CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

AS VOLTAS DA VIDA

As voltas da vida

 

 

A vida dá muitas voltas e eu ando às voltas com ela.

Só deixarei de andar às voltas quando já não precisar dela,

Enquanto a minha mente pensar dela precisarei sempre,

Ela será sempre bela se eu estiver alegre e contente.

 

Há nascer e há morrer e no intervalo eu vou vivendo,

O melhor que eu souber viver mas nunca vivo correndo,

Devagar se vai ao longe, depressa e bem não faz ninguém,

Por isso eu quero viver dando os passos que me convém.

 

Devagar e com a razão da vida que eu escolhi,

Só quero o que tenho direito e que eu escolhi para mim,

Dando asas à minha imaginação sem pisar a de outra gente,

Sem lesar a minha consciência da minha condição de vivente.

 

Ancião eu já sou, já vivi muito e aprendi que a vida para ser bela,

É preciso saber viver, sem desperdiçar o tempo dela,

Vivendo o tempo que ela tem e também a que há-de ter,

Pertence ao futuro e eu não sei o tempo que vou viver.

 

Com o tempo não me preocupo mas com a saúde da minha vida,

Dos meus cuidados ela depende para me ser bem servida,

No tempo que vou vivendo com a razão da minha existência,

Sem desperdiçar o meu saber nem quero a sua falência.

 

Nasci há setenta anos, como o tempo passou por mim,

Estou muito contente por ser ancião e ainda andar por aqui,

Às voltas com a vida e a vida às voltas comigo,

E nestas voltas todas, toda a minha vida faz sentido.

 

Dias meses e anos e tantas e tantas horas já passaram,

Que o relógio me vai contando e outras ainda não chegaram,

Apenas o futuro me dirá quantas horas mais hei-de ter,

E quantas voltas a minha vida dará e eu ir pagando para viver.

 

Amanhã é outro dia, outro tempo que eu ainda não conheço

E ao tempo de hoje que vou vivendo eu apenas peço,

Que saúde me vá dando e lucidez no meu pensamento,

Para que vá vivendo a vida, todos os dias, momento a momento.

 

 

Tavira, 1 de Outubro de 2011-Estêvão

 

Submited by

sexta-feira, janeiro 3, 2014 - 17:57

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 semanas 3 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7732

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 2 504 02/24/2019 - 17:15 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 474 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 410 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 823 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.036 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.019 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 802 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.096 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.194 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 604 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 716 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 794 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 797 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.104 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 893 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 685 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 802 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 688 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 711 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 751 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 797 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 1.602 12/21/2016 - 10:58 Português
Poesia/Amor O BARCO DOS NOSSOS SONHOS 1 1.425 12/15/2016 - 14:05 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 0 830 12/07/2016 - 12:16 Português
Poesia/Amor RECORDANDO 0 790 12/07/2016 - 12:01 Português