministério da Poesia/Fantasia Um poema encantado 0 606 06/21/2012 - 18:22 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Como consertar um coração partido? 0 756 06/21/2012 - 18:35 Português
Ministério da Poesia/Amor Você pode escolher 0 676 06/23/2012 - 02:19 Português
Ministério da Poesia/Meditação Morrer em vida... 0 595 06/26/2012 - 12:10 Português
Ministério da Poesia/Meditação Vários passos... 0 785 06/26/2012 - 12:13 Português
Ministério da Poesia/Gótico Anjo sem asas 0 1.178 06/26/2012 - 12:20 Português
Ministério da Poesia/Meditação Mundo estranho 0 610 06/30/2012 - 15:36 Português
Ministério da Poesia/Amizade A sua estrela também tem que brlhar 0 833 06/30/2012 - 17:36 Português
Ministério da Poesia/Meditação Um pedido 0 439 07/02/2012 - 03:08 Português
Ministério da Poesia/Dedicado O poeta vive a poesia 4 913 07/04/2012 - 01:22 Português
Poesia/Tristeza Um beijo 2 801 07/04/2012 - 01:27 Português
Ministério da Poesia/Meditação Pedra 0 846 07/04/2012 - 01:37 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Você me daria um emprego? E sem sentir medo? 0 637 07/04/2012 - 22:48 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Pensamento de um passarinho 0 1.192 07/04/2012 - 22:54 Português
Poesia/Amor O nosso amor é tudo isto! 2 745 07/09/2012 - 05:43 Português
Poesia/Tristeza Se hoje eu choro é porque preciso! 0 342 07/11/2012 - 20:03 Português
Poesia/Pensamentos Que nunca me falte a água! 0 292 07/11/2012 - 20:06 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Tão amável avó Maria! 0 992 07/11/2012 - 20:17 Português
Poesia/Tristeza Se hoje eu choro é porque preciso! 0 460 07/14/2012 - 02:08 Português
Ministério da Poesia/Amor Eu vou te vencer 0 548 07/14/2012 - 02:49 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Escuridão em mim 0 1.065 07/18/2012 - 20:55 Português
Poesia/Meditação Que nunca me falte a água! 2 231 07/18/2012 - 21:14 Português
Poesia/Geral Entre lágrimas e risos! 0 403 07/18/2012 - 21:26 Português