CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

INGÊNUO


 
O poeta em sua ingênua adolescência
o brilho e a beleza da estrela enaltece.
A estrela desconhece sua diva aparência
e ignora o urdidor que o seu brilho tece.

Com brilhos e luzes espalham os astros
caminhos e estradas pelo firmamento.
Estrelas cadentes deixam seus rastros
como rimas na fração de um momento.

Atônitos, ingênuos olhamos para o céu
procurando um verso para falar de amor;
mas, tudo é passageiro e se perde ao léu
e impera a saudade e permanece a dor.

J. Thamiel
Guarulhos, 13.03.18
18:07

Submited by

terça-feira, março 13, 2018 - 22:08

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 19 horas
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 3571

Comentários

imagem de Joel

mas não consigo evitá-la É

mas não consigo evitá-la É verdade, a dor é tão importante quanto a paz da natureza e o que ela me traz

imagem de Joel

mas não consigo evitá-la É

mas não consigo evitá-la É verdade, a dor é tão importante quanto a paz da natureza e o que ela me traz

imagem de Joel

Creio no universo como um

Creio no universo como um homem vulgar,
Não tenho filosofia que me defina,
Nem lugar em que gostasse de falecer,
Não consinto a vida, assimilo-a como a morfina,

imagem de Joel

tudo é passageiro excepto o

tudo é passageiro excepto o motorista e o cobrador

imagem de Joel

permanece a dor.

permanece a dor.

imagem de J. Thamiel

A dor é tão importante quanto

A dor é tão importante
quanto a saudade e os
caminhos que nos podem
mostrar o universo.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral REFLEJO DE UNA GALINNA 0 26 05/05/2021 - 16:46 Português
Poesia/Geral O POETA FERIDO 3 270 04/22/2021 - 20:43 Português
Poesia/Desilusão AGORA É SAUDADE 0 212 04/21/2021 - 15:14 Português
Poesia/Fantasia H A R M O N I A 4 304 04/07/2021 - 15:39 Português
Poesia/Geral A CHUVA MOLHA AS ALMAS DISTRAÍDAS 0 202 04/03/2021 - 16:13 Português
Poesia/Geral REFLEJO DE UNA GALLINA 0 187 03/11/2021 - 18:39 Espanhol
Poesia/Geral R E F L E X Ã O DE U M A G A L I N H A 0 309 03/11/2021 - 17:38 Português
Poesia/Desilusão D E S T I N O 0 425 03/10/2021 - 13:24 Português
Poesia/Fantasia R E V E R Ê C I A 0 477 02/28/2021 - 19:01 Português
Poesia/Amor PERDIDOS NO TEMPO 0 327 02/25/2021 - 22:55 Português
Poesia/Poetrix GUARULHOS HOJE 0 714 02/23/2021 - 20:03 Português
Poesia/Amor O MAIS BELO POEMA FEITO PARA VOCÊ 0 375 02/18/2021 - 20:19 Português
Poesia/Amor TUA BELEZA 0 225 02/15/2021 - 13:49 Português
Poesia/Amor O ETERNAMENTE 0 314 02/15/2021 - 12:39 Português
Poesia/Amor UMA ILUSÃO LETAL 1 333 02/13/2021 - 20:20 Português
Poesia/Geral JOSÉ DE TAL 1 138 02/10/2021 - 22:42 Português
Poesia/Geral CORAL DE MARMANJOS 1 201 02/10/2021 - 22:27 Português
Poesia/Geral E, AS VACAS ? 1 223 02/10/2021 - 22:20 Português
Poesia/Geral PORQUE ME TORNEI POETA 4 328 02/10/2021 - 12:36 Português
Poesia/Amor FLORES DE HORTELÃ 0 216 02/05/2021 - 23:55 Português
Poesia/Haikai VENTO ANDALUZ 0 255 02/05/2021 - 18:27 Português
Poesia/Fantasia SOLIDÃO - (Rimas interpoladas) 3 295 02/04/2021 - 10:24 Português
Poesia/Fantasia TROAM TROVAS TRIVIAIS 0 257 02/03/2021 - 20:44 Português
Poesia/Desilusão SONHO PERDIDO - (ensaio de rimas) 0 220 02/03/2021 - 18:56 Português
Poesia/Geral PALAVRA NÃO IMPRESSA 3 331 02/02/2021 - 17:12 Português