CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

"Reflexão de uma certa quinta!"

E são das tristeza que retiro conhecimento.
Dos tropeços que aprendo a caminhar.
Das lágrimas que aprendo a suportar.
São das amizades que retiro forças para continuar.
Com isso esqueço meus medos sórdidos.
Esqueço de tudo e sigo.
Sendo louco nos momentos de sanidade.
São,nos momentos de loucuras.
Rindo quando a maioria estaria se descabelando e por cinco segundos caindo na real.
Não sou um poço de alegrias,mas disfarço minhas tristezas para que não se espalhem.
Transformo-nas em verso,prosas ou algo parecido,expondo-me sem me preocupar.
Sou anjo ou demônio?
Quem sabe,ambos !
Convicções que me levam do céu ao inferno com apenas um flash.
Tenho medo do escuro,mesmo assim apago às luzes para dormir.
Tenho medo da solidão,mesmo assim em momentos sinto-na bem próxima de mim.
Tenho medo da morte,mesmo assim à aguardo ansiosamente.
Pois não nascemos para usufruir da eternidade.
Mas que a vida seja eterna.
Enquanto dure!
Que amores sejam eternos,enquanto se cuidem.
Que esqueçamos tudo que dissermos,que pensarmos,que fizermos.
E que possamos no fim gozar da alegria de ter visto,sofrido,vivido,rido,chorado,reclamado.
Pois,a vida sem tudo isso seria um imenso e tedioso saco.
Acordemos todos os dias e olhemos ao redor e sigamos sempre em frente.
Pois,o que já vivemos outrora viraram apenas estatísticas e histórias que nos deram aprendizados.

Verton Brandino,Colatina,ES 03/09/2015

Submited by

quinta-feira, junho 10, 2021 - 00:11

Poesia :

No votes yet

Verton Brandino da Silva

imagem de Verton Brandino da Silva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 semanas 5 dias
Membro desde: 04/13/2011
Conteúdos:
Pontos: 976

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Verton Brandino da Silva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral "Reflexão de uma certa quinta!" 0 45 06/10/2021 - 00:11 Português
Poesia/Geral "Amanhã pode ser tarde!" 0 136 05/19/2021 - 23:25 Português
Poesia/Fantasia "Incógnita na tempestade!" 0 86 05/17/2021 - 12:53 Português
Poesia/Dedicado "Quem sabe,formiga?" 0 78 05/17/2021 - 12:48 Português
Poesia/Dedicado "Regando a felicidade!" 0 103 05/01/2021 - 10:35 Português
Poesia/Geral "Contar-te-ei!" 0 163 04/10/2021 - 15:45 Português
Poesia/Fantasia "Ex-calada! 0 136 04/08/2021 - 11:18 Português
Poesia/Geral "Passa tempo!" 2 190 04/08/2021 - 11:17 Português
Poesia/Desilusão "Com você!" 0 135 04/04/2021 - 13:00 Português
Poesia/Geral "Versos em Papel!" 2 250 04/04/2021 - 12:27 Português
Poesia/Desilusão "Partida!" 0 148 03/13/2021 - 12:03 Português
Poesia/Geral "Foi sorte!" 0 217 03/02/2021 - 19:20 Português
Poesia/Geral "Ter!" 0 171 02/21/2021 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia "O dia em que morri!" 0 195 02/19/2021 - 17:16 Português
Poesia/Fantasia "Além!" 2 372 02/13/2021 - 01:34 Português
Poesia/Pensamentos "Quem sabe!" 0 139 01/31/2021 - 01:52 Português
Poesia/Fantasia "Onde estão?" 2 308 01/31/2021 - 01:46 Português
Poesia/Geral "Indecisão!" 2 117 01/31/2021 - 01:43 Português
Poesia/Geral "Anjo bom!" 0 165 01/25/2021 - 10:57 Português
Poesia/Geral "Anjo sem asas!" 0 263 01/13/2021 - 19:37 Português
Poesia/Pensamentos "Vai entender!" 0 218 01/08/2021 - 18:54 Português
Poesia/Geral "MENSAGEM DE RÉVEILLON!" 0 185 12/31/2020 - 10:35 Português
Poesia/Dedicado "Doce rio!" 0 303 11/20/2020 - 01:40 Português
Poesia/Paixão "Tudo mudou!" 0 250 11/11/2020 - 16:00 Português
Poesia/Geral "Não conto contos!" 0 255 10/26/2020 - 11:00 Português