CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

DIÁRIO DE UMA BISSEXUAL- O INÍCIO VIII

O convite não continha nenhuma espécie de malícia. Pelo menos não da parte dele. Sabia perfeitamente que pensava levar-me para a cama, mas também sabia que ele fazia tudo com calma. Queria primeiro levar-me a ver um filme. Talvez passearmos. E regressarmos a casa sem nada se passar. Achava que teria de me levar com romance. Eu não me importava. Creio que a princípio eu também nem pensava muito nisso. Queria aproveitar a noite na sua excelente companhia.
Só decidimos qual seria o filme na hora H. Não tínhamos planeado nada acerca disso. Tínhamos marcado a hora e o lugar. Fui á boleia até ao local combinado e encontrei-o lá, á minha espera, com o rosto puro e fresco como se aquilo se tratasse de um verdadeiro encontro de apaixonados.
Jantamos num restaurante lá perto. Barato e sem confusão, com a discrição que eu aprecio. E foi no meio de uma conversa sobre fantasias sexuais em geral que ele me confessou nunca ter tido relações numa sala de cinema. Na verdade, eu também nunca experimentara! Ele não acreditou.
- Queres convencer-me - começou ele, - que no meio de tantas fantasias realizadas ainda não cometeste esta loucura?
- Não. Ainda não. – Respondi.
- Inacreditável!
Parecia realmente espantado com a minha resposta. Ou seria antes desapontado? Talvez esperasse que eu o pudesse ensinar.
- Não sei porque estás assim tão surpreendido. Ainda não surgiu oportunidade. Ao contrário do que pensas, a minha vida não é só sexo.
Menti. Era completamente viciada nisso.
Ele sorriu. Claro que não tinha acreditado em mim. Não fui convincente o suficiente. E eu fui fatal.
- Pode ser que realizes isso hoje mesmo….
Não deveria ter dito aquilo. Fui demasiado óbvia. Demasiado atiradiça como lhe costumam chamar Paciência… Ele pareceu gostar da ideia porque mordeu o lábio inferior.
Considero-me realmente afortunada! Posso dizer que sempre tive quem quis. Em parte por me acharem terrivelmente sensual e recheada de sex-appeal. Sei falar, agir e observar de modo atraente mas sem dar a entender o meu objectivo. Sempre discreta. Seduzo um homem com palavras. E na mente dele, cria-se a acção. E nem preciso de usar o tema “sexo”. Todos temos mentes perversas e só as pessoas certas puxam por ela.
Escolhemos o filme que parecia menos interessante. Acho que o escolhi por ter o Brad Pitt e o George Clooney….bem….para mim era interessante o suficiente.
Não foi má escolha. A sala devia ter, no mínimo, dez pessoas. Era segunda-feira…
Decidimos sentar-nos na última fila, bem lá no canto. E quando o filme começou já eu estava com o pau dele na mão, já bem teso por sinal. É o tal efeito que as minhas palavras causam… meio caminho andado. E eu nunca me faço de rogada.
Curioso que nessa noite não tinha levado saia. Raios! Em vez disso, optei por umas calças bem justas para se notar bem as minhas curvas e, principalmente, o meu belo traseiro. Rijo e arrebitado. E uma túnica, decotada claro! Até porque são raras as vezes em que não uso um bom decote. Se tenho o peito que muitas adoravam ter porque não hei-de mostrá-lo? Esconder para quê? A sensualidade de uma mulher não se sobressai se estiver completamente tapada. Nunca devemos ter medo ou tabu em mostrar o que Deus nos deu de mão beijada. Não temos todas a mesma sorte.
Dado o facto de estar assim vestida, teria de improvisar. As calças não seriam impedimento! Aliás, com a quantidade de gente naquela sala e dado o lugar onde estávamos sentados, podia perfeitamente tirá-las e agir como se estivesse em casa.

Submited by

quinta-feira, abril 11, 2013 - 22:03

Prosas :

No votes yet

MissB

imagem de MissB
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 dias 13 horas
Membro desde: 03/18/2011
Conteúdos:
Pontos: 129

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of MissB

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Contos Ela queria apaixonar-se... 0 11 05/22/2020 - 11:43 Português
Prosas/Tristeza Manuel 0 50 04/28/2020 - 17:10 Português
Prosas/Saudade Saudade 0 31 04/28/2020 - 17:06 Português
Fotos/Corpos A boudoir story 0 35 04/28/2020 - 16:45 Português
Fotos/Pessoais Lips 0 29 04/28/2020 - 16:43 Português
Fotos/Moda (Des)Maquilhando 0 34 04/28/2020 - 16:40 Português
Fotos/Cidades Porto 0 625 06/04/2018 - 22:57 Português
Fotos/Cidades Aveiro 0 628 06/04/2018 - 22:55 Português
Prosas/Pensamentos Um dia quem sabe 0 526 06/04/2018 - 22:52 Português
Prosas/Pensamentos Se amanhã morrer 0 401 06/04/2018 - 22:51 Português
Prosas/Pensamentos Um dia 0 460 06/04/2018 - 22:48 Português
Prosas/Erótico Conhecendo a Miss B 0 540 11/12/2017 - 00:27 Português
Prosas/Lembranças Momento 0 392 11/11/2017 - 23:58 Português
Prosas/Erótico Gostas do sexo que fazemos? 0 463 05/10/2016 - 20:48 Português
Prosas/Pensamentos O dia em que me disse que não me queria ver mais 0 330 05/05/2016 - 21:50 Português
Prosas/Pensamentos Cada vez que alguém se apaixona 0 332 05/05/2016 - 21:41 Português
Prosas/Pensamentos Liberdade Sexual 0 300 05/05/2016 - 14:03 Português
Prosas/Pensamentos AMIZADE COLORIDA 0 399 05/05/2016 - 12:54 Português
Prosas/Erótico DIÁRIO DE UMA BISSEXUAL - E VENHA O PRÓXIMO 0 732 05/02/2014 - 10:49 Português
Prosas/Erótico CRÓNICAS DE UMA LIBERTINA XIII 0 500 05/02/2014 - 10:37 Português
Prosas/Lembranças DIÁRIO DE UMA BISSEXUAL- O INÍCIO X 2 541 04/14/2013 - 14:21 Português
Prosas/Erótico DIÁRIO DE UMA BISSEXUAL- O INÍCIO IX 0 573 04/11/2013 - 22:06 Português
Prosas/Erótico DIÁRIO DE UMA BISSEXUAL- O INÍCIO VIII 0 528 04/11/2013 - 22:03 Português
Prosas/Erótico CRÓNICAS DE UMA LIBERTINA XII 0 484 04/11/2013 - 21:57 Português
Prosas/Erótico DIÁRIO DE UMA BISSEXUAL- O INÍCIO VII 0 594 04/04/2013 - 13:04 Português