CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Minha forma de amar

Olho em seus olhos e vejo o brilho do amor
Então eu quero poder expressar todo o sentimento
Que o meu coração não consegue esconder
Mesmo eu tentando de todas as formas não demonstrar.
Meus olhos se entregam
Sua beleza me fascina e me deixa inquieto
Eu vejo você sorrindo
E todas as minhas forças acabam-se
Diante da magnitude deste sorriso.
Tu és uma flor que desabrocha no jardim
Na primavera do meu coração.
Não precisou fazer nada
Para conquistar a minha admiração
E eu vejo em você aquela beleza nostálgica
Que nunca vi em mais ninguém.
Minha forma de amar é singela
Porque queria ter o poder de alcançar o seu coração
De viver com você as mais loucas aventuras
E me entregar completamente.
Eu que sofri de amor
Que padeci em minhas jornadas
E fiquei cheio de cicatrizes cruéis
Não queria mais acreditar na paixão.
Mas, você chegou diante de mim,
Silenciosa e em passos lentos
Ficou na minha frente e pude ver o seu olhar
Seu sorriso tímido acabou com minhas resistências
E quando vi lá estava eu outra vez perdido
No caminho incógnito deste sentimento.
Tão linda donzela a povoar a minha mente
Faz-me sonhar os sonhos apaixonados
E desejar estar com você o tempo todo.
Eu só sei que não tenho mais a tranquilidade
De caminhar sem pensar em você.
Tu que és a mais linda flor
Que meus olhos contemplaram
Neste imenso jardim da existência.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, agosto 15, 2019 - 23:09

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 18 horas 21 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 4637

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Terra dos pássaros 0 7 10/21/2020 - 19:26 Português
Poesia/Intervenção Por um punhado de dinheiro 0 11 10/20/2020 - 23:28 Português
Poesia/Meditação Condenado 0 7 10/20/2020 - 19:33 Português
Poesia/Amor Ela apenas sorriu 0 24 10/15/2020 - 22:36 Português
Poesia/Paixão Sentimento de paixão! 0 32 10/15/2020 - 22:33 Português
Poesia/Amor Só os seus olhos podem salvar-me 0 23 10/15/2020 - 22:15 Português
Poesia/Paixão Um peregrino (mal)dito 0 22 10/14/2020 - 21:19 Português
Poesia/Desilusão Os olhos da esperança se foram 0 24 10/13/2020 - 14:33 Português
Poesia/Amor Em seus olhos vi florescer 0 39 10/10/2020 - 00:49 Português
Poesia/Geral Livro à venda! 0 48 10/08/2020 - 20:07 Português
Poesia/Pensamentos Braços da eternidade 0 26 10/08/2020 - 19:56 Português
Poesia/Tristeza Batidas do coração 0 38 10/05/2020 - 22:03 Português
Poesia/Desilusão Meu coração diz o contrário 0 25 10/01/2020 - 22:10 Português
Poesia/Desilusão Quem sabe? 0 35 09/30/2020 - 19:27 Português
Poesia/Desilusão A face do mal 0 33 09/28/2020 - 21:44 Português
Poesia/Meditação Nas garras da ambição 0 34 09/25/2020 - 19:16 Português
Poesia/Meditação Viver 0 28 09/24/2020 - 19:50 Português
Poesia/Desilusão De mim só terá a saudade 0 25 09/23/2020 - 18:57 Português
Poesia/Amor As coisas que tenho na alma 0 27 09/22/2020 - 19:19 Português
Poesia/Meditação À sombra da ausência de Deus 0 31 09/21/2020 - 20:00 Português
Poesia/Paixão Seus olhos se encontraram na luz suave 0 26 09/17/2020 - 21:34 Português
Poesia/Desilusão Coração rasgado 0 31 09/16/2020 - 18:47 Português
Poesia/Desilusão E eu não estarei mais no mesmo lugar 0 41 09/11/2020 - 21:35 Português
Poesia/Tristeza Perseguindo as sombras 0 54 09/10/2020 - 19:07 Português
Poesia/Pensamentos As artimanhas da noite 0 69 09/08/2020 - 18:44 Português