CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A admiração na imaginação

Sinto-me inerte diante da natureza
Que cerca-me nesta hora.
A penumbra é densa
A cor das coisas torna-se uniforme
Agora é cinzenta
Mas já foi vermelha e será azul.
Sinto o perfume das ervas
E o aquietar do rebanho
Que logo estará dormindo.
A lua já deu a sua cara
E as estrelas começam a brilhar no firmamento.
Ao longe sinto o vento nas folhas
Parece brincar de forma misteriosa.
Sentado sobre uma pedra
À beira do caminho
Contemplo estas paisagens
E medito silenciosamente.
Tenho em mim a admiração primitiva
Na minha imaginação.
Revela-se, tudo isso,
Em um poema
Em uma tela
A pedra,
A árvore
As ovelhas
O caminho
A relva
O vento nas folhas...
Essas coisas foram feitas assim?
Continuarão assim?
Por que as pessoas não veem isso?
Que idioma pode explicar os mistérios do mundo?
Penso se há alguma possibilidade
Para o aperfeiçoamento humano.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, abril 30, 2020 - 13:28

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 12 horas 36 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 5198

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia A pequena árvore 0 135 02/26/2021 - 20:41 Português
Poesia/Intervenção As virgens imprudentes 0 112 02/25/2021 - 14:03 Português
Poesia/Amor Desejo imenso 0 176 02/24/2021 - 20:47 Português
Poesia/Tristeza Escrevo-te para contar como estou 0 129 02/23/2021 - 18:23 Português
Poesia/Desilusão As mil partes do meu coração 0 104 02/22/2021 - 19:38 Português
Poesia/Paixão Diário de uma paixão 0 82 02/20/2021 - 21:06 Português
Poesia/Desilusão Por que tudo se acaba com o vento? 0 105 02/19/2021 - 18:13 Português
Poesia/Desilusão Será que não lembra? 0 140 02/18/2021 - 14:57 Português
Poesia/Meditação A Personagem 0 136 02/17/2021 - 18:42 Português
Poesia/Meditação Não ter medo de encarar os desafios da vida! 0 151 02/15/2021 - 18:51 Português
Poesia/Tristeza A dor escondeu-se no silêncio 0 155 02/15/2021 - 11:48 Português
Poesia/Intervenção As sobras da vida 0 152 02/13/2021 - 19:13 Português
Poesia/Intervenção Hipócritas 0 170 02/12/2021 - 18:49 Português
Poesia/Paixão No alvorecer do seu olhar 0 81 02/11/2021 - 18:13 Português
Poesia/Amor A deusa da minha poesia 0 161 02/11/2021 - 13:18 Português
Poesia/Intervenção Hiroshima 0 86 02/10/2021 - 17:53 Português
Poesia/Meditação Não tenha medo do silêncio 0 108 02/09/2021 - 18:42 Português
Poesia/Tristeza De tudo ficou um pouco 0 111 02/08/2021 - 22:41 Português
Poesia/Desilusão Essa religião 0 76 02/08/2021 - 17:31 Português
Poesia/Intervenção Mal acariciada pelo destino 0 146 02/06/2021 - 20:57 Português
Poesia/Desilusão Se eu soubesse que a dor fosse tão terrível assim 0 151 02/05/2021 - 21:51 Português
Poesia/Desilusão Os teus passos parecem que tem o som da solidão 0 137 02/05/2021 - 17:27 Português
Poesia/Intervenção Protestos de um morador de rua eloquente 0 117 02/04/2021 - 21:46 Português
Poesia/Paixão Porque certas pessoas são cegas em suas paixões 2 164 02/04/2021 - 21:45 Português
Poesia/Intervenção A incapacidade monstruosa de se levar algo assim tão a sério 0 146 02/03/2021 - 18:14 Português