CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Se Não Fores Tu a Acreditar em Ti, Quem o Fará?

Estou a pensar uma coisa curiosa: É mesmo parvo deixarmo-nos afectar, mais do que a medida claro, pelas apreciações que os outros fazem de nós. Toda a gente, à sua maneira é óptima, desde que respeite aquilo que É. Já imaginaram julgar um leão pela sua capacidade de voar? O coitado, se se deixasse influenciar pela nossa avaliação, sentir-se-ia, certamente, monstruosamente incompetente e estúpido toda a vida. Lol.

Ninguém pode ser bem sucedido ou plenamente feliz agindo de um modo desconforme à sua natureza. É uma verdade tão óbvia que parece um disparate mencioná-la, mas não é. Se formos honestos, sabemos que a havíamos de ouvir permanentemente até a tornarmos carne da nossa carne. É que nada mais há de tão frequente do que nos esquecermos dela.

De resto, todos sabemos o quanto é difícil sermos o que somos, num mundo que constantemente tenta fazer de nós outra coisa qualquer.

O problema de nem sempre sermos felizes, é que poucas são as vezes em que o que pensamos, o que gostamos e o que fazemos, se encontra em perfeita harmonia.

Trata-se afinal, da preservação do respeito que nos merecemos. Trata-se de sabermos que ninguém é igual: Que a águia voa, o peixe nada debaixo de água, o leão reina na selva e que não há um Homem igual.

A comprovar isto tudo e a indiferença a que devoto o mau julgamento alheio, está o facto de não me atormentar quando estou só, porque sei que, na verdade, não o estou. Tenho por companhia o meu primeiro e último melhor amigo - Eu próprio.

Todo aquele que tenta ser o que não é...ou ser outro qualquer,
comete um sacrilégio - desperdiça-se e injustamente priva o mundo de uma das sua pérolas.

Para acabar, digo-te: Lembra-te que só através do respeito e do amor-próprio, poderá a tua alma transbordar o amor que o mundo e o próximo te merecem e te querem retribuir.
 

Submited by

segunda-feira, abril 11, 2011 - 20:43

Prosas :

No votes yet

miguelmancellos

imagem de miguelmancellos
Offline
Título: Moderador Música
Última vez online: há 2 anos 19 semanas
Membro desde: 07/29/2010
Conteúdos:
Pontos: 372

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of miguelmancellos

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Por Saber 2 952 06/11/2011 - 23:23 Português
Poesia/Geral Promessas vãs 1 687 05/25/2011 - 20:04 Português
Poesia/Geral O Pensamento 3 648 05/16/2011 - 20:26 Português
Poesia/Geral O Nada, O Absurdo e a Minha Ignorância 2 514 05/16/2011 - 20:20 Português
Prosas/Pensamentos A Arte e o Mundo 1 724 05/14/2011 - 23:05 Português
Poesia/Tristeza Hipocrisia Sem Nome 1 920 05/10/2011 - 02:08 Português
Prosas/Pensamentos UMA PEQUENA TRAVESSURA,,, 0 676 05/09/2011 - 22:59 Português
Poesia/Geral Sentes??? 2 811 05/08/2011 - 19:32 Português
Poesia/Geral Soturno Silêncio 3 1.279 05/08/2011 - 02:31 Português
Poesia/Geral Loucura??? 1 775 05/07/2011 - 16:29 Português
Prosas/Pensamentos O Egoísmo e a Armadilha dos Conceitos 0 722 05/07/2011 - 12:45 Português
Poesia/Geral Quando Partiste 6 1.003 04/29/2011 - 12:00 Português
Prosas/Pensamentos Se temos o poder de criar, se nos fazem felizes o céu e a eternidade... Porque não? 1 1.039 04/22/2011 - 04:11 Português
Poesia/Geral bora fazer daquilo uma TERTÚLIA 1 1.007 04/21/2011 - 02:06 Português
Prosas/Pensamentos Pensando o "ser homem" 2 818 04/18/2011 - 17:01 Português
Prosas/Pensamentos Se Não Fores Tu a Acreditar em Ti, Quem o Fará? 0 1.152 04/11/2011 - 20:43 Português
Poesia/Geral Digo..! 2 892 04/08/2011 - 11:29 Português
Poesia/Geral Há Palavras Assim 6 759 03/28/2011 - 17:50 Português
Videos/Outros O amigo verdadeiro está sempre LÁ!!! Ver em Full screan. 0 1.586 03/28/2011 - 17:32 Português
Poesia/Geral O Valor, as Coisas e… 2 795 03/11/2011 - 22:02 Português
Poesia/Geral Difícil Dizer 1 625 03/09/2011 - 01:47 Português
Poesia/Geral Distância 1 873 03/05/2011 - 00:02 Português
Poesia/Geral Até Quando? 1 731 03/03/2011 - 22:45 Português
Poesia/Geral Gorada Melancolia 0 793 02/28/2011 - 20:53 Português
Poesia/Geral Solidão 0 515 02/28/2011 - 20:21 Português