CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A CRISE ECONÓMICA EM PORTUGAL

                              A CRISE ECONÓMICA EM PORTUGAL

A possível saída para a actual crise econômica portuguesa não é de ordem econômica, mas sim de comportamento.
Há que mudar de mentalidade, relativamente ao consumo de bens e ao modo de se viver. A injecção de dinheiro emprestado, que mais tarde terá de ser pago, além de não resolver esta questão, a não ser no curto prazo e medianamente, corresponde a uma atitude de estagnação ou indiferença com a economia do país. Empréstimos esses que logo se convertem em aparente conforto e solução do problema. De há muito que quase todas as economias mundiais em situações de crise se apóiam em tais empréstimos, não havendo a preocupação com transformações de seus modelos políticos, econômicos, sociais e, principalmente, psicossociais, para não falar dos modelos culturais onde se fundamentam os primeiros.
Um exemplo claro disto, verificável em Portugal, é o aumento de consumo pessoal e estilo de vida desafogado que se sucede após tais incrementos de fundos provenientes de empréstimos externos. De pouco ou nada servem estes socorros se baseados nos actuais modelos de mentalidade, em que prevalece o espírito de viver-se acima do limite das posses pessoais. Tanto por parte do Estado quanto dos cidadãos. Parece haver como certo uma automática subida de padrão, e que a injecção monetária é resultado de um autêntico crescimento econômico, portanto, proveniente do PIB (Produto Interno Bruto).
Entretanto, algumas medidas práticas já relacionadas a esta mudança de mentalidade, poderiam, se adotadas, em muito melhorar a actual crise. São elas: combate efectivo à corrupção, que pode parecer óbvio, mas que reflecte tomada de consciência e desejo de mudança do status quo; incremento da Indústria de Turismo e de produtos típicos portugueses; incentivo ao agronegócio; e reforma da auditoria do Poder Público; todavia, acompanhadas deste desejo maior de mudança de mentalidade, sem a qual tais medidas de nada adiantariam.

 

Fernando Figueirinhas.

 

Submited by

sábado, janeiro 12, 2013 - 19:08

Ministério da Poesia :

No votes yet

NANA

imagem de NANA
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 37 semanas
Membro desde: 07/29/2012
Conteúdos:
Pontos: 270

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of NANA

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Meditação FUI À RUA 0 565 01/13/2013 - 00:45 Português
Ministério da Poesia/Amor ESPERAS ANSIOSA 0 807 01/13/2013 - 00:39 Português
Prosas/Outros VIDA - UM LAPSO DE TEMPO! 0 595 01/12/2013 - 20:53 Português
Prosas/Outros A TRÍADA DA COGNIÇÃO 0 550 01/12/2013 - 20:47 Português
Ministério da Poesia/Geral RAZÃO DE SER 0 466 01/12/2013 - 20:43 Português
Prosas/Outros ANJOS E HOMENS 0 569 01/12/2013 - 20:39 Português
Prosas/Outros RESPOSTAS HÁ 0 650 01/12/2013 - 20:35 Português
Prosas/Outros RELATIVISMO X VERDADE 0 588 01/12/2013 - 20:31 Português
Prosas/Outros GOVERNO, DEMOCRACIA E POVO 0 621 01/12/2013 - 20:25 Português
Prosas/Outros PARADOXO 0 557 01/12/2013 - 20:21 Português
Prosas/Outros A ARTE COMO EXPRESSÃO DA VIDA 0 715 01/12/2013 - 20:16 Português
Prosas/Outros REFLETINDO O HOMEM E O MUNDO 0 528 01/12/2013 - 20:12 Português
Prosas/Outros DIREITO OU NÃO AO PORTE DE ARMA PARA DEFESA PESSOAL 0 663 01/12/2013 - 20:09 Português
Ministério da Poesia/Geral RICO POBRE E POBRE RICO 0 664 01/12/2013 - 20:03 Português
Ministério da Poesia/Geral "PEDRAS QUE FALAM" - FILME 0 468 01/12/2013 - 19:54 Português
Prosas/Outros O MUNDO - OBRA DO ACASO? 0 680 01/12/2013 - 19:33 Português
Prosas/Outros PORTUGAL - ONTEM E HOJE! 0 569 01/12/2013 - 19:28 Português
Prosas/Outros A CRISE DE PORTUGAL - A CRISE DE TODOS NÓS! 0 515 01/12/2013 - 19:15 Português
Ministério da Poesia/Intervenção A CRISE ECONÓMICA EM PORTUGAL 0 667 01/12/2013 - 19:08 Português
Ministério da Poesia/Amizade MAL ME LEMBRO 0 911 01/10/2013 - 09:28 Português
Ministério da Poesia/Meditação NÃO PRECISAS DE NADA 0 549 01/10/2013 - 09:25 Português
Ministério da Poesia/Amor ENCONTRO AMOROSO 0 827 01/10/2013 - 09:21 Português
Ministério da Poesia/Amizade CHEGASTE 0 634 01/10/2013 - 09:13 Português
Ministério da Poesia/Amor CAÍSTE NOS MEUS BRAÇOS 0 580 01/10/2013 - 09:05 Português
Ministério da Poesia/Meditação NÃO TE VI 0 550 01/10/2013 - 09:02 Português