CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O NOVO NÚMERO

Muda o ano em hora exata
Segue o resto repetindo
E o tempo só vai seguindo
Na sua jornada ingrata
Que faz nascer e que mata
Sem nunca pedir ajuda
Na verdade só o que muda
É um número na data

Eu até creio que mude
Não no dia festejado
Pois afinal é feriado
Depois do “TIM TIM”-saúde
Mas quem sabe alguém estude
A crença nessa promessa
Pois sempre o ano começa
Parado feito um açude

Sonhar é de graça e cabe
Dormindo ou acordado
Um sonho realizado
Faz com que a gente se gabe
E antes que o momento acabe
Festeje essa coisa rara
Porque o tempo não pára
E sonhar ele não sabe.

Sérgio da Silva Teixeira
BAGÉ/RS/BRASIL.

Submited by

segunda-feira, dezembro 31, 2018 - 16:38

Poesia :

No votes yet

Sérgio Teixeira

imagem de Sérgio Teixeira
Online
Título: Membro
Última vez online: há 50 minutos 8 segundos
Membro desde: 01/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 385

Comentários

imagem de J. Thamiel

Feliz novas datas

Feliz novas datas

imagem de Sérgio Teixeira

Igualmente amigo J

Igualmente amigo J Thamiel
Cumprindo no mundo o nosso papel.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sérgio Teixeira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto SONETO DA EXPERIÊNCIA 0 24 02/17/2020 - 16:52 Português
Poesia/Soneto SONETO DO ACASO 0 63 02/07/2020 - 10:45 Português
Poesia/Geral INÚTIL SABER (DÉCIMAS) 0 210 01/22/2020 - 21:41 Português
Fotos/Pessoais LIVRO RECENTE 0 68 01/05/2020 - 13:06 Português
Fotos/Pessoais LIVRO RECENTE 0 60 01/05/2020 - 12:59 Português
Poesia/Geral AGONIA DO ANO 0 82 12/29/2019 - 23:45 Português
Poesia/Geral DEVANEIO 2 445 12/22/2019 - 11:08 Português
Poesia/Geral ADEUS À PRIMAVERA 0 256 12/22/2019 - 10:36 Português
Poesia/Geral O IDÓLATRA 0 106 11/10/2019 - 16:29 Português
Poesia/Geral RIMAS COM SINAIS 0 205 10/16/2019 - 00:35 Português
Poesia/Soneto SONETO DO SER INVISÍVEL 2 364 10/02/2019 - 22:54 Português
Poesia/Geral SUPERSTIÇÃO (SEXTA-FEIRA TREZE) 1 331 09/13/2019 - 16:22 Português
Poesia/Geral SENTIMENTOS E CORES 1 375 08/19/2019 - 12:00 Português
Poesia/Geral MEU TEMPO, MEU REINO 2 357 08/18/2019 - 18:38 Português
Poesia/Geral SOLSTÍCIO DE INVERNO 2 523 06/23/2019 - 11:42 Português
Poesia/Geral CANTO, SILÊNCIO E LIBERDADE 3 564 06/03/2019 - 11:39 Português
Poesia/Soneto SONETO AO EXPEDICIONÁRIO "SEU ZÉCA" 0 404 05/05/2019 - 13:35 Português
Poesia/Geral OS SONS DO TEMPO 0 389 04/27/2019 - 15:12 Português
Poesia/Tristeza AS FLORES FIÉIS 0 367 04/12/2019 - 18:07 Português
Poesia/Geral A ILUSÃO DE SER POETA 2 473 04/04/2019 - 18:50 Português
Poesia/Geral MUITO ALÉM DO MÊS DE ABRIL 0 376 04/01/2019 - 23:10 Português
Poesia/Geral QUANDO O SILÊNCIO AUMENTA 0 306 03/27/2019 - 11:11 Português
Poesia/Geral O DIABO INOCENTE 2 585 03/12/2019 - 15:11 Português
Poesia/Tristeza SOFRIMENTO 2 567 02/15/2019 - 16:53 Português
Poesia/Geral REFAZENDO O MUNDO 2 2.169 01/26/2019 - 17:13 Português