CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Uma mão cheia de nada

A esperança esvai-se em cada respiração
A necessidade transcende o real
A vontade não transparece Mas existe...
Escondida em reconduzidos recantos

Pequenos deleites
Delitos menores, efémeros...
Constantes e incongruentes como a situação presente
A latência das necessidades adiadas
Etéreas, e nem começadas...

Tic tac diz o relógio....
Mas o sorriso abre-se a cada passada
O tempo esvai-se
E o nada continua a acontecer...

A perder-se entre o que se quer encontrar e o ser,
Entre efemeridades e ternuras...
Entre morais e lamurias...
Comensais e desventuras,
Imberbes e obtusidades obscuras...

Temperança.

O continuar do acreditar,
Do sonho,
Do pensar sem de-sonho,
Do acordar desditonho
Do tudo, do nada...

Da vida vidrada e do restolho.

Submited by

sábado, janeiro 25, 2014 - 04:50

Poesia :

No votes yet

Rui Lima

imagem de Rui Lima
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 46 semanas
Membro desde: 03/04/2011
Conteúdos:
Pontos: 1584

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Rui Lima

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Outros Ancestral e sisuda, Sé é o epicentro de Braga, em Portugal 3 19.014 06/11/2019 - 09:38 Português
Poesia/Intervenção ¿¿O que é isso da liberdade?? 1 1.325 02/27/2018 - 12:15 Português
Ministério da Poesia/Amor o meu 1º poema de amor EVER 9 2.859 12/07/2014 - 11:18 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]"Me_Ditação" 3 1.663 07/26/2014 - 00:16 Português
Poesia/Pensamentos "moral" sociedade 1 1.415 06/13/2014 - 21:22 Português
Poesia/Meditação os nossos sonhos e as alegorias que vivemos 1 1.902 06/13/2014 - 03:29 Português
Poesia/Geral folha branca de papel 2 2.151 05/30/2014 - 16:32 Português
Poesia/Geral A Árvore dos Patafúrdios 0 1.640 04/07/2014 - 15:59 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Do Económico ao Social... 0 1.669 03/26/2014 - 01:16 Português
Poesia/Intervenção o dia passa, a vida passa, tudo nasce, tudo morre 0 2.777 02/21/2014 - 18:08 Português
Poesia/Intervenção Distrofia Social 0 1.891 02/17/2014 - 18:04 Português
Poesia/Geral Uma mão cheia de nada 0 1.708 01/25/2014 - 04:50 Português
Poesia/Geral o tempo passa e vai passando e deixa tudo para trás 0 4.102 01/02/2014 - 18:49 Português
Críticas/Outros [ANALISE DE MERCADO] Segmento/nicho de mercado dos "salgadinho" low-cost nas lojas de estações de serviço em Portugal 0 5.417 12/04/2013 - 02:42 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Respeito Vs. Desrespeito 0 1.912 11/01/2013 - 20:04 Português
Poesia/Geral FADO 0 1.851 10/30/2013 - 15:29 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Condicionalismos 0 1.449 10/26/2013 - 01:02 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]limitações sociais 0 1.656 10/26/2013 - 00:56 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]hipóteses... factos... certezas... 0 1.641 10/25/2013 - 23:45 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Formatação Social 0 1.348 10/25/2013 - 23:40 Português
Poesia/Pensamentos [PENSAMENTO/REFLEXÃO]Bem Vs. Mal 0 2.914 10/25/2013 - 23:32 Português
Prosas/Outros 15% do IVA dedutivel para o IRS... como manipular a seu favor para receber mais no seu IRS 2013 0 3.049 10/17/2013 - 16:04 Português
Poesia/Geral little moments in time 0 3.412 09/24/2013 - 21:06 inglês
Poesia/Geral TODOS (menos nenhum) 0 1.923 09/02/2013 - 21:18 Português
Poesia/Geral INTENSAMENTE 2 1.934 09/02/2013 - 21:09 Português