CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O POETA FERIDO

A inspiração é uma flecha a zunir,
que veloz translada pelo espaço.
Ela não sabe o que vai atingir:
um coração de carne ou de aço.

Ela carrega do amor a suavidade e a leveza,
e por ser ela, da inspiração uma seta,
vai ferir, com certeza,
o coração de algum poeta.

O poeta atingido não sabe como agir
e vê destilar do ferimento um precioso licor.
Ele não sabe se chora, ou se de dor sorri,
quando começam brotar versos falando de amor.

Também não entende porque ele os escreveu.
Mas a felicidade o invade e ele cai em si.
Pode ter escrito apenas para deleite seu.
Mas alguém leu e tomou o poema para si.

As doces palavras sua carência embala,
e sentindo a beleza do poema, sorri enfim,
e seu coração transbordando de alegria fala:
tenho certeza que foi escrito para mim .

O poeta percebe então que é um inocente fingido,
que se expõe e se revela com mais de uma face.
Mas não carrega nenhuma culpa. Ele é redimido
porque poeta não se faz, poeta nasce.

J. Thamiiel
Guarulhos, SP - Brasil
27.01.2021

Submited by

quarta-feira, janeiro 27, 2021 - 16:20

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 dias 17 horas
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 3581

Comentários

imagem de mase albuquerque

O poeta ferido..

Seu poema é um primor! O desfecho ficou perfeito, parabéns poeta!

imagem de Odairjsilva

O poeta ferido.

Meu nobre amigo. O poeta ferido leva-nos a uma reflexão sobre a inspiração que vem até nós. Como dito acima, poeta não se faz, poeta se nasce. Parabéns pela rica inspiração. Gostei muito.

imagem de Ana Martins

O POETA FERIDO

"poeta não se faz, poeta nasce."
Lindo!!!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral DELÍRIO DO ÍNDIO PYATÃ 1 70 06/17/2021 - 16:27 Português
Poesia/Desilusão O POETA TRISTE 1 367 05/17/2021 - 22:44 Português
Poesia/Geral REFLEJO DE UNA GALINNA 0 332 05/05/2021 - 16:46 Português
Poesia/Geral O POETA FERIDO 3 365 04/22/2021 - 20:43 Português
Poesia/Desilusão AGORA É SAUDADE 0 296 04/21/2021 - 15:14 Português
Poesia/Fantasia H A R M O N I A 4 367 04/07/2021 - 15:39 Português
Poesia/Geral A CHUVA MOLHA AS ALMAS DISTRAÍDAS 0 271 04/03/2021 - 16:13 Português
Poesia/Geral REFLEJO DE UNA GALLINA 0 305 03/11/2021 - 18:39 Espanhol
Poesia/Geral R E F L E X Ã O DE U M A G A L I N H A 0 382 03/11/2021 - 17:38 Português
Poesia/Desilusão D E S T I N O 0 475 03/10/2021 - 13:24 Português
Poesia/Fantasia R E V E R Ê C I A 0 522 02/28/2021 - 19:01 Português
Poesia/Amor PERDIDOS NO TEMPO 0 380 02/25/2021 - 22:55 Português
Poesia/Poetrix GUARULHOS HOJE 0 773 02/23/2021 - 20:03 Português
Poesia/Amor O MAIS BELO POEMA FEITO PARA VOCÊ 0 433 02/18/2021 - 20:19 Português
Poesia/Amor TUA BELEZA 0 280 02/15/2021 - 13:49 Português
Poesia/Amor O ETERNAMENTE 0 365 02/15/2021 - 12:39 Português
Poesia/Amor UMA ILUSÃO LETAL 1 387 02/13/2021 - 20:20 Português
Poesia/Geral JOSÉ DE TAL 1 179 02/10/2021 - 22:42 Português
Poesia/Geral CORAL DE MARMANJOS 1 261 02/10/2021 - 22:27 Português
Poesia/Geral E, AS VACAS ? 1 270 02/10/2021 - 22:20 Português
Poesia/Geral PORQUE ME TORNEI POETA 4 405 02/10/2021 - 12:36 Português
Poesia/Amor FLORES DE HORTELÃ 0 274 02/05/2021 - 23:55 Português
Poesia/Haikai VENTO ANDALUZ 0 325 02/05/2021 - 18:27 Português
Poesia/Fantasia SOLIDÃO - (Rimas interpoladas) 3 342 02/04/2021 - 10:24 Português
Poesia/Fantasia TROAM TROVAS TRIVIAIS 0 323 02/03/2021 - 20:44 Português