CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A VOZ DO DINHEIRO

A voz do dinheiro

 

Quando o dinheiro fala,

A verdade logo se cala,

Compra a dignidade,

Escondendo a verdade,

Na justiça a mentira vence,

E a verdade não convence.

 

Quem se deixa corromper,

A verdade deixa de viver,

A mentira logo aparece,

E a verdade logo se esquece,

Vendendo a alma ao diabo,

Num momento muito aziago.

 

O dinheiro compra a morte,

Mas não a própria sorte,

Ainda muito menos o sono,

Que às vezes não tem dono,

Mas a cama pode comprar,

Para o sono se deitar.

 

A voz do dinheiro agrada,

A quem vende e a quem paga,

Seja lá o que for,

Com malvadez ou amor,

O dinheiro manda sempre,

Tem força e convence.

 

O dinheiro paga a vida,

Seja mal ou bem gerida,

E até paga também a morte,

De quem vai e já não volte,

Até paga a própria razão,

Para fazer a corrupção.

 

O dinheiro fala mais alto,

E até dá o maior salto,

Para aparecer logo na frente,

Oferecendo a mentira à mente,

Matando a própria verdade,

E faz nascer a falsidade.

 

Nesta luta pelo dinheiro,

A mentira vem primeiro,

Paga para a verdade esconder,

Mesmo que tenha de morrer,

Ele não tem pátria nem dono,

O dinheiro é um cigano.

 

Tavira, 10 de Abril de 2012-Estêvão

Submited by

quarta-feira, abril 29, 2015 - 16:14

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 12 semanas 1 dia
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7732

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação ESPERANÇA 0 564 12/04/2014 - 16:09 Português
Prosas/Pensamentos MAR DA VIDA 0 751 12/02/2014 - 13:13 Português
Poesia/Meditação SONETO PARA MIM 0 1.626 11/26/2014 - 11:22 Português
Poesia/Amor O AMOR 2 559 11/23/2014 - 13:18 Português
Poesia/Amor UM OLHAR BRASILEIRO 0 784 11/19/2014 - 10:52 Português
Poesia/Meditação PARA SER ENGRAÇADO 0 645 11/05/2014 - 11:48 Português
Poesia/Alegria TEM FÉ E TRABALHA 0 558 10/29/2014 - 10:42 Português
Poesia/Amor OS TEUS OLHOS VERDES 0 929 10/22/2014 - 09:43 Português
Poesia/Meditação OLHAR 0 623 10/15/2014 - 10:00 Português
Poesia/Meditação TUDO FICA NADA VAI 0 392 10/08/2014 - 10:25 Português
Poesia/Amor AMÉLIA DE OLHOS CASTANHOS 0 491 10/01/2014 - 11:35 Português
Poesia/Meditação CADA UM É COMO É 0 461 09/22/2014 - 17:20 Português
Poesia/Meditação A TERRA QUE EU PISO 0 714 09/10/2014 - 10:35 Português
Poesia/Meditação VIDA 0 431 09/04/2014 - 14:50 Português
Poesia/Meditação O MEU PRINCÍPIO 0 975 08/19/2014 - 09:54 Português
Poesia/Meditação CRESPÚCULO 0 455 08/12/2014 - 16:32 Português
Poesia/Meditação CRESPÚCULO 0 637 08/12/2014 - 16:32 Português
Poesia/Meditação IMPOSSÍVEL 2 716 08/09/2014 - 11:40 Português
Poesia/Meditação POBRE 0 486 07/30/2014 - 11:58 Português
Poesia/Meditação SENTIR A VIDA 0 569 07/23/2014 - 16:28 Português
Poesia/Meditação PASSADO 0 212 07/16/2014 - 14:54 Português
Poesia/Meditação PRISIONEIROS DA RUA 2 437 07/10/2014 - 10:05 Português
Poesia/Meditação AS MINHAS ILUSÕES 0 351 07/02/2014 - 10:46 Português
Poesia/Meditação OCASIÕES 0 561 06/25/2014 - 10:52 Português
Poesia/Comédia O BURRO SOU EU? 2 826 06/19/2014 - 09:50 Português