CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

se me falta o chão em que piso

se me falta o chão em que piso, busco no próximo passo a convicção de firmeza e se o agora é inconsistente me volto para o futuro que desconheço. carrego comigo o peso de outras vidas. junto forças que não tenho para fazer do meu rastejar minha andança nesta árida estrada. trago no peito a fé dos que acreditam no implausível e aguardo a redenção adormecida. foi preciso te perder e que me perdesses para aprender o significado da palavra deserto, para encontrar o itinerário que precisa ser refeito, para entender que tudo passa, tudo volta, tudo sempre está, para que conhecesse quem realmente somos, quem não éramos, para descobrir que existiam outras mãos e em cada uma delas outras linhas do destino. em cada lábio que encontro recolho uma hóstia.

Poema do livro Crônicas do Amor Impossível
a venda em http://sergioprof.wordpress.com
Contato:
blog: http://sergioprof.wordpress.com/
facebook: https://www.facebook.com/jardimpoeta
https://www.facebook.com/poetajardim
twitter: http://twitter.com/SERGI0_ALMEIDA
linkedin: https://www.linkedin.com/in/poeta-jardim-a7b0222b
google +: https://plus.google.com/+sergioalmeidaJardim
skoob: http://www.skoob.com.br/autor/7181-jardim

Submited by

segunda-feira, janeiro 30, 2017 - 11:03

Poesia :

No votes yet

jardim

imagem de jardim
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 51 semanas
Membro desde: 07/28/2012
Conteúdos:
Pontos: 358

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of jardim

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor o anjo que pego em meu colo 0 1.871 02/02/2017 - 10:18 Português
Poesia/Amor será que consegues 0 1.604 02/02/2017 - 10:15 Português
Poesia/Amor antes que eu pudesse me dar conta 0 1.936 02/01/2017 - 18:40 Português
Poesia/Amor algo se quebrou no universo 0 2.870 02/01/2017 - 18:38 Português
Poesia/Amor guardei para ti rosas e versos 0 1.608 02/01/2017 - 18:34 Português
Poesia/Amor foi preciso te encontrar 0 1.617 01/31/2017 - 10:36 Português
Poesia/Amor foram eternos dias 0 1.796 01/31/2017 - 10:35 Português
Poesia/Amor em minha boca calada 0 1.754 01/31/2017 - 10:33 Português
Poesia/Amor nos acostumamos 0 2.029 01/30/2017 - 11:05 Português
Poesia/Amor se me falta o chão em que piso 0 1.450 01/30/2017 - 11:03 Português
Poesia/Amor a casa está vazia 0 3.332 01/30/2017 - 11:01 Português
Poesia/Amor eternos dias 0 1.702 01/29/2017 - 11:59 Português
Poesia/Amor de ti trago memórias 0 1.757 01/29/2017 - 11:57 Português
Poesia/Amor provo teu negro amor 0 1.586 01/29/2017 - 11:55 Português
Poesia/Amor penetraste 0 1.456 01/28/2017 - 10:16 Português
Poesia/Amor te busco em todas as outras 0 1.891 01/28/2017 - 10:09 Português
Poesia/Amor sou somente um bardo 0 1.591 01/28/2017 - 10:07 Português
Poesia/Amor dentro de nós 1 1.489 01/27/2017 - 14:00 Português
Poesia/Amor andei pelas avenidas até minhas pernas se confundirem com o asfalto. 0 1.638 01/27/2017 - 09:40 Português
Poesia/Amor menti, enganei, aprend 0 1.468 01/27/2017 - 09:38 Português
Poesia/Amor vívido corpo 0 1.479 01/26/2017 - 10:10 Português
Poesia/Amor dentro daquele beijo 0 1.523 01/26/2017 - 10:07 Português
Poesia/Amor decifrando teus abismos 0 1.781 01/26/2017 - 10:06 Português
Poesia/Amor o meu corpo a buscar teu corpo ausente 0 1.918 01/25/2017 - 11:59 Português
Poesia/Amor de tuas entradas às tuas entranhas 0 1.754 01/25/2017 - 11:57 Português