CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SURPREENDA-ME

 

Eu quero sempre ser surpreendida
Quero que me surpreendas a cada instante
A vida me surpreendeu completamente
Ao anunciar-me a tua chegada
Quando pensei que fosse despedida

Reacendendo em mim a antiga chama
A qual pensei que estivesse extinta
Achei que jamais voltaria a amar
Mas por direito sei que ainda posso
Sentir o meu coração acelerado

E minha respiração tão ofegante
Esta euforia, esta ansiedade
Este leve suor em minhas mãos
Este calor que vira calafrio
Esta distância que vira saudade

Só tenho vontade de estar contigo
Penso em ti ao parar de pensar
E eu que falava que estava curada
Que já havia passado desta fase
Igual adolescente apaixonada

Mas de repente a vida me sorria
E eu fiquei surpresa nesse impasse
Quem mandou dar-me uma nova chance?
Agora tenho o meu direito adquirido

Se a paixão durar só algum tempo
Não me arrependerei de ter vivido
Talvez até se torne amor definitivo
Não sou descrente, pode acontecer

Eu encontrei alguém receptivo
Que está a fim de se envolver comigo
E compartilhar todas as primaveras
Ou qualquer que seja a nova estação

 

Submited by

quinta-feira, maio 5, 2011 - 00:35

Poesia :

No votes yet

LourdesRamos

imagem de LourdesRamos
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 anos 10 semanas
Membro desde: 04/08/2009
Conteúdos:
Pontos: 2252

Comentários

imagem de MarneDulinski

SURPREENDA-ME

Lindo poema, gostei; qualquer paixão , em qualquer estação, com amor, acalma o coração!

Meus parabéns,

Marne

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of LourdesRamos

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Poetrix ESPELHO MÁGICO // ESPELHO MEU - Duplix 0 741 06/04/2011 - 00:26 Português
Poesia/Haikai HAIKAI 0 471 06/04/2011 - 00:22 Português
Poesia/Poetrix LETRIX 0 791 06/04/2011 - 00:19 Português
Poesia/Poetrix SOLITUDE 0 955 06/04/2011 - 00:15 Português
Poesia/Haikai HAIKAI 0 445 06/04/2011 - 00:13 Português
Poesia/Comédia PAPAGAIO E PERIQUITO - Trova 0 643 06/04/2011 - 00:06 Português
Poesia/Poetrix PALAVRATRIX 0 437 06/04/2011 - 00:03 Português
Poesia/Poetrix PAIXÃO EM LETRIX 0 556 06/03/2011 - 23:58 Português
Poesia/Poetrix POÇO PROFUNDO // PONTO DE FUGA - Duplix 0 279 06/03/2011 - 23:49 Português
Poesia/Poetrix COMO ÁGUA // PARA CHOCOLATE - Duplix 0 849 06/03/2011 - 23:45 Português
Poesia/Haikai HAIKAI 0 326 06/03/2011 - 23:41 Português
Poesia/Poetrix BRISA DO MAR // ENTARDECER - Duplix 0 427 06/03/2011 - 23:36 Português
Poesia/Poetrix TRITEZA // CORAÇÃO - Duplix 0 474 06/03/2011 - 23:32 Português
Poesia/Poetrix CADA DIA // SORRISO - Duplix 0 562 06/03/2011 - 23:28 Português
Poesia/Poetrix BAILARINA // SAUDADE - Duplix 0 724 06/03/2011 - 23:23 Português
Poesia/Poetrix PAIXÃO // TEMPO - Duplix 0 408 06/03/2011 - 23:20 Português
Poesia/Poetrix POETRIX // BOMBA! 0 440 06/03/2011 - 23:18 Português
Poesia/Poetrix DANCE COMIGO // “VALSINHA” - Duplix 0 1.089 06/03/2011 - 23:14 Português
Poesia/Poetrix ESPERANÇA// ORVALHO // NA COROLA - Triplix 0 543 06/03/2011 - 23:11 Português
Poesia/Poetrix AMANHECER // DESPERTAR - Duplix 0 622 06/03/2011 - 23:07 Português
Poesia/Poetrix DIA DA POESIA // E DOS POETAS TAMBÉM- Duplix 0 497 06/03/2011 - 23:04 Português
Poesia/Poetrix BEIJA-FLOR // SALGUEIRO - Duplix 0 479 06/03/2011 - 22:58 Português
Poesia/Poetrix FULGOR // SOBRIEDADE- Duplix 0 856 06/03/2011 - 22:55 Português
Poesia/Poetrix FADOS PORTUGUESES // SAMBA DO BRASIL - Duplix 0 1.094 06/03/2011 - 22:52 Português
Poesia/Poetrix NOTURNO // MELANCÓLICO // EÓLICO INSTRUMENTO-TRIPLIX 0 842 06/03/2011 - 22:49 Português