CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Sonho ser uma ventania e não sou

 

Você me deixou e pensa que é assim...

Rodopiou no meu intimo e foi para longe de mim

Provocou com os olhos todas as flores do meu jardim

Cobriu o meu corpo com a maciez do seu lençol

Todas as noites se converteram em manhãs de sol

Os meus olhos ficaram alucinados ao avistar o seu farol

Você me deixou e não disse mais nada

Fez do seu olhar a mais agradável emboscada

E eu me transformei por algumas horas na sua morada


Fez do meu silêncio um tremendo barulho

A sua ausência é como pisar em pedregulho

O tempo pouco importa; se é dezembro ou julho!


No lilás dos dias nada mais me encantou

Não sei qual o vento que te empurrou e te levou

Sonho ser uma ventania para ir ao teu encontro

e não sou!


Janete Sales Dany

Todos os direitos reservados
Poesia registrada

Licença Creative Commons
O trabalho Sonho ser uma ventania e não sou de Janete Sales Dany está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Submited by

domingo, fevereiro 23, 2014 - 12:16

Poesia :

No votes yet

Dany May

imagem de Dany May
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 18 semanas
Membro desde: 11/01/2011
Conteúdos:
Pontos: 1271

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Dany May

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Este é o seu sonho e demais ninguém! 0 355 07/27/2012 - 14:05 Português
Poesia/Tristeza Silêncio interior 0 404 07/27/2012 - 13:58 Português
Poesia/Geral O mundo não tem portas! 2 299 07/27/2012 - 13:40 Português
Videos/Outros História do povo Cigano 0 2.451 07/21/2012 - 18:02 Português
Poesia/Meditação Um homem de valor! 0 680 07/21/2012 - 17:11 Português
Poesia/Geral Entre lágrimas e risos! 0 411 07/18/2012 - 22:26 Português
Poesia/Meditação Que nunca me falte a água! 2 251 07/18/2012 - 22:14 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Escuridão em mim 0 1.405 07/18/2012 - 21:55 Português
Ministério da Poesia/Amor Eu vou te vencer 0 611 07/14/2012 - 03:49 Português
Poesia/Tristeza Se hoje eu choro é porque preciso! 0 478 07/14/2012 - 03:08 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Tão amável avó Maria! 0 1.263 07/11/2012 - 21:17 Português
Poesia/Pensamentos Que nunca me falte a água! 0 322 07/11/2012 - 21:06 Português
Poesia/Tristeza Se hoje eu choro é porque preciso! 0 433 07/11/2012 - 21:03 Português
Poesia/Amor O nosso amor é tudo isto! 2 782 07/09/2012 - 06:43 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Pensamento de um passarinho 0 1.504 07/04/2012 - 23:54 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Você me daria um emprego? E sem sentir medo? 0 773 07/04/2012 - 23:48 Português
Ministério da Poesia/Meditação Pedra 0 951 07/04/2012 - 02:37 Português
Poesia/Tristeza Um beijo 2 909 07/04/2012 - 02:27 Português
Ministério da Poesia/Dedicado O poeta vive a poesia 4 1.086 07/04/2012 - 02:22 Português
Ministério da Poesia/Meditação Um pedido 0 561 07/02/2012 - 04:08 Português
Ministério da Poesia/Amizade A sua estrela também tem que brlhar 0 1.109 06/30/2012 - 18:36 Português
Ministério da Poesia/Meditação Mundo estranho 0 784 06/30/2012 - 16:36 Português
Ministério da Poesia/Gótico Anjo sem asas 0 1.389 06/26/2012 - 13:20 Português
Ministério da Poesia/Meditação Vários passos... 0 906 06/26/2012 - 13:13 Português
Ministério da Poesia/Meditação Morrer em vida... 0 759 06/26/2012 - 13:10 Português