CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Crepúsculo dos deuses

Perdoe-me se não concordares
Com o que irás ler de agora em diante.
Exalto a minha voz e clamo na madrugada.
Poderia estar dormindo o sono dos justos
Ou nas festas profanas em orgias e degradações.
Mas, estou diante da minha missão.
Bradar contra a ignorância.
Contra a tolice humana.
Quais tentáculos de um aracnídeo
Eles perfuram os cérebros dos incautos
E os fazem ser dominados e manipulados pelo sistema atual.
Em meu silêncio perturbo-me com o que vejo e ouço durante o dia.
Não que eu queira ser melhor do que ninguém,
Mas o ser humano perdeu a sua humanidade.
E o que é um ser humano sem humanidade? 
Pior que os insetos e crustáceos que, pelo menos,
Respeitam sua cadeia alimentar.
Mas, o ser humano na sua ambição,
Ganância e hipocrisia solapam a esperança do último mortal.
Com fúria nos olhos eles estraçalham todos os sonhos,
Explodem os balões de oxigênios
Que poderiam perpetuar a nossa existência.
E o que fazer nessa situação?
Os deuses estão caídos no chão.
A poeira cobre os seus rostos desfigurados
E as pessoas dançam em volta de seus restos como zumbis.
Não há nenhuma percepção.
Não há saída para tamanho desespero.
E eu rasgo o meu coração na dor de ver
E ouvir essa ladainha o tempo todo.
Por que você não desperta desse sono mórbido?
Por que não dá ouvidos a sabedoria que brada nas praças
E avenidas sem ao menos ser notada?
Por que insiste em ser esse anencéfalo ambulante?
Por favor, pelo menos uma vez na vida
Dê ouvidos a voz da sua consciência
E saia desses emaranhados de coisas tolas
E supérflua que toma conta do seu tempo.
Não seja mais um escravo do sistema.
Liberte-se!

Poema: Odair José, o Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

domingo, abril 29, 2018 - 05:03

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 dias 2 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 4322

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação O Misterioso Homem na Praça Barão 0 14 06/01/2020 - 20:21 Português
Poesia/Amor Som da alegria 0 33 06/01/2020 - 20:19 Português
Poesia/Amor Poemas ao teu olhar 0 16 05/29/2020 - 22:23 Português
Poesia/Amor A canção do crepúsculo 0 13 05/27/2020 - 20:06 Português
Poesia/Tristeza Lágrimas da realidade 0 15 05/25/2020 - 21:34 Português
Poesia/Amor Do fundo do coração 0 15 05/25/2020 - 20:49 Português
Poesia/Tristeza Será que ela vai perceber a dor deste meu coração? 1 119 05/23/2020 - 12:35 Português
Poesia/Paixão O sorriso que vem do coração 0 23 05/21/2020 - 20:26 Português
Poesia/Paixão O sorriso que vem do coração 0 25 05/21/2020 - 20:23 Português
Poesia/Pensamentos O silêncio da reflexão 0 44 05/19/2020 - 20:46 Português
Poesia/Pensamentos O dizer do silêncio 0 76 05/14/2020 - 00:05 Português
Poesia/Meditação O sol também se levanta 0 55 05/12/2020 - 21:01 Português
Poesia/Tristeza Se você pudesse me amar 0 55 05/11/2020 - 20:38 Português
Poesia/Paixão A flor do meu jardim 0 49 05/08/2020 - 16:54 Português
Poesia/Amor Madrugada 0 59 05/07/2020 - 21:54 Português
Poesia/Amor Você é incrível 0 93 05/04/2020 - 22:01 Português
Poesia/Canção Seja poesia 0 80 05/04/2020 - 21:16 Português
Poesia/Amor Inevitável sentimento 0 104 05/03/2020 - 15:37 Português
Poesia/Meditação A vitória através da fé 0 115 05/01/2020 - 20:04 Português
Poesia/Pensamentos A admiração na imaginação 0 48 04/30/2020 - 14:28 Português
Poesia/Tristeza No mesmo caminho 0 52 04/28/2020 - 16:24 Português
Poesia/Amor As palavras que jamais te falarei 0 48 04/27/2020 - 14:24 Português
Poesia/Meditação Não tenho medo do silêncio 0 559 04/21/2020 - 16:50 Português
Poesia/Amor Você é mais do que os olhos podem ver 1 105 04/19/2020 - 15:42 Português
Poesia/Paixão Quero ter os seus olhos junto a mim 0 317 04/14/2020 - 18:56 Português