CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Ventura

Passos apressados, saltos que ribombam como trovoada, a tempestade que se aproxima, o dilúvio deleitoso…

Cintos que se desprendem da fivela castradora, tecidos que se abrem, escancarando vontades, hesitações que se põem de lado…

Meias que se rasgam como folhas outonais, frágeis entre dedos de poderosa ansiedade. Vestidos que esvoaçam animados pelo vento, renegam o momento em que foram atirados, esquecidos no sabor do momento.

«A paixão - bebida que se bebeu de um trago, grau que potencia o braseiro em nós, veicula da vontade mais genuína, abandono de todos os convénios – é um caso sério.»

Ligas que se desligam do olhar e se desfazem na seda e nos rendilhados que as revestem. Corpete, que sufoca o peito que arfa, estrangula o rubor na face que cora, evitando olhar em frente.

Perfume como uma pele protectora, um mimo que não se conta a ninguém, a gota que carregamos desnudos e que deixamos presa por entre lençóis.

«É realmente grave a paixão, quer esteja presente ou ausente, nunca se silencia, não se contenta e não se esgota… Pura energia, seiva que penetra nas veias e despeja no coração doses maciças de adrenalina.»

Movimento jocoso toma posse do corpo que baila como uma flor aos primeiros raios de sol. Um girassol que brilha, uma divindade que se homenageia. A entrega não é mais do que a aceitação em estado sólido, o abraçar da realidade num corpo que nos alimenta.

«A realidade não é dúbia! De facto, o prazer é parte de um todo que não pode ser ignorado ou maltratado. Torna-se, assim, o fogoso sentimento numa tentação severa…»


Destino, química, essência, recorrência, pouco importa as razões que levam ao inicio da aventura. Tão pouco é relevante o seu fim. A aventura deveria ser eterna, assim como, o enlace entre a descoberta e a confiança em si e no Outro.

Lição! «Nunca completamente aprendida e tantas vezes ignorada.» Viver é a aventura e os sentidos, uma bússola que nos indica se o estamos a fazer bem… Impossível ignorar, não saber…


Sorrio! – Sublinho, desenhando a felicidade e estampando-a no rosto. Cada vez mais me incomoda quem, numa onda diferente, se julga no direito de se apropriar dos passos que são meus.

O Universo não existe por mero acaso e os alinhamentos são de facto fruto de uma ciência divina. No encontro de si e dos Outros, um código e uma chave são tão essenciais como o ter um corpo e a vontade de o explorar. Sem receio, ainda que o céu se apresente com uma cortina de água, dispo-me de todos os convénios e contendo apenas essência, enlaço a aventura.

Pela paz e pelo bem, vive e deixa viver,

 

Publicado em Broken Wings e na PEAPAZ

Submited by

quinta-feira, julho 7, 2011 - 22:50

Prosas :

No votes yet

Ema Moura

imagem de Ema Moura
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 51 semanas 5 dias
Membro desde: 03/15/2011
Conteúdos:
Pontos: 317

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Ema Moura

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Amor Nada mais (nona carta) 0 588 09/22/2014 - 18:54 Português
Prosas/Contos «Pele...» 0 541 09/22/2014 - 18:52 Português
Prosas/Erótico Proposta 0 643 09/22/2014 - 18:50 Português
Poesia/Pensamentos Confissões de um conquistador 0 649 09/22/2014 - 18:47 Português
Poesia/Pensamentos Pintura introspectiva 0 815 09/20/2014 - 11:19 Português
Poesia/Pensamentos Silencia o teu amor 0 585 09/20/2014 - 11:17 Português
Prosas/Pensamentos Monólogo da memória 0 546 09/20/2014 - 11:15 Português
Poesia/Paixão Obsessão 0 671 09/20/2014 - 11:10 Português
Poesia/Erótico Tortura, anseio... 1 777 01/27/2013 - 22:47 Português
Prosas/Contos Inspira, relaxa e divaga... Suspira! 2 695 01/27/2013 - 17:40 Português
Prosas/Erótico Outra vez! 2 1.251 01/27/2013 - 17:36 Português
Poesia/Paixão Quero-te outra vez... 0 551 01/27/2013 - 17:08 Português
Poesia/Amor Ouve-me 1 686 01/27/2013 - 16:50 Português
Poesia/Erótico Amarro-te! 3 1.017 01/27/2013 - 16:45 Português
Poesia/Meditação Ofélia 0 661 01/12/2013 - 23:34 Português
Prosas/Contos Brilho 0 758 01/12/2013 - 23:20 Português
Prosas/Contos Esculpidos na pedra 0 556 01/12/2013 - 23:15 Português
Poesia/Amor Espero 0 736 01/12/2013 - 23:10 Português
Prosas/Romance Hoje, o céu é meu... 0 967 08/11/2011 - 14:09 Português
Poesia/Meditação Saudade poética 2 854 07/09/2011 - 02:59 Português
Prosas/Erótico O desejo é muito mais que um brilho no olhar... 0 954 07/07/2011 - 23:17 Português
Prosas/Erótico Tortura 0 784 07/07/2011 - 23:13 Português
Prosas/Pensamentos Hoje 0 909 07/07/2011 - 23:06 Português
Prosas/Erótico «Surpresa. Hoje é dia de pagamento!» 0 909 07/07/2011 - 22:59 Português
Prosas/Erótico Saltos inquietos 0 877 07/07/2011 - 22:56 Português