CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

"belém" ou pra lá de "belém"?

 

Não importa. Jesus verdadeiramente nasceu em Belém. O profeta falou, a fé consagrou e a tradição ratificou. Nenhuma dúvida, mas cada um tem o seu “belém”, e não importa onde esteja. Não importa quando seja. Nem importa se passamos direto e não percebemos “belém”.

O deserto que nos conduz ao nosso “belém” é árido, causticante, perigoso, cheio de emboscadas. Muitas vezes não vemos a estrela que deveria nos conduzir. Não que ela não exista. Não que ela não esteja lá. Na verdade, ela é teológica e sem perceber, nos afastamos muito dela. Muitas vezes nós seguimos sem norte, e quando olhamos ao nosso redor, sentimos que estamos sozinhos, apesar, de termos encontrado muita gente pelo caminho. É,  encontramos muita gente. Porém não olhamos em seus rostos. Não percebemos suas lágrimas. Não notamos seus sorrisos.

E nossa alma, por algum motivo, tem um sorriso triste.
Olhamos para nossas mãos, e vemos que elas estão floridas, perfumadas e cheias de presentes. Até nos alegramos um pouco, mas a alegria se torna efêmera, quando vemos o caminho percorrido e começamos a entender “belém”.

Este “belém” não é uma cidade ou um vilarejo.
Este “belém”, com certeza, é ao norte. Mais que isso, “belém” é o próprio norte. É para lá que devemos ir: p’ra lá de “belém”. Isto porque “belém” não é apenas para se chegar; é para ficar. Devemos ter “belém”. Devemos permanecer em “belém”. Este “belém” pode nem estar lá na frente, porque “belém” é um encontro que o mestre, em seu plano de salvação, já marcou conosco, mas nós insistimos em não comparecer.

Este “belém” pode ser agora. Pode ser neste exato momento, dentro de nós. Temos que vivenciar “belém”, respirar “belém” iniciar nossa restauração. Este “belém” é um momento único. É um momento de fé, de aprendizado, de conversão. 

O entendimento nos dirá que nunca podemos chegar a “belém” com as mãos cheias de presentes, floridas, perfumadas. Só podemos chegar à Belém e a “belém”, lavados, puros, de mãos vazias... Os presentes, as flores, os perfumes devemos ter espalhados pelo deserto, distribuídos pelo caminho.

Este “belém” não é aquele Belém; é o momento em que, verdadeiramente, encontramos o Menino Jesus. Este “belém” é pessoal, particular, apenas nosso. É o nosso encontro com o Menino Jesus. Basta dobrar os joelhos, juntar as mãos, e dizer: “Eu estou aqui”.  -  J. Thamiel

Submited by

sexta-feira, dezembro 2, 2016 - 13:22

Prosas :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 horas 28 minutos
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 3533

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia R E V E R Ê C I A 0 240 02/28/2021 - 18:01 Português
Poesia/Amor PERDIDOS NO TEMPO 0 219 02/25/2021 - 21:55 Português
Poesia/Poetrix GUARULHOS HOJE 0 140 02/23/2021 - 19:03 Português
Poesia/Amor O MAIS BELO POEMA FEITO PARA VOCÊ 0 269 02/18/2021 - 19:19 Português
Poesia/Amor TUA BELEZA 0 166 02/15/2021 - 12:49 Português
Poesia/Amor O ETERNAMENTE 0 252 02/15/2021 - 11:39 Português
Poesia/Amor UMA ILUSÃO LETAL 1 230 02/13/2021 - 19:20 Português
Poesia/Geral JOSÉ DE TAL 1 74 02/10/2021 - 21:42 Português
Poesia/Geral CORAL DE MARMANJOS 1 124 02/10/2021 - 21:27 Português
Poesia/Geral E, AS VACAS ? 1 158 02/10/2021 - 21:20 Português
Poesia/Geral PORQUE ME TORNEI POETA 4 207 02/10/2021 - 11:36 Português
Poesia/Amor FLORES DE HORTELÃ 0 155 02/05/2021 - 22:55 Português
Poesia/Haikai VENTO ANDALUZ 0 156 02/05/2021 - 17:27 Português
Poesia/Fantasia SOLIDÃO - (Rimas interpoladas) 3 189 02/04/2021 - 09:24 Português
Poesia/Fantasia H A R M O N I A 3 133 02/03/2021 - 21:26 Português
Poesia/Fantasia TROAM TROVAS TRIVIAIS 0 147 02/03/2021 - 19:44 Português
Poesia/Desilusão SONHO PERDIDO - (ensaio de rimas) 0 146 02/03/2021 - 17:56 Português
Poesia/Geral PALAVRA NÃO IMPRESSA 3 191 02/02/2021 - 16:12 Português
Poesia/Amor PAIXÃO 0 115 02/01/2021 - 19:03 Português
Poesia/Dedicado CASTRO ALVES, estrofes IV e V 4 361 01/29/2021 - 21:56 Português
Poesia/Geral TIVE TANTAS VISUALIZAÇÕES... 4 133 01/29/2021 - 01:02 Português
Poesia/Geral O POETA FERIDO 1 132 01/28/2021 - 21:58 Português
Poesia/Amor TER NA MENTE 1 94 01/28/2021 - 21:54 Português
Poesia/Amor O NASCER DA POESIA 1 138 01/28/2021 - 21:52 Português
Poesia/Geral O REGATO 1 128 01/27/2021 - 15:06 Português