CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Tão triste e vazio

As palavras já não saem mais
Tudo é um vazio tremendo
Uma solidão angustiante
Um desejo incontido de voar
Mas é quando percebo que não tenho asas
Não posso voar assim
E tudo volta ao caos interior
A solidão que estraçalha a alma
No jardim não há flores
Estão todas mortas com o tempo
E borboletas não voam mais
Nem mesmo se ouve os cantos dos pássaros
E tudo parece tão sombrio
Que é assustador.

Por que alguém pode nos fazer sentir assim?
Por que somos tão dependentes?
Parece que o mundo não existe mais
Ou pelo menos não há graça nele
E o tempo não passa
Apenas a saudade aumenta a cada minuto
E a solidão parece nos abraçar
Com seus braços fortes e sufocantes.

Nem mesmo consigo expressar minha dor
Porque as palavras já não saem mais
E tudo parece mesmo ter chegado ao fim
Então deixo me descansar nas folhagens
Enquanto contemplo uma estrela solitária
Imaginando que é aquela tão desejada
A única capaz de mudar o meu mundo
Hoje tão triste e vazio.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

terça-feira, maio 14, 2024 - 12:12

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 horas 35 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 15881

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Melodia dos anjos 6 1.127 02/25/2024 - 13:19 Português
Poesia/Amor Veja 6 373 02/24/2024 - 13:49 Português
Poesia/Pensamentos Aleijados pelo tempo 6 1.068 02/23/2024 - 13:17 Português
Poesia/Desilusão Sentimento de perda 6 335 02/22/2024 - 11:30 Português
Poesia/Desilusão Saudade que fere 6 321 02/21/2024 - 20:06 Português
Poesia/Paixão Doce sabor proibido 6 1.120 02/21/2024 - 03:02 Português
Poesia/Amor Pense em mim 6 463 02/20/2024 - 11:28 Português
Poesia/Desilusão O erro do coração 6 362 02/19/2024 - 11:29 Português
Poesia/Amor Trovas de amor e saudade V 6 392 02/18/2024 - 12:57 Português
Poesia/Desilusão Nuvem passageira 6 372 02/17/2024 - 12:08 Português
Poesia/Amor O desejo que arde em mim 6 359 02/16/2024 - 13:01 Português
Poesia/Amor Eu penso em ti 6 508 02/15/2024 - 11:30 Português
Poesia/Pensamentos O poder sagrado da jornada 6 1.154 02/14/2024 - 13:39 Português
Poesia/Tristeza Distância cruel 6 382 02/13/2024 - 12:46 Português
Poesia/Amor Portal do amor 6 370 02/12/2024 - 14:02 Português
Poesia/Amor Trovas de amor e saudade IV 6 352 02/10/2024 - 13:33 Português
Poesia/Pensamentos A canção de um Historiador 6 1.209 02/10/2024 - 01:05 Português
Poesia/Desilusão Apenas um minuto 6 443 02/09/2024 - 13:07 Português
Poesia/Amor Nas entrelinhas dos teus olhos 6 540 02/08/2024 - 23:56 Português
Poesia/Amor Arrebata-me 6 240 02/08/2024 - 11:32 Português
Poesia/Amor Trovas de amor e saudade III 6 234 02/07/2024 - 21:50 Português
Poesia/Amor Abrigo no seu olhar 6 272 02/07/2024 - 02:10 Português
Poesia/Amor Trovas de amor e saudade II 6 317 02/05/2024 - 23:30 Português
Poesia/Amor Trovas de amor e saudade I 6 316 02/05/2024 - 01:09 Português
Poesia/Amor Eu abro meu coração 6 242 02/04/2024 - 13:13 Português