CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Retrato do meu mundo

Que espécie de mundo estamos vivendo
Onde as pessoas só sabem chorar
Pois passam a vida se esquecendo
Qual o sentido de amar.?

Que espécie de mundo sofrido
Onde dos adultos se vê a ignorância
Das crianças apenas o grito
E da vida sua inconstância?

Este é o meu mundo sofrido
Com seu retrato na areia perdido
Onde só vemos pessoas ignorantes
Caladas diante de situações inconstantes.

Os homens vêem a pobreza
Nos rios a poluição
Corruptos com toda riqueza
E se calam diante desta situação.

Nas casas luxuosas moram os nobres
Com todo seu dinheiro
Nas favelas o pobre
Que pra viver precisa ser ligeiro;

A polícia teme ao tráfico
As pessoas a morte
O mundo não é pacífico
Todos estão a própria sorte.

A polícia vê as favelas
As pessoas preocupadas
Policiais estão de sentinela
A espera de quadrilhas desarmadas.

Este é o retrato de uma sociedade
Que já não tem dignidade,
Que preferem se calar
E por um milagre esperar.

Submited by

quinta-feira, janeiro 14, 2010 - 21:14

Ministério da Poesia :

No votes yet

pribeletato

imagem de pribeletato
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 20 semanas
Membro desde: 01/14/2010
Conteúdos:
Pontos: 135

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of pribeletato

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Meditação Comparações da Vida 0 244 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Meditação O mundo precisa de Ti 0 168 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Saudade 0 296 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Amor Um medo chamado amor 0 179 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Amor Consequências do amor 0 225 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Meditação Temos que mudar 0 200 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Meditação Vida confusa 0 178 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Meditação Este incrível girar 0 197 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Meditação O grande vencedor 0 186 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Meditação Dura Verdade 0 246 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Prisão 0 249 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Insegurança 0 240 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Meditação Discriminada e Insistente 0 201 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Agarrada ao Passado 0 210 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Meditação Quem sou? 0 219 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Eu 0 263 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Loucura de mundo 0 238 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Paixão Espere-me 0 282 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Meditação Essa Grande Bola Chamada Vida 0 252 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Amor Culpado 0 182 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Alegria Lugar especial 0 230 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Paixão Agarrada aos sonhos 0 230 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Geral Estrela 0 298 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Geral Coração de Criança 0 191 11/19/2010 - 19:20 Português
Ministério da Poesia/Geral Adolescente 0 238 11/19/2010 - 19:20 Português