CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Nenhum de nós

Houve um tempo e um momento
Onde nossos olhos se encontraram
E o coração passou a sentir sensações
Que para sempre o marcaram.

O amor tão sonhado há tempos
Aconteceu entre nós com ternura
E, fez-nos apaixonar, cada dia mais
E viver uma terna aventura.

Um sonho tão bonito foi realizado
Em cada conquista que tivemos
Até o dia da separação
Causada pelos erros que cometemos.

Nenhum de nós pode culpar o outro
Pela nossa própria infelicidade
Pois, erramos iguais na vida,
E desse amor só resta à saudade.

Odair José
Poeta e Escritor Cacerense

http://odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, agosto 28, 2009 - 18:13

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Online
Título: Membro
Última vez online: há 1 hora 32 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 4752

Comentários

imagem de Mpiosso-ye-kongo

Re: Nenhum de nós

e muito bom quando admitimos ter errado também e ainda assim aceitamos os erros do outro.

Sublinho:
"Nenhum de nós pode culpar o outro
Pela nossa própria infelicidade
Pois, erramos iguais na vida,
E desse amor só resta à saudade".
Adorei. :pint:

imagem de MarneDulinski

Re: Nenhum de nós

Odairjsilva!
Gostei, as vezes curtir uma saudade gostosa, inclusive quando é recíproca, é até encantador, porque os dois seres se amam ainda, e pode haver um reencontro, e um acerto melhor que o da primeira vez!
Sonhe, ame, recorde, a saudade é gostosa também!
Marne

imagem de marialds

Re: Nenhum de nós

"Nenhum de nós pode culpar o outro
Pela nossa própria infelicidade
Pois, erramos iguais na vida,
E desse amor só resta à saudade."

Lindo uma admissão de mutua culpa.
Muito bom.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Divagação de um poeta na noite de sua vida 0 4 11/27/2020 - 01:04 Português
Poesia/Desilusão Encontrar é o início de perder 0 7 11/26/2020 - 19:40 Português
Poesia/Tristeza Era disso que tinha medo 0 12 11/25/2020 - 17:53 Português
Poesia/Amor Não existem palavras que possa descrever esse amor 1 29 11/24/2020 - 20:24 Português
Poesia/Dedicado Professora 0 37 11/20/2020 - 01:50 Português
Poesia/Amor Uma canção 0 17 11/19/2020 - 19:28 Português
Poesia/Desilusão Nada é como era antes 1 94 11/18/2020 - 20:38 Português
Poesia/Pensamentos Serei coração perdido 0 16 11/18/2020 - 20:20 Português
Poesia/Pensamentos Ladrão de almas 0 21 11/16/2020 - 22:20 Português
Poesia/Alegria 47 0 47 11/13/2020 - 18:29 Português
Poesia/Pensamentos Positividade 0 29 11/11/2020 - 21:41 Português
Poesia/Amor Ainda nos sonhos eu te encontro 0 20 11/09/2020 - 17:59 Português
Poesia/Fantasia Um dia pode ser melhor 0 36 11/06/2020 - 23:13 Português
Poesia/Desilusão Não negue o seu tempo a mim 0 23 11/05/2020 - 18:11 Português
Poesia/Amor Pra você 0 54 11/04/2020 - 18:17 Português
Poesia/Dedicado Se passares por Cáceres um dia 0 18 11/03/2020 - 18:13 Português
Poesia/Fantasia Não te conheço e te procuro 0 24 10/31/2020 - 20:10 Português
Poesia/Pensamentos Esta é a história de um homem marcado por uma imagem da infância 0 51 10/30/2020 - 13:37 Português
Poesia/Meditação O medo devora a alma 0 28 10/29/2020 - 18:22 Português
Poesia/Pensamentos O começo do fim 0 80 10/28/2020 - 22:35 Português
Poesia/Tristeza Castigo ou maldade? 0 27 10/27/2020 - 18:21 Português
Poesia/Amor Quero caminhar até o fim 0 30 10/26/2020 - 18:07 Português
Poesia/Tristeza Uma lágrima 0 82 10/22/2020 - 20:41 Português
Poesia/Pensamentos Terra dos pássaros 0 32 10/21/2020 - 18:26 Português
Poesia/Intervenção Por um punhado de dinheiro 0 35 10/20/2020 - 22:28 Português