CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SERTANEJO: UM POVO FORTE!

Quem não se emociona
Tem um coração duro
A fome e a sede questiona
Enxerga, mas vive no escuro

O sertanejo é um forte
Retira a água da lama
Não lamenta sua sorte
Ele raramente reclama

Todo governante o ignora
Não comove com sua dor
Então, ao céu ele implora
Sertanejo tem grande temor

Ele roga à Deus e chora
Confia na providência
Que chega na última hora
Premiando a sua paciência

Coragem que se expande
O sertanejo tem grande alma
Igualmente ao Mestre Gandhi
Cuja maior virtude é a calma

Terra de Cartuxo Cordelista
De um povo extraordinário
O sertanejo já nasce artista
O sertão é o seu cenário!

O sertão tem um solo sagrado
Ele só depende da boa irrigação
Alimentos abastecem mercados
Do local e de toda nossa nação

O filho sedento a sua mãe cobra
De sede e fome ambos desfalecem
A mãe procura por água que sobra
Sem água, mãe e filho adoecem

Ao nosso governo faço um apelo
Olhe para essa gente sofrida
Pelo sertanejo tenha mais zelo
A este povo nobre dê mais guarida

Aos vários santos eles são devotos
O sertanejo é movido pela fé
Quando políticos querem seus votos
Neste momento bola da vez ele é

Mas durante o seu mandato
Esquecem que eles existem
O político é um ser ingrato
Os sertanejos com fé persistem

Uma cruz pesada ele conduz
O gado e a lavoura dizimadas
O sertanejo espera por uma luz
Para poder recomeçar do nada

E no conforto da minha casa
Meus pensamentos podem voar
Num instante eles criam asas
O povo do sertão quero ajudar

Não quero vê-los sentir na pele
Calor, sede e o ardor da fome
Com ímpeto minh'alma impele
Descrever o sertão que consome

Consome o gado e a sua gente
Sertão se transforma em deserto
O sertanejo é um sobrevivente
Com um manto de couro coberto

Eu conheci um sertanejo idoso
Confesso que não vi nada igual
Lá no Sul ele ficou muito famoso
Foi devido ao seu salto mortal

Ele queria dar um salto na vida
No sertão junto ao seu pessoal
Aqui ele sente a saudade doída
Viver na sua terra não tem igual

Mas a seca o obriga e ele sai
Foi em busca de água e de pão
Para outras terras o sertanejo vai
Sai em busca de melhor condição

Uma ajuda da terra ou do céu
Se faz urgente com toda certeza
Essa gente não pode viver ao léu
O sertanejo tem muita nobreza

Nobreza que herdaram da terra
E que outrora saciava sua fome
Hoje vive num campo de guerra
Espera que em sorte transforme

JOSÉ CARLOS GUETA O POETA DO ABC

Submited by

terça-feira, fevereiro 7, 2017 - 09:37

Poesia :

No votes yet

poetadoabc

imagem de poetadoabc
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 2 dias
Membro desde: 09/05/2009
Conteúdos:
Pontos: 6463

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of poetadoabc

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral PREFÁCIO DO LIVRO "O TREM DA SALVAÇÃO" DO AUTOR ARAPIRAQUENSE CARTUXO CORDELISTA FERREIRA 0 74 03/09/2019 - 13:55 Português
Poesia/Acrósticos ANITA ROMERO GONZALEZ 1 243 03/06/2019 - 12:21 Português
Poesia/Amor VOCÊ AINDA ACREDITA NO AMOR? 1 58 03/03/2019 - 12:45 Português
Poesia/Geral O MILAGRE DO PRETINHO, É UM RESUMO EM FORMA DE POESIA DO LIVRO "MINHA HISTÓRIA - O PRETINHO" 0 327 06/14/2018 - 02:51 Português
Críticas/Livros LANÇAMENTO DO LIVRO "MINHA HISTÓRIA - O PRETINHO", de autoria de Walmir Coelho... Boa leitura! 0 427 06/14/2018 - 02:13 Português
Pintura/Figurativo ACALA 0 739 06/01/2018 - 02:36 Português
Fotos/Eventos AS FLORES DO JARDIM DA MINHA CASA 0 564 06/01/2018 - 02:26 Português
Fotos/Gentes e Locais HOMENAGEM À CORCINO DE OLIVEIRA COELHO 0 504 06/01/2018 - 02:18 Português
Fotos/Eventos José Carlos Gueta O POETA DO ABC Membro Honorário da ACALA 0 637 06/01/2018 - 02:12 Português
Poesia/Amizade CONSELHOS DE PAI PARA FILHO 0 449 09/05/2017 - 23:45 Português
Poesia/Amor JARDIM DA PAZ 0 452 09/05/2017 - 23:42 Português
Poesia/Alegria EXPERIMENTE POESIA 0 453 09/05/2017 - 23:38 Português
Poesia/Dedicado A HISTÓRIA DO CORINTHIANS 0 461 09/02/2017 - 14:29 Português
Poesia/Acrósticos ESTRELISMO 0 653 09/02/2017 - 14:25 Português
Poesia/Tristeza TRISTE REALIDADE 1 809 09/02/2017 - 14:13 Português
Poesia/Meditação O MUNDO PELO OLHAR DO IDOSO 1 773 08/29/2017 - 16:59 Português
Poesia/Tristeza O NAUFRÁGIO DA LANCHA 0 504 08/25/2017 - 23:28 Português
Poesia/Desilusão CICATRIZ 0 588 08/25/2017 - 23:25 Português
Poesia/Dedicado SOLITÁRIO POR OPÇÃO 0 681 08/25/2017 - 23:20 Português
Poesia/Meditação VIAGEM LITERÁRIA 1 610 08/10/2017 - 00:40 Português
Poesia/Dedicado CARRO DE BOI 0 1.235 08/10/2017 - 00:27 Português
Poesia/Tristeza HOMEM INVISÍVEL 0 570 07/23/2017 - 01:00 Português
Poesia/Dedicado MENINO POLIVALENTE 0 628 07/23/2017 - 00:54 Português
Poesia/Alegria GENTE 0 826 07/23/2017 - 00:50 Português
Poesia/Canção GUITARRA ESTRIDENTE 0 691 07/12/2017 - 01:51 Português