CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O DIA DA LUCIDEZ

Hoje é o dia em que o sonho morre:
porque é o dia da  grande lucidez,
em que eu vejo o mundo como ele é:
a verdade ressalta,nua e crua ocorre,
e devolve o despertar da embriaguez.
No peito a dor aperta e sufoca até!

Hoje é o dia em que dou conta e vejo,
dos sorrisos que reparo em volta
Alguns amigos dos abraços recebidos
Se transformam no que não prevejo
Falsidades,invejas, tantas que revolta
não dei conta, por não achar merecidos.

Hoje é o dia de o sonho voltar,
quando logo, junto ao teu ombro,
dormir e, assim, tentar esquecer:
do meu peito e da cabeça soltar,
a lucidez - tal como um escombro:
ao sonho dar lugar e  prevalecer.

Hélder Fernando Docarmo Gonçalves
Novembro 2012

Foto: Minha Mulher Sofia Rodrigues por mim em Sintra
Este trabalho também encontra-se publicado no ORIGENS

Submited by

sexta-feira, novembro 16, 2012 - 14:24

Poesia :

Your rating: None (3 votes)

Docarmo

imagem de Docarmo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 anos 23 semanas
Membro desde: 04/10/2011
Conteúdos:
Pontos: 520

Comentários

imagem de Henricabilio

Na hora da lucidez, todos os

Na hora da lucidez, todos os sonhos
se alteram com as mais belas metas(morfoses).

Desde as Caldas, 1 abraç0o ao colega bancário
com votos de Felicidades!

Abilio Henriques

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Docarmo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Contos O ILUSIONISTA 1 1.102 03/31/2014 - 01:29 Português
Poesia/Meditação PERDOAR 2 849 12/03/2013 - 23:39 Português
Poesia/Meditação ESTRANHA FORMA DE AMAR 0 874 06/29/2013 - 23:50 Português
Poesia/Desilusão Se eu pudesse 0 828 06/22/2013 - 15:49 Português
Poesia/Dedicado POEMA A MEU FILHO 0 741 06/21/2013 - 23:10 Português
Videos/Poesia Sessão de autógrafos do Livro de Poesias "DICOTOMIAS" - Autor Hélder Gonçalves 0 1.262 03/16/2013 - 22:01 Português
Poesia/Amor MEU AMOR VEM DE LONGE (Declamado) 0 925 12/15/2012 - 17:19 Português
Poesia/Tristeza OUTONO 0 788 11/30/2012 - 15:47 Português
Poesia/Tristeza NESTE DIA DE INVERNO 0 1.040 11/26/2012 - 12:35 Português
Poesia/Meditação Intimidades 2 954 11/21/2012 - 12:53 Português
Poesia/Dedicado HÁ POESIA 0 849 11/18/2012 - 13:51 Português
Poesia/Desilusão O DIA DA LUCIDEZ 1 821 11/16/2012 - 17:51 Português
Poesia/Intervenção VELHOS DE TODO O MUNDO III 4 741 11/11/2012 - 01:40 Português
Poesia/Dedicado DENTRO DE TI, QUANDO CORRESTE PARA MIM! 3 1.062 10/22/2012 - 21:24 Português
Poesia/Intervenção VELHOS DE TODO O MUNDO - II 5 1.440 10/16/2012 - 20:01 Português
Prosas/Pensamentos DEMOCRACIA,LIBERDADE E SEUS ALGOZES 1 1.100 07/14/2012 - 18:03 Português
Poesia/Dedicado MEU AMOR VEM DE LONGE 0 1.066 06/28/2012 - 15:44 Português
Poesia/Dedicado BOM TEMPO 1 988 06/21/2012 - 23:37 Português
Poesia/Dedicado O TAL POEMA A SOFIA 2 1.189 06/13/2012 - 11:28 Português
Poesia/Meditação TRISTEZA 2 898 06/08/2012 - 00:15 Português
Poesia/Meditação OS MEUS LIMBOS 1 1.022 06/07/2012 - 20:34 Português
Prosas/Lembranças Susete 2 1.483 06/01/2012 - 19:27 Português
Poesia/Amor NO TEU COLO 2 991 05/30/2012 - 23:36 Português
Poesia/Amor SÓ TU - MEU AMOR DE ALGUM DIA 5 796 05/24/2012 - 10:53 Português
Prosas/Romance ORIGENS - Sinopse, Romance (próximo trabalho em execução) 2 1.200 05/17/2012 - 20:07 Português