CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

ESCRITORA POBRE, LATINO- AMERICANA, SEM COMPUTADOR,SEM PRETENSÕES,DECLARA A SUA FALÊNCIA

ALL RIGHT RESERVED.

Uma vez uma senhora muito rica me disse aqui no Brazil que eu vou morrer de fome como escritora.Ela me disse que somente os escritores famosos,
milionários,autores de Best – Sellers mundiais tem a chance de ganhar dinheiro com a literatura.Então agora eu digo: EU PREFIRO MORRER DE FOME ESCREVENDO DO QUE DEIXAR MINHA ALMA MORRER EM SILÊNCIO!E mesmo que eu nunca ganhe nenhum centavo com a literatura continuarei escrevendo tudo o que penso e que sinto.
Eu nasci aqui no Brazil ( com z é mais bonito ),sim,um país cujo os governantes enganam o povo,escravizam – nos com uma excessiva carga de impostos nos deixando numa pobreza cada vez maior,e o salário mínimo também é uma miséria.Aqui temos que escolher entre pagar os impostos ou comprar comida para não morrer.Enquanto padecemos os deputados no Congresso Nacional em Brasília andam em carros de luxo,viajam em seus aviões particulares,ganham uma fortuna de salário, enquanto o povo afunda na miséria.E como se não bastasse eles ainda chamam o cidadão de vagabundo.
Acredito que a obrigação do escritor,mais do que distrair as pessoas,é falar a verdade.Eu gosto de escrever palavras bonitas.Porém preciso escrever a realidade.E as palavras da verdade ferem o coração de alguns e fazem muitos discordarem.
Não tenho a menor vergonha de dizer que sou pobre e que já estive frente a frente com a miséria.Essa é a minha realidade!Como eu poderia inventar uma realidade que não é a minha só pra agradar os mais sensíveis de coração?Gostaria muito de poder dizer que o país onde eu vivo é maravilhoso,que eu nunca fui humilhada,que eu tenho sorte no amor,que sobra dinheiro pra mim,porém não posso dizer nada disso porque não é verdade.
Eu cresci em São Paulo ao lado de uma favela, vendo os bandidos passarem na frente da minha casa com suas armas na mão atirando.Uma vez de madrugada enquanto eu tentava dormir eu ouvia o barulho dos caminhões dos traficantes descarregando drogas na frente da minha casa,eu ouvia em alto e bom som eles gritando os nomes das drogas.Até pensei em chamar a polícia,mas não tive coragem.
Um tempo atrás quando eu estava voltando do mercado vi o cadáver do meu vizinho assassinado jogado em frente a casa dele.Aliás,essa é uma cena muito comum nas cidades do litoral de São Paulo.São cidades lindas,com lindas praias,porém com criminalidade absoluta.Convido todos os europeus à visitarem uma favela no Brazil,pois verão coisas que abalarão profundamente as suas almas.
Eu vi o meu pai chorar de desgosto por ter sido enganado por um prefeito corrupto que humilhou a minha família.Vejo quase todos os dias ao vivo e pela televisão os médicos do sistema de saúde brasileiro maltratarem as pessoas em seus consultórios,eu mesmo já fui maltratada muitas vezes,enfrentei várias doenças,mas sobrevivi.
Eu vi os meus amigos e amigas de infância se perderem no mundo das drogas,do crime e do aborto. E isso me destruiu por dentro.Perdi meus amigos,por isso olho ao redor e estou sempre sozinha.Só eu sobrevivi à maldade do mundo.E o pior de tudo,vi o rapaz que eu tanto amava se perder no mundo do vício e da libertinagem.A notícia mais cruel que já recebi foi a notícia de que ele havia sido espancado de madrugada na rua enquanto voltava de um lugar que não prestava.Isso matou a minha alma.Mais cruel do que isso é ele não estar aqui do meu lado agora.Além de tudo eu sofro preconceito por amá-lo,isso porque ele é homossexual.As pessoas me dizem : “Jamila,você não pode amá-lo porque ele é gay!” Então reflito comigo : Ele é homossexual mas ele é um ser humano e eu queria amá-lo!Por que não posso?Oh,meu Deus,eu só amei as pessoas erradas.
Uns dizem que eu devo ir ao psiquiatra,mas eu não quero ir ao psiquiatra.Eu só quero ter um pouco de sorte.
Às vezes penso que a minha vida é um teatro e que sou atriz.Pois tenho que sobreviver tentando ser alguém,mas no fim não sou ninguém.E eis que esta é a verdadeira arte do artista: SOBREVIVER em meio a dor!
Dificilmente as palavras que escrevo se tornarão Best – Sellers,simplesmente porque raramente a realidade se torna Best – Seller.Pois a realidade dói no coração de todos,por isso muitos preferem fugir da verdade.
Assim as pessoas no mundo preferem “HARRY POTTER”, “CREPÚSCULO”,os desenhos da “WALT DISNEY” e os filmes românticos de “HOLLYWOOD”,elas preferem a ilusão.
Mas eu não condeno a ilusão,pelo contrário,
acredito que a ilusão,os sonhos e a imaginação são essenciais para a sobrevivência da alma,porém também acredito que conhecer e enfrentar a realidade,seja ela qual for,é fundamental para sobrevivência da consciência humana.
Não!Eu não tenho nem nunca tive computador,uso o computador da universidade onde estudo com muito sacrifício.Mas na verdade eu não preciso de computador,pois graças à Deus eu ainda tenho o papel e a caneta para escrever tudo que penso e que sinto.
Não tenho medo de nada! “ A SOLIDÃO ME ENSINOU A SER MAIS FORTE E A QUALQUER LUGAR EU VOU SEM MEDO.”
Talvez aquela senhora rica tenha razão,talvez um dia eu realmente morra de fome com a literatura.Mas morrerei de fome com muito orgulho,pois as palavras são o meu alimento.

JM JAMILA MAFRA

Submited by

terça-feira, agosto 17, 2010 - 19:40

Prosas :

No votes yet

jamilamafra

imagem de jamilamafra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 semanas 19 horas
Membro desde: 09/03/2009
Conteúdos:
Pontos: 6052

Comentários

imagem de antonioduarte

Re: ESCRITORA POBRE, LATINO- AMERICANA, SEM COMPUTADOR,SE...

Olá Jamilamafra, você não está só e eu comecei a ler-te e logo chorei pois que no meu coração se eleva a mesma tempestade. Posso te dizer que você é uma jóia de muito valor que não tem dinheiro que compre. No alto esta o seu coração que descansa na mão do Senhor. Não acredita nas palavras mas sim na tua beleza interior: Um dia chegará que as lágrimas de todo o sofrimento lavarão a boca com terra de salvação. Te vigo na certeza, que de mim essa firmeza que sou feliz debaixo das janelas de Deus e ele me joga o alimento que entrego a mim em forma de água viva. Nunca desista de soltar a escrita que te faz enfrentar a vida: Escreve: sempre; sempre um dia chegará.

imagem de jamilamafra

Re: ESCRITORA POBRE, LATINO- AMERICANA, SEM COMPUTADOR,SE...

Deixo a cargo da Walt Disney,dos escritores de fábulas Best-Sellers e da indústria cinematográfica de Hollywood distrair e divertir as pessoas. Eu porém continuarei escrevendo a realidade.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of jamilamafra

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Desilusão "SE É ERRANDO QUE SE APRENDE EU APRENDI COM VOCÊ!SÓ SE SABE O QUE É BOM QUANDO CONHECE O RUIM!" 1 2.874 02/15/2011 - 02:04 Português
Poesia/Comédia OS AMERICANOS PISARAM NA LUA EM 69? E EU SOU A PALHAÇA DO CIRQUE DU SOLEIL 1 1.184 02/15/2011 - 10:29 Português
Poesia/Comédia CARAMBA,MEU!CARA,"CÊ" TÁ É DOIDO 1 1.210 02/15/2011 - 10:38 Português
Poesia/Desilusão DOENÇAS CONHECIDAS QUE MATAM DEVAGAR 1 4.172 02/15/2011 - 10:43 Português
Poesia/Desilusão "INÚTEL! A GENTE SOMOS INÚTEL!" 1 1.547 02/15/2011 - 11:15 Português
Poesia/Meditação "MAS A VERDADE É BEM MAIS FORTE! VOU DEIXAR QUE DESTINO MOSTRE A DIREÇÃO!" 1 1.406 02/15/2011 - 11:24 Português
Poesia/Meditação "EU SEI QUE O BICHO PEGA NA MACETA DO TAMBOR" 1 1.774 03/03/2011 - 19:31 Português
Poesia/Desilusão VÍRUS DO MEDO 1 637 03/03/2011 - 19:34 Português
Poesia/Desilusão AS NOVELAS E O SOFÁ 1 560 03/03/2011 - 19:37 Português
Poesia/Desilusão LONDRES - LONDON,LONDON 1 732 03/03/2011 - 19:46 Português
Poesia/Desilusão MELANCOLIA 1 1.064 03/04/2011 - 00:05 Português
Fotos/Pessoais O ANJO DAS ASAS DE PEDRA 1 1.957 03/11/2011 - 14:06 Português
Poesia/Alegria CHEGANDO EM PORTUGAL - WAF STORE 1 2.095 03/24/2011 - 00:34 Português
Poesia/Desilusão MEU AMIGO PORTUGUÊS ME LEMBROU QUE EU NASCI 1 1.695 05/03/2011 - 02:00 Português
Poesia/Desilusão SUSHI RADIOATIVO 1 1.715 05/03/2011 - 01:57 Português
Poesia/Tristeza ABORTO ESPONTÂNEO E ABDUÇÃO ALIENÍGENA 1 1.668 05/07/2011 - 02:14 Português
Poesia/Desilusão ENTER - OFFLINE 1 1.225 05/09/2011 - 18:15 Português
Poesia/Alegria MINHA AMIGA JAMILA 1 1.551 05/09/2011 - 18:18 Português
Poesia/Tristeza NAVEGADOR DOS SETE MARES 1 1.144 05/09/2011 - 18:21 Português
Poesia/Fantasia O SORTEIO 1 630 05/09/2011 - 18:25 Português
Poesia/Tristeza COMENDO CHOCOLATE 1 947 05/09/2011 - 18:28 Português
Poesia/Geral JUPITER 1 920 05/09/2011 - 21:08 inglês
Poesia/Geral SATURN 1 891 05/09/2011 - 21:13 inglês
Poesia/Geral NEPTUNE 1 1.511 05/13/2011 - 15:17 inglês
Poesia/Desilusão Be damned forever The Marlboro, the Hollywood and Souza Cruz!!!!! 1 1.801 08/02/2011 - 21:16 inglês