CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Já não lhe olho mais...


Eu não lhe procuro mais, eu admito é verdade
Você destruiu em mim toda a vontade
Já não lhe olho mais como outrora
Eu tinha tanta necessidade de lhe ver
Sentia saudades a toda hora
Em versos uma vez o meu amor por você,
eu tentei descrever
E ao  lhe mostrar os meus singelos rabiscos,
você foi tão insensível, me deu as costas e não quis ler
Matou o meu desejo e não deixou florescer
Você não destruiu só o meu amor...
o meu céu também escureceu e perdeu a cor
 


Muitas das vezes que os meus olhos desejavam os seus,
você de mim se desviava
Agora você vive a procurar o meu olhar,
até parece que se esqueceu que não me amava!
Eu não sei para onde foi aquele amor absurdo
que eu sentia, porque hoje eu me sinto tão vazia
Eu tinha uma paixão ardente
e para você inteira eu me abria
Um amor tão carente,
que lhe desejava noite e de dia
Um amor tão quente que se esfriou,
pois estupidamente você jogou nele
um balde de água fria!

 


E agora os meus passos estão tão incertos
a saudade já não habita o meu coração
A minha vida ficou sem um por que!
Diga-me então, para aonde foi a minha emoção?
O que houve com aquele amor
que  tanto clamava dentro mim  ?
Morreu a míngua suplicando por um pouco atenção!
Eu sinto muito, mas a nossa estrada chegou ao fim!

Dany

Secret Garden - Nocturne HD 1080p

http://danysempre.blogspot.com/2011/12/ja-nao-lhe-olho-maisby-dany.html

http://canto-cigano.blogspot.com/2011/12/ja-nao-lhe-olho-maisby-dany.html

Submited by

quinta-feira, dezembro 29, 2011 - 04:18

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Dany May

imagem de Dany May
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 10 semanas
Membro desde: 11/01/2011
Conteúdos:
Pontos: 1271

Comentários

imagem de bobbysouza

Eu sei o quanto dói não ser

Eu sei o quanto dói não ser correspondido por quem amamos e é mais difícil quando demoramos a deixar de amar, ficamos presos em nós mesmos buscando um motivo pra ainda amar aquela pessoa e não achamos. Simplesmente aquilo vai morrendo aos poucos conforme a pessoa nos decepciona dia após dia... Suas palavras foram mais que perfeitas, o que demonstra a romântica incurável que és e que assume isso sem medo da represália e do estigma de boba apaixonada. Lindas imagens como sempre, muito cuidadosa e doce em cada postagem. Cada vez que visito sua página sinto uma atmosfera angelical embalada pelas músicas que posta.

Hoje de madrugada, escrevi um poema enquanto minha internet caiu e o que li acima se parece muito com o que sinto.

Não postei o texto em minha página ainda, você está lendo em primeira mão, espero que goste...

Independente de Mim
Por Charlles Rb. Souza

Eu quis ouvir você dizer que largaria tudo por mim.
Que nada mais te importa do que estar ao meu lado.
Eu quis que você procurasse por mim e dissesse
Tudo que esconde aí dentro até mesmo de si.
Imaginei você me amando em cada olhar que me lança,
Em cada palavra mais estúpida e dita de provocação.

Te imaginei perdendo o medo de mim e do que sente,
Imaginei você gritando ao mundo que nada mais importa
E que estar comigo é a sua felicidade.
Oh, querido, imaginei tantas coisas...

Eu quis que você a deixasse por mim.
Eu quis você todos os segundos ao meu lado sorrindo
E segurando a minha mão.
Tentei te esquecer. Tem dias que me odeio por
Não controlar esse querer que me consome,
Esse desejo que quando penso que some reaparece
E me entristece por me ver refém do que sinto por você.

Somos pessoas tão incompatíveis, eu sei.
Um dia já te odiei por não ter o mínimo de respeito,
Tem horas que me assusto com seus defeitos sem noção,
Sua maneira descarada de chamar a atenção.
Ainda acho que estou vivendo mais uma ilusão,
(Por acaso acabei rimando)
Mas fazer o que se não consigo virar essa página?!

Talvez eu queira que você leia isso e não ignore.
Eu quis ouvir você dizer que largaria tudo por mim.
Eu ainda te quero...

Bobby Souza

imagem de Dany May

Olá Bobby Souza!

Meu querido amigo...

Amei!

Você me deu este presente

de ler em primeira mão a sua poesia!

Belíssima...cheia de sentimentos, um amor não correspondido!

Se parece com a que escrevi, realmente!

 

É triste quando alguém não nos corresponde

e  ainda em nós sobrevive  a esperança de ter esta pessoa!

 

Muito obrigado pelas palavras carinhosas!

Um grande abraço, querido!

 

Dany

 

imagem de bobbysouza

O prazer é todo meu em

O prazer é todo meu em compartilhar contigo algo que fiz a pouco, seus comentários me alegram.

Muita coisa não depende de nós, a não-correspondência de nosso eleito para o amor nos frustra e machuca por muito tempo.

Um dia tudo passa, mesmo que demore!

Grande beijo até mais querida...

Bobby

imagem de Adolfo

Um poema, apenas

Algum destes teus versos, ou todos eles, não sei, fez-me lembrar desta poesia aqui. Uma de minhas favoritas:

 

 

 

A Avenida das Lágrimas

A um Poeta morto.

 

Quando a primeira vez a harmonia secreta
De uma lira acordou, gemendo, a terra inteira,
- Dentro do coração do primeiro poeta
Desabrochou a flor da lágrima primeira.

E o poeta sentiu os olhos rasos de água;
Subiu-lhe â boca, ansioso, o primeiro queixume:
Tinha nascido a flor da Paixão e da Mágoa,
Que possui, como a rosa, espinhos e perfume.

E na terra, por onde o sonhador passava,
Ia a roxa corola espalhando as sementes:
De modo que, a brilhar, pelo solo ficava
Uma vegetação de lágrimas ardentes.

Foi assim que se fez a Via Dolorosa,
A avenida ensombrada e triste da Saudade,
Onde se arrasta, à noite, a procissão chorosa
Dos órfãos do carinho e da felicidade.

Recalcando no peito os gritos e os soluços,
Tu conheceste bem essa longa avenida,
- Tu que, chorando em vão, te esfalfaste, de bruços,
Para, infeliz, galgar o Calvário da Vida.

Teu pé também deixou um sinal neste solo;
Também por este solo arrastaste o teu manto...
E, ó Musa, a harpa infeliz que sustinhas ao colo,
Passou para outras mãos, molhou-se de outro pranto.

Mas tua alma ficou, livre da desventura,
Docemente sonhando, as delícias da lua:
Entre as flores, agora, uma outra flor fulgura,
Guardando na corola uma lembrança tua...

O aroma dessa flor, que o teu martírio encerra,
Se imortalizará, pelas almas disperso:
- Porque purificou a torpeza da terra
Quem deixou sobre a terra uma lágrima e um verso.

 

Olavo Bilac

imagem de Dany May

Olá Adolfo!

Eu fico muito feliz em saber

que estes meus versos singelos

lhe fazem lembrar esta linda

poesia de Olavo Bilac!

 

A avenida de lágrimas

Me fez viajar em pensamento

Obrigado por compartilhar querido!

Um grande abraço

 

Dany

 

 

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Dany May

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos É DIFÍCIL SER INTEIRO! 3 2.299 02/27/2018 - 10:36 Português
Poesia/Amor Quero fazer amor 2 3.417 06/29/2014 - 13:18 Português
Poesia/Acrósticos Filhos do vento 2 1.804 06/22/2014 - 18:03 Português
Poesia/Alegria Para que serve a vida? 2 2.013 06/22/2014 - 18:00 Português
Poesia/Dedicado A liberdade de ser um cigano 0 2.930 03/17/2014 - 01:12 Português
Poesia/Meditação Oh minha Santa Sara, o meu olhar está fixo no teu altar 0 4.652 03/17/2014 - 01:03 Português
Poesia/Acrósticos Santa Sara Kali - Acróstico 0 4.283 03/17/2014 - 00:51 Português
Poesia/Desilusão Sonhadora 0 2.163 02/23/2014 - 12:30 Português
Poesia/Amor Sonho ser uma ventania e não sou 0 1.395 02/23/2014 - 12:16 Português
Poesia/Dedicado Eu fito as estrelas de perto! 0 2.485 10/07/2013 - 13:54 Português
Poesia/Dedicado Minha Mãe Meu Anjo 0 4.352 08/12/2013 - 10:23 Português
Poesia/Meditação ASAS DA IMAGINAÇÃO 2 1.452 08/12/2013 - 09:48 Português
Poesia/Dedicado O Povo Cigano merece o nosso respeito! By Janete Sales Dany 0 2.252 04/07/2013 - 18:20 Português
Poesia/Pensamentos A maioria das derrotas somos nós quem fabricamos... 0 1.506 03/16/2013 - 11:29 Português
Poesia/Fantasia Poesia, a Fusão do Princípio e do Fim! 2 1.786 02/20/2013 - 22:48 Português
Poesia/Amor Você é o melhor cobertor quando estou nua. 2 1.921 02/20/2013 - 22:45 Português
Poesia/Tristeza Poesia do adeus para sempre! 0 2.884 12/04/2012 - 14:17 Português
Poesia/Acrósticos O amor cura tudo! 0 2.872 12/04/2012 - 14:02 Português
Poesia/Acrósticos Respeito pelo irmão! 0 2.280 12/04/2012 - 13:36 Português
Poesia/Meditação Não morra no deserto! 2 1.942 12/04/2012 - 12:29 Português
Poesia/Acrósticos Minha vida sem amor! 4 1.869 12/04/2012 - 12:18 Português
Poesia/Amor Quem sabe você está lá? 2 1.600 11/30/2012 - 23:00 Português
Poesia/Tristeza Um conflito sem solução! - Gazal 0 1.931 11/20/2012 - 11:43 Português
Poesia/Meditação O homem triste sorriu! 0 3.652 11/08/2012 - 15:10 Português
Videos/Poesia O homem triste sorriu e um sorriso ao se abrir...By Janete Sales - Dany 0 3.368 11/08/2012 - 14:58 Português