CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Monólogo da Moça Sem Nome

ALL RIGHT RESERVED.

A moça sem nome se levantou de manhã,sem vontade de nada,desiludida.Ela foi ao banheiro,seu cabelo estava despenteado.
A moça sem nome lavou o rosto,se se olhou no espelho e começou a dizer face a face com sua imagem:
-Eu sou uma moça revoltada(quase mulher).Meus pais me tiveram mas só eram amasiados.Eu já sou tão grande agora, não tenho namorado,nunca tive.Estou aqui dentro desse banheiro velho,minha família é pobre.Eu só amei duas pessoas na vida.A primeira era boa demais pra mim.Ele era rico,bonito,
americano,enfim perfeito.Ele até gostou de mim um pouquinho.Foi tudo tão rápido,não chegou a ser nada,só amizade,mas amizade mais amor verdadeiro já é alguma coisa.Depois de um tempo recebi o convite de casamento dele,a noiva era linda,loira,olhos azuis.Chorei,chorei,chorei.Até que anos depois,depois de tanto chorar,finalmente encontrei outra pessoa que me fez sorrir de novo.Ele me amou,eu o amei,ficamos muito amigos,a amizade mais verdadeira que já tive na vida.Só que mais uma vez a vida me separou do amor. Uma razão tão pequena, porém pior do que a distância,
impede hoje de estarmos juntos e nos amarmos cada vez mais.Não,nós não somos irmãos.É mais indignante do que isso.As vezes vejo ele passar,mas o problema que nos separa por enquanto parece não ter solução.E agora estou aqui conversando com o espelho,sofrendo a dor de amar e ter que suportar a distância dos corações.Sinto uma dor que nunca passa e sempre volta quando penso que ele poderia estar aqui do meu lado agora.
A moça sem nome tem medo de andar na rua porque tem medo de encontrar a pessoa que ela ama e não saber o que fazer.

JM JAMILA MAFRA

Submited by

quinta-feira, maio 13, 2010 - 20:37

Prosas :

No votes yet

jamilamafra

imagem de jamilamafra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 30 semanas 20 horas
Membro desde: 09/03/2009
Conteúdos:
Pontos: 6049

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of jamilamafra

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Fotos/Artes UM AMOR E UM AMIGO - Uma Linda História de Amor 0 1.451 02/26/2014 - 19:37 Português
Poesia/Desilusão AS CRIANÇAS NÃO QUEREM MAIS MINGAU 0 968 01/17/2011 - 18:05 Português
Prosas/Outros NEBULOSA CABEÇA DE CAVALO 0 1.904 01/17/2011 - 17:52 Português
Prosas/Outros OVINIS 0 935 01/17/2011 - 17:54 Português
Prosas/Ficção Cientifica I'm easy like Sunday morning......( By Faith No More Rock Band ) 0 4.508 01/17/2011 - 17:58 inglês
Poesia/Tristeza LÁGRIMAS NO FACEBOOK 0 392 01/17/2011 - 18:02 Português
Poesia/Amor SE EU PUDESSE TE ABRAÇAR AGORA 0 983 01/17/2011 - 18:03 Português
Poesia/Intervenção RESPOSTA À POESIA "ELAS" DE DALMO ARRAES 0 928 01/17/2011 - 18:16 Português
Poesia/Desilusão ABORTO DO AFETO/AFETO ABORTADO 0 627 01/17/2011 - 18:19 Português
Poesia/Amor O ANJO DAS ASAS DE PEDRA 0 580 01/17/2011 - 18:21 Português
Poesia/Comédia UM VELHO ESTRANHO ME CONVIDOU PRA TOMAR CERVEJA 0 907 01/17/2011 - 18:23 Português
Poesia/Meditação ARTISTA CELESTIAL 0 831 01/17/2011 - 18:25 Português
Poesia/Alegria ENQUANTO VIDA HOUVER 0 1.003 01/17/2011 - 18:27 Português
Poesia/Amor À JEFFERSON, UM AMIGO ASSASSINADO 0 843 01/17/2011 - 18:28 Português
Poesia/Meditação OS LOUCOS REVOLUCIONARAM O MUNDO 0 949 01/17/2011 - 18:30 Português
Poesia/Desilusão SONHOS DE GISELE 0 1.116 01/17/2011 - 18:32 Português
Poesia/Desilusão DESGRAÇADOS NO AMOR/ TERROR NO HALLOWEEN 0 736 01/17/2011 - 18:34 Português
Poesia/Comédia FREUD NÃO ME EXPLICA!!!/ O FRACASSO DA PSICANÁLISE 0 1.350 01/17/2011 - 18:37 Português
Poesia/Paixão FEBRE JUVENIL / NAS BATIDAS DO HEAVY METAL 0 2.254 01/17/2011 - 18:39 Português
Poesia/Desilusão Jamila 0 729 01/17/2011 - 18:40 Português
Poesia/Meditação Almas Gêmeas Na Poesia - CAZUZA,FERNANDO PESSOA E JAMILA 0 2.290 01/17/2011 - 18:42 Português
Poesia/Meditação IRRITEI UM AMERICANO 0 974 01/17/2011 - 18:43 Português
Poesia/Desilusão SE EU FOSSE DONA DO MUNDO 0 906 01/17/2011 - 18:45 Português
Poesia/Desilusão PLATAFORMA DA PETROBRÁS 0 961 01/17/2011 - 18:47 Português
Poesia/Desilusão O CONSOLO DAS ESTRELAS 0 612 01/17/2011 - 18:48 Português