CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Um princípio

 

Acerca-te de mim e vê um princípio ao teu querer ser em mim. Copia-lhe os sonhos, mas não deixes de os eleger fonte do teu saber - a renovação de um circulo em redor de uma quadratura imensa, um ciclo novo a acontecer. Refaz todos os movimentos viciosos e aguça-lhe as pontas, para que delas nasça uma nova orientação a saber-se dona de todas as ondulações que se acabam no meu corpo.

Caminho sozinha, mas não deixo que meus pés me levem onde não quero ir. Saber-te nesse ciclo com pontas a mais e curvas a menos, é saber que há vontades próprias e almas sofredores a partir o cais pela metade. O mar finda-se e o horizonte é para lá dos meus olhos, a linha recta que se quer partir sem chegar. Eu sou só uma figura a cair em desuso, sem saber onde me enquadrar nestas paredes negras de um cais sem cor e movimento.
 

Submited by

sexta-feira, junho 24, 2011 - 16:47

Prosas :

No votes yet

ÔNIX

imagem de ÔNIX
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 12 semanas
Membro desde: 03/26/2008
Conteúdos:
Pontos: 3989

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of ÔNIX

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Tristeza Gemidos 24 4.690 11/23/2009 - 18:07 Português
Poesia/Desilusão Pérola no Meio do Nada 24 558 12/16/2009 - 21:56 Português
Poesia/Amor De Frente Para o Mar 26 385 11/06/2009 - 13:34 Português
Poesia/Paixão Saudades de Ti 26 514 12/14/2009 - 16:28 Português
Poesia/Dedicado Nascimento 30 669 12/11/2009 - 13:44 Português