CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

É A 'MARVADA PINGA' QUE TE ATRAPALHA?

É errado afirmar que atualmente a humanidade se embriaga mais do que no passado.
Em outras épocas, todo mundo enchia a cara, em quantidades chocantes para os padrões atuais. Antes era o verdadeiro “beber-cair-levantar”. E, isso começou muito cedo: há indícios de que 40 milhões de anos a.C., os macacos comiam frutas “estragadas” que, graças à fermentação natural, tinham 5% de álcool. Ficavam de “zoinhos virados” pulando de galho em galho, sem preocupação, pois não existia o bafômetro.

8.000 anos a.C. os “zoinhos puxados” da China inventaram uma bebida feita de arroz que deixava os Ching Ling, os Quagi Chen, e os Chen Shu Tian, “bebim- bebim”.

7.000 anos a.C. o cultivo da videira já estava difundido em muitas regiões, sendo que a mais antiga fábrica de vinhos encontrada na Armênia é datada de 6.000 anos a.C.. Não ouso afirmar que esta fábrica tenha pertencido ao nosso Patriarca Noé, mas a citação, que a isto faz referência no gênesis, poderia ser desta época: “Sendo Noé lavrador, passou a plantar uma vinha. Bebendo do vinho, embriagou-se e se pôs nu dentro de sua tenda”. (Gn. 9:20)
É importante notar que a Bíblia nos mostra Noé como o primeiro ébrio, mas não como alcoólatra.

4000 anos a.c. os sumérios na Mesopotâmia (que já conheciam o churrasco; oba!!!) criaram a cerveja. Zeca Pagodinho ainda não havia nascido.

Em 2004 d.C. os ingleses lançam uma máquina que permite inalar o álcool em vez de bebê-lo, o que supostamente evita a ressaca e faz o “bebum” engordar menos.

Em 2008 d.C. os americanos desenvolvem um processo revolucionário, que permite fabricar “goró sólido”. Ao ser misturado com água e ele vira um drinque com 11% de álcool. Então, vamos encher a cara?

Mas... temos que considerar o que nos alerta Efésios 5,18: “Kai me methuskesthe oino, en ho estin asotia, alla plerousthe en pneumatic”, parece bêbado falando, mas traduzindo é: “Não se embriaguem com vinho, que leva à libertinagem, mas deixem-se encher pelo Espírito”.

Submited by

sexta-feira, maio 27, 2016 - 03:52

Prosas :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 5 horas
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 2826

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Passarinho, passarinho 0 58 09/17/2019 - 14:54 Português
Poesia/Geral ESCOLHAS 0 181 09/10/2019 - 16:08 Português
Poesia/Pensamentos SEJA UM MOSCA MORTA 0 195 08/31/2019 - 16:56 Português
Poesia/Fantasia DESEJO 0 238 08/30/2019 - 11:41 Português
Poesia/Desilusão ELA PARTIU? 0 279 08/15/2019 - 18:40 Português
Poesia/Dedicado THIAGO THAMIEL 0 229 08/01/2019 - 02:22 Português
Poesia/Amor BEM ANTES 0 281 07/31/2019 - 14:01 Português
Poesia/Geral EL POETA QUE VINO DEL FRIO 0 179 07/28/2019 - 06:32 Português
Poesia/Geral PARA QUE SERVE A POESIA 2 251 07/19/2019 - 15:49 Português
Poesia/Geral ¿PARA QUÉ SIRVE LA POESÍA? 0 314 07/18/2019 - 13:48 Espanhol
Poesia/Geral O POETA QUE VEIO DO FRIO 0 262 07/17/2019 - 14:21 Português
Poesia/Geral REFLEXÃO DE UM PIRILAMPO 0 216 07/13/2019 - 15:47 Português
Poesia/Geral A M É M 0 202 07/09/2019 - 15:38 Português
Poesia/Geral UMA QUESTÃO DE ÓTICA, CONCORDA? 1 229 06/27/2019 - 00:08 Português
Poesia/Geral AMANHÃ TEM MAIS 0 332 06/23/2019 - 15:26 Português
Poesia/Amor REDENCIÓN 0 486 06/17/2019 - 16:19 Espanhol
Poesia/Amor REDENÇÃO 0 282 06/17/2019 - 12:51 Português
Poesia/Fantasia CONVITE 0 315 06/13/2019 - 01:22 Português
Poesia/Geral POETA HUMILDE 3 504 06/11/2019 - 17:50 Português
Poesia/Fantasia O ENIGMA 0 301 06/07/2019 - 13:07 Português
Poesia/Geral UN DIVINO PARTO 0 236 06/03/2019 - 14:21 Português
Poesia/Fantasia UN DIVINO PARTO 0 1.202 06/02/2019 - 17:22 Espanhol
Poesia/Geral FEITU DONU DI GRANJA 0 301 06/01/2019 - 21:03 Português
Poesia/Meditação MEU FILHO 0 290 05/31/2019 - 15:46 Português
Poesia/Fantasia TURBILHÃO DE PENSAMENTOS 0 300 05/28/2019 - 17:11 Português