CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Ínfimo espaço

É pesado o silêncio que se acumula
nos ombros
e triste
a ténue lamúria
da cidade zangada.
Chega-me aos ouvidos uma melodia
chorada e
embrulhada em
horas mortas e lençóis molhados
de suor e de ausência recente
nascida de um corpo dormente
que vagueia
e se reinventa
num qualquer recanto de sombra
desde que haja espaço
[um ínfimo espaço de terra húmida e fértil]
e uma rajada de vento frio
que acorde as pétalas adormecidas
e ressuscite os passos e as vozes
e devolva o sangue à multidão.

Submited by

sábado, agosto 4, 2012 - 20:43

Ministério da Poesia :

Your rating: None Average: 5 (1 vote)

maria joão moreira

imagem de maria joão moreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 28 semanas
Membro desde: 07/20/2012
Conteúdos:
Pontos: 10

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of maria joão moreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Intervenção Ínfimo espaço 0 549 08/04/2012 - 20:43 Português
Poesia/Intervenção De amor e outras dores 0 410 08/04/2012 - 20:41 Português