CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Assim...

Não sei quanto tempo se passou, mas ainda dói.
Apenas sei que as cicatrizes continuam no mesmo lugar.
E as lembranças em algum lugar distante, buscando se dissolverem pelo amanhã.
Ainda tenho tempo, ao mesmo tempo em que perco em acreditar em ilusões.
Talvez se eu parasse de pensar e voltasse no tempo,
Recomeçaria outra vez, e sem você.
Mas se eu não voltar, seguirei pensando que poderia ser diferente
Sem marcas, sem dor
Mas senão for assim, nem assim,
teria mesmo assim a mesma dor...
 

Submited by

quinta-feira, junho 30, 2011 - 00:14

Poesia :

No votes yet

Kyra

imagem de Kyra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 3 semanas
Membro desde: 01/26/2010
Conteúdos:
Pontos: 471

Comentários

imagem de carlosleite

E as lembranças em algum

E as lembranças em algum lugar distante, buscando se dissolverem pelo amanhã.

Gostei sobretudo deste verso.

Mas senão for assim, nem assim,
teria mesmo assim a mesma dor...

Teremos sempre a mesma dor... Por mais voltas que a vida consiga dar. Há coisas que nunca conseguimos apagar.

Atenciosamente,

http://opintordesonhos.blogspot.com

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Kyra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Você é 2 244 02/03/2010 - 16:28 Português
Poesia/Amor Sentimento 2 342 02/03/2010 - 13:18 Português
Poesia/Geral Espelho 3 392 02/02/2010 - 19:28 Português
Poesia/Geral Seres Humanos 1 322 02/01/2010 - 22:16 Português
Poesia/Geral Insanidade 4 478 01/30/2010 - 09:57 Português
Poesia/Tristeza Um simples pedido 2 290 01/29/2010 - 18:55 Português
Poesia/Desilusão Ontem 4 399 01/28/2010 - 00:50 Português
Poesia/Geral Eterno Aprendiz 2 394 01/27/2010 - 14:08 Português