CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SONETO DO FRANGO MORTO

Por destino eu não fui ao estrangeiro
Em viagens às vezes aos pedaços
Os insumos tornaram-se escassos
E a fome me preservou por inteiro

Diferente de ser cachorro ou gato
Eu fui apenas um frango sem nome
Serviria só pra matar a fome
Em simples ou sofisticado prato

Numa vala durmo o eterno sono
Junto aos meus irmãos eu paguei o preço
Depois da exploração e o opróbrio

Sem o poder de dar dinheiro ao dono
Por quem nem ser lembrado eu mereço
Hoje sou prato de verme e micróbio

Sérgio da Silva Teixeira
Bagé/RS.

Submited by

terça-feira, maio 29, 2018 - 16:29

Poesia :

No votes yet

Sérgio Teixeira

imagem de Sérgio Teixeira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 15 horas 5 minutos
Membro desde: 01/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 254

Comentários

imagem de J. Thamiel

coment

Isto é que é talento.

imagem de Sérgio Teixeira

Obrigado pelo incentivo amigo

Obrigado pelo incentivo amigo J. Thamiel. Bondade sua.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sérgio Teixeira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral A VIDA E O NADA 0 19 01/22/2019 - 07:20 Português
Poesia/Geral O NOVO NÚMERO 2 60 01/01/2019 - 12:43 Português
Poesia/Geral DE QUEM VIAJA NO TEMPO 1 129 12/17/2018 - 10:45 Português
Poesia/Geral A MÁGOA DO TEMPO 1 97 12/10/2018 - 13:41 Português
Poesia/Fantasia UM ÓTIMO DIA 1 114 11/27/2018 - 20:13 Português
Poesia/Geral VIDA, VELA E VENTO 2 187 11/25/2018 - 16:03 Português
Poesia/Tristeza DIA DE FINADOS 2 244 11/25/2018 - 15:57 Português
Poesia/Geral CIÚME DOS TEMPORAIS 3 232 10/11/2018 - 14:34 Português
Poesia/Geral AGUACEIRO NO INVERNO 2 298 09/04/2018 - 17:20 Português
Musica/Pop CONTRASTES DE INVERNO 0 291 08/28/2018 - 20:55 Português
Poesia/Dedicado LUA DE SANGUE 4 285 07/29/2018 - 14:24 Português
Poesia/Geral NOVAS E VELHAS NOVIDADES 0 162 07/26/2018 - 21:03 Português
Poesia/Dedicado REINADOS SEM CRIMES 0 420 07/10/2018 - 16:49 Português
Poesia/Geral RESTOS DO DIA 6 336 06/16/2018 - 13:50 Português
Poesia/Soneto SONETO DO FRANGO MORTO 2 262 06/01/2018 - 23:14 Português
Poesia/Geral DESAPEGO 3 271 05/15/2018 - 02:42 Português
Poesia/Dedicado TIRADENTES (ESQUARTEJADOS) 1 336 04/25/2018 - 13:38 Português
Poesia/Fantasia PROSEANDO COM O TEMPO 2 332 04/05/2018 - 15:10 Português
Poesia/Geral BOMBONS E COELHOS 3 360 04/02/2018 - 16:42 Português
Poesia/Soneto SONETO DO FAZ DE CONTA 4 370 03/20/2018 - 11:08 Português
Poesia/Geral SEMBLANTE 1 372 02/16/2018 - 12:09 Português
Poesia/Geral O JULGAMENTO 0 262 01/26/2018 - 23:41 Português
Poesia/Soneto FUNERAL 2 318 01/22/2018 - 22:37 Português
Poesia/Geral NATAL, FESTA COMERCIAL 1 295 12/23/2017 - 22:21 Português
Poesia/Soneto SONETO DO FIM DOS TEMPOS 0 297 12/06/2017 - 00:05 Português