CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

"belém" ou pra lá de "belém"?

 

Não importa. Jesus verdadeiramente nasceu em Belém. O profeta falou, a fé consagrou e a tradição ratificou. Nenhuma dúvida, mas cada um tem o seu “belém”, e não importa onde esteja. Não importa quando seja. Nem importa se passamos direto e não percebemos “belém”.

O deserto que nos conduz ao nosso “belém” é árido, causticante, perigoso, cheio de emboscadas. Muitas vezes não vemos a estrela que deveria nos conduzir. Não que ela não exista. Não que ela não esteja lá. Na verdade, ela é teológica e sem perceber, nos afastamos muito dela. Muitas vezes nós seguimos sem norte, e quando olhamos ao nosso redor, sentimos que estamos sozinhos, apesar, de termos encontrado muita gente pelo caminho. É,  encontramos muita gente. Porém não olhamos em seus rostos. Não percebemos suas lágrimas. Não notamos seus sorrisos.

E nossa alma, por algum motivo, tem um sorriso triste.
Olhamos para nossas mãos, e vemos que elas estão floridas, perfumadas e cheias de presentes. Até nos alegramos um pouco, mas a alegria se torna efêmera, quando vemos o caminho percorrido e começamos a entender “belém”.

Este “belém” não é uma cidade ou um vilarejo.
Este “belém”, com certeza, é ao norte. Mais que isso, “belém” é o próprio norte. É para lá que devemos ir: p’ra lá de “belém”. Isto porque “belém” não é apenas para se chegar; é para ficar. Devemos ter “belém”. Devemos permanecer em “belém”. Este “belém” pode nem estar lá na frente, porque “belém” é um encontro que o mestre, em seu plano de salvação, já marcou conosco, mas nós insistimos em não comparecer.

Este “belém” pode ser agora. Pode ser neste exato momento, dentro de nós. Temos que vivenciar “belém”, respirar “belém” iniciar nossa restauração. Este “belém” é um momento único. É um momento de fé, de aprendizado, de conversão. 

O entendimento nos dirá que nunca podemos chegar a “belém” com as mãos cheias de presentes, floridas, perfumadas. Só podemos chegar à Belém e a “belém”, lavados, puros, de mãos vazias... Os presentes, as flores, os perfumes devemos ter espalhados pelo deserto, distribuídos pelo caminho.

Este “belém” não é aquele Belém; é o momento em que, verdadeiramente, encontramos o Menino Jesus. Este “belém” é pessoal, particular, apenas nosso. É o nosso encontro com o Menino Jesus. Basta dobrar os joelhos, juntar as mãos, e dizer: “Eu estou aqui”.  -  J. Thamiel

Submited by

sexta-feira, dezembro 2, 2016 - 14:22

Prosas :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 20 horas
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 2634

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral GREYS E REPTILIANOS 0 86 04/02/2019 - 12:39 Português
Poesia/Amor H E L O I S A 0 295 03/15/2019 - 04:54 Português
Poesia/Gótico A B A N D O N O 0 215 03/14/2019 - 01:40 Português
Poesia/Geral A PARTIDA 0 292 03/05/2019 - 13:42 Português
Poesia/Desilusão C R E N T E 0 237 02/28/2019 - 17:06 Português
Poesia/Fantasia POSSO SER DEUS 0 175 02/20/2019 - 15:16 Português
Poesia/Dedicado O BOM POETA - (Homenagem) 0 202 02/07/2019 - 17:38 Português
Poesia/Geral A CALMA DA GRANDE CIDADE 0 277 02/05/2019 - 15:52 Português
Poesia/Geral ÁGUA DA MORINGA 0 195 02/02/2019 - 12:50 Português
Poesia/Geral NUVEM NEGRA 0 253 01/27/2019 - 15:46 Português
Poesia/Dedicado CADÊ OS POETAS? 0 211 01/21/2019 - 17:43 Português
Poesia/Geral ILUSÃO LETAL 0 281 01/15/2019 - 18:32 Português
Poesia/Intervenção AUTENTICIDADE 0 260 01/15/2019 - 17:00 Português
Poesia/Intervenção POEMA... PRA QUÊ? 0 243 01/14/2019 - 13:40 Português
Poesia/Geral LEMBRANÇAS DE PIRACAIA 0 212 01/11/2019 - 15:43 Português
Poesia/Dedicado 590 DEGRAUS - Acesso ao Cruzeiro de Piracaia 0 254 01/05/2019 - 14:51 Português
Poesia/Geral SOBRE MIM, NÃO IRIA DIZER NADA 0 274 12/27/2018 - 17:45 Português
Poesia/Amor H E L O I S A 1 286 12/20/2018 - 16:32 Português
Poesia/Fantasia SEMIDEUS 0 321 12/17/2018 - 11:41 Português
Poesia/Geral M É R I T O 0 291 12/07/2018 - 11:54 Português
Poesia/Geral CASTRO ALVES, O POETA INFANTE 0 338 11/30/2018 - 11:49 Português
Poesia/Meditação REFLETINDO COM A GALINHA 0 377 11/29/2018 - 16:02 Português
Poesia/Geral P R I S Ã O 3 375 11/25/2018 - 20:22 Português
Poesia/Meditação A T R I L H A 0 314 11/23/2018 - 18:24 Português
Poesia/Geral DESPEDIDA 2 343 11/20/2018 - 14:33 Português