CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

VOLTA

Mesmo na chuva.

Nas marés da noite fria.

No virar de página de um livro.

No esvoaçar das aves.

No cantar do galo.

Num qualquer amanhecer.

Num raio de sol que espreita
no olhar puro de um bebé.

Na beleza das árvores em flor.

Numa borboleta quiçá…

…Mas volta.

Em memória do meu amado filho Ivo Alexandre Mateus,
por mais um ano de dor e saudade....

Submited by

sexta-feira, abril 2, 2010 - 17:03

Poesia :

No votes yet

mariamateus

imagem de mariamateus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 28 semanas 6 dias
Membro desde: 02/24/2009
Conteúdos:
Pontos: 2987

Comentários

imagem de rosefelliciano

Re: VOLTA

Para quem ama é tudo tão fácil que não conseguimos entender a distância... Fica apenas o apelo:"volta".
Gostei muito. Parabéns!

imagem de Henrique

Re: VOLTA

Uma dor de mãe como esta é uma tempestade interior, uma travessia de um deserto sem sombras para que se tenha um colo apaziguador...

E essa saudade que quase é um inferno em cada um dos suspiros em chamamento de um ente que já partiu...

Um beijinho com muito oásis para que te possas confortar o mínimo...

:-)

imagem de Clarisse

Re: VOLTA

Um lindíssimo poema, profundamente triste. Apenas lhe dizer, que jamais nos separamos dos entes com os quais temos uma profunda afinidade. Esses elos permanecem apesar da separação temporária, é nisto que acredito. Agora, a dor, ah... essa ninguém nos poderá tirar e viver por nós...

Um grande abraço Maria!!
Clarisse

imagem de Alcantra

Re: VOLTA

Ah! Quão arrebatadora são as saudades dentro do peito, como punhais que encontram corações.

Alcantra

imagem de Nanda

Re: VOLTA

Maria,
Sem palavras para definir quanta emoção carrega este poema maravilhoso.
Um beijo na tua alma
Nanda

imagem de marialds

Re: VOLTA

Sempre alguém amado volta a nossa memória num simples toque da natureza a nossa visão.
É um lindo poema de profunda tristeza e busca incessante do ente querido.
Parabens por traduzires tão bem teu sentimento.

imagem de LilaMarques

Re: VOLTA

Minha linda MariaMateus,

Sabes, amiga? Este é mais um de seus poemas que adoro! Mas há algo de especial nele, a grandeza deste amor que clama, que implora, que suplica pela volta de quem nunca irá!!!
Há um poeta brasileiro chamado Manoel de Barros (não sei se o conheces) que disse uma frase daquelas que a meu ver são inesquecíveis:

"Tem mais presença em mim o que me falta".

Minha linda, teu filhote é vivo dentro de ti!!!

Um beijo muito grande com amor.

imagem de jopeman

Re: VOLTA

há instantes que dão um rosto à dor e à saudade, e por mais bela que seja a lembrança nada é tanto como um abraço.

À tua amizade e à memória do teu filho, um beijo

imagem de SuzeteBrainer

Re: VOLTA

Maria,
Delicada e linda poesia. Um canto de saudade, mas o amor cria elos para sempre.
Muita paz para vc!
Bjs
:-) Suzete Brainer.

imagem de rainbowsky

Re: VOLTA

Há dores e saudades que são difíceis de suportar. Transpô-la para o papel, uma forma ténue de alivar um peso que não terminará.

Mas tenho a certeza que ele está e estará sempre presente, mesmo que d eoutra forma.

Um beijo muito muito grande
Com muito muito carinho*

rainbowsky

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mariamateus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor MORRO ENTRE PALAVRAS QUE NADA TE DIZEM 1 1.161 02/26/2018 - 13:29 Português
Poesia/Dedicado RECORDAR-TE É UMA CONSTANTE 2 1.589 07/01/2013 - 21:10 Português
Poesia/Tristeza OLHO-ME 1 1.459 04/01/2013 - 09:37 Português
Poesia/Desilusão RODOPIAM COMO PEÕES 0 1.662 03/30/2013 - 20:55 Português
Poesia/Tristeza LÁGRIMAS 1 1.093 03/25/2013 - 18:15 Português
Poesia/Tristeza EM SAUDADE ME DERRAMO PELO TEMPO 1 1.212 03/16/2013 - 22:59 Português
Poesia/Desilusão QUEBRADA 1 1.469 03/08/2013 - 21:35 Português
Poesia/Tristeza PERDIDA 0 898 03/08/2013 - 02:12 Português
Poesia/Tristeza NOITE ADENTRO 4 1.716 03/05/2013 - 22:05 Português
Poesia/Tristeza NADA ME CONFORTA 1 1.346 03/05/2013 - 22:02 Português
Poesia/Tristeza LUAR QUE ABRAÇA MEUS OMBROS 0 1.129 03/02/2013 - 01:09 Português
Poesia/Tristeza CONTADAS DORES … 0 898 02/11/2013 - 13:26 Português
Poesia/Amor TEU BEIJO EM MIM 0 1.345 02/07/2013 - 15:34 Português
Poesia/Tristeza SAUDADES QUE ME CERRAM OS OLHOS 2 1.673 01/14/2013 - 22:11 Português
Poesia/Amor OLHOS PARADOS 0 1.768 12/09/2012 - 18:03 Português
Poesia/Paixão LUA MINHA 1 1.516 12/09/2012 - 00:35 Português
Poesia/Amor OLHA-ME NOS OLHOS 0 1.200 12/07/2012 - 16:59 Português
Poesia/Amor MAIS DO QUE O SOL ESCONDE A NOITE 0 1.817 12/06/2012 - 20:35 Português
Poesia/Meditação SILENCIOSA NOITE 2 1.459 12/06/2012 - 19:30 Português
Poesia/Tristeza ENTRE AS PAREDES DO MEU QUARTO 0 1.478 12/04/2012 - 19:11 Português
Poesia/Meditação AO SABOR DO TEMPO 0 1.900 11/29/2012 - 20:41 Português
Poesia/Amor BEIJO RECHEADO DE DESEJO 1 1.290 11/26/2012 - 19:50 Português
Poesia/Tristeza DESSE MAR DE SAUDADE 1 1.988 09/30/2012 - 22:33 Português
Poesia/Meditação ESSA QUE DORME AO COLO DA NOITE 1 1.926 09/25/2012 - 02:47 Português
Poesia/Meditação FRÁGEIS DEDOS 1 1.596 09/18/2012 - 22:32 Português