CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Nos olhos o medo!


Será que eu vou retornar?
Do que vejo, do que parece me levar?
Caminho desnorteada por uma estrada
em busca de socorro
Estão me seguindo e eu entro em becos,
eu subo em morros!

No soprar do vento eu ouço uma estranha canção
O desconhecido provoca pensamentos absurdos
na minha imaginação
Nada a frente pode se ver, será o fim do mundo?
O medo caminha pelo meu corpo,
não se afasta de mim nem por um segundo

O céu está tenebroso e eu não sei para onde ir
A minha boca quer gritar, o que ninguém pode ouvir
Um pingo de suor escorre no meu rosto
Eu posso sentir percorrendo pelos meus lábios,
o sabor do meu esforço, é de sal, eu sei o gosto!

Vultos e pessoas desconhecidas aparecem do nada
Sem rumo, eu fujo para encontrá-los de novo
em outra encruzilhada
Este lugar se parece com um labirinto,
não consigo encontrar uma solução
Ajoelho-me numa entrega,
não há mais nada a fazer, estou sem ação!

De repente aos poucos os meus olhos
vão se abrindo...
As minhas roupas de suor estão molhadas,
os meus lábios sorrindo...

As mãos frias! Nos olhos o medo!
o corpo ainda tomado pelo arrepio, pelo gelo!
Porém sorrio de mim mesma ...

Eu acordei de um pesadelo!

Janete Sales

Chopin - Funeral March - Orchestrated Version
 

Imagens Google

Submited by

quarta-feira, junho 20, 2012 - 19:59

Ministério da Poesia :

No votes yet

Dany May

imagem de Dany May
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 9 semanas
Membro desde: 11/01/2011
Conteúdos:
Pontos: 1271

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Dany May

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos É DIFÍCIL SER INTEIRO! 3 3.359 02/27/2018 - 10:36 Português
Poesia/Amor Quero fazer amor 2 4.417 06/29/2014 - 13:18 Português
Poesia/Acrósticos Filhos do vento 2 2.278 06/22/2014 - 18:03 Português
Poesia/Alegria Para que serve a vida? 2 2.599 06/22/2014 - 18:00 Português
Poesia/Dedicado A liberdade de ser um cigano 0 3.622 03/17/2014 - 01:12 Português
Poesia/Meditação Oh minha Santa Sara, o meu olhar está fixo no teu altar 0 5.251 03/17/2014 - 01:03 Português
Poesia/Acrósticos Santa Sara Kali - Acróstico 0 5.063 03/17/2014 - 00:51 Português
Poesia/Desilusão Sonhadora 0 2.533 02/23/2014 - 12:30 Português
Poesia/Amor Sonho ser uma ventania e não sou 0 1.836 02/23/2014 - 12:16 Português
Poesia/Dedicado Eu fito as estrelas de perto! 0 3.015 10/07/2013 - 13:54 Português
Poesia/Dedicado Minha Mãe Meu Anjo 0 5.230 08/12/2013 - 10:23 Português
Poesia/Meditação ASAS DA IMAGINAÇÃO 2 1.719 08/12/2013 - 09:48 Português
Poesia/Dedicado O Povo Cigano merece o nosso respeito! By Janete Sales Dany 0 2.742 04/07/2013 - 18:20 Português
Poesia/Pensamentos A maioria das derrotas somos nós quem fabricamos... 0 1.994 03/16/2013 - 11:29 Português
Poesia/Fantasia Poesia, a Fusão do Princípio e do Fim! 2 2.188 02/20/2013 - 22:48 Português
Poesia/Amor Você é o melhor cobertor quando estou nua. 2 2.542 02/20/2013 - 22:45 Português
Poesia/Tristeza Poesia do adeus para sempre! 0 3.302 12/04/2012 - 14:17 Português
Poesia/Acrósticos O amor cura tudo! 0 3.280 12/04/2012 - 14:02 Português
Poesia/Acrósticos Respeito pelo irmão! 0 2.920 12/04/2012 - 13:36 Português
Poesia/Meditação Não morra no deserto! 2 2.338 12/04/2012 - 12:29 Português
Poesia/Acrósticos Minha vida sem amor! 4 2.242 12/04/2012 - 12:18 Português
Poesia/Amor Quem sabe você está lá? 2 1.923 11/30/2012 - 23:00 Português
Poesia/Tristeza Um conflito sem solução! - Gazal 0 2.472 11/20/2012 - 11:43 Português
Poesia/Meditação O homem triste sorriu! 0 4.181 11/08/2012 - 15:10 Português
Videos/Poesia O homem triste sorriu e um sorriso ao se abrir...By Janete Sales - Dany 0 4.284 11/08/2012 - 14:58 Português