CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Laico

Expresso o semblante,
Enquanto Dante
Recita ‘a Comédia’
Ele não ri.

A platéia chora
Ora pra ir embora
A casa é distante
O moquifo quente

Outrora vejo
O meu desejo
E não quero nada
Além do teu

Se nada for tudo
Eu me julgo mudo
Falo por falar e,
Não sei quem inventou.

Ecos sem sombra
De dúvidas revoltadas
O cheiro do amor
É uma bela piada

As faces conhecidas
Encontro em festas a fantasia
Mudo de roupa, de dia
Os manequins são apertados

Na verdade, só fui
Pra ver se existe serenidade
Deve haver o contrário
O oposto é o desmerecido caos

A fadiga é amiga,
O canto anda exaustivo
De lucro empobrecido
Sem voz, qualquer mundo é lindo.

Submited by

sábado, abril 10, 2010 - 03:45

Ministério da Poesia :

No votes yet

alamarezi

imagem de alamarezi
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 29 semanas
Membro desde: 04/10/2010
Conteúdos:
Pontos: 114

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of alamarezi

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Ministério da Poesia/Desilusão O mundo de verdade 0 272 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Pandemia avulsa 0 296 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Parecido com o que se desconhece 0 256 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Tristeza #1 0 396 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Meditação O sorriso de Nietzsche 0 470 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Distúrbio constante 0 301 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Ações e reações de verbos 0 220 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Meditação Relato de um Percodan® 0 318 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Paixão O filme de todo o dia 0 234 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Risos alheios como música ambiente 0 220 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Fantasia De novo diferente 0 249 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Fantasia Um dia inteiro pensando como “Cruise” 0 196 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Fantasia A esperança que serve pra consolar o câncer da indecisão 0 292 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Meditação Figurante 0 496 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Comédia Laico 0 469 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Paixão Swing romântico 0 353 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Laura 0 481 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Insolação 0 334 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Fantasia A razão 0 392 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Tristeza O garoto cosmopolita 0 440 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Desilusão A vendinha da esquina cabe no seu bolso 0 495 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Intervenção #2 0 572 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Comédia Obra prima 0 411 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Dias assim 0 436 11/19/2010 - 19:28 Português
Ministério da Poesia/Meditação Fingindo fé, fedendo fato 0 374 11/19/2010 - 19:28 Português