CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A VIDA E O NADA

Fim de tarde e o dia chora
Chuva mansa sem barulho
O meu país nesse embrulho
E o meu tempo indo embora
Sem ganhar eu uso a hora
Trabalhando no meu ócio
E o lucro desse negócio
Dou ao tempo de penhora

Nesse momento pesado
Quando eu encontro o nada
Parece a vida parada
E o tempo estar parado
Mas não vejo tudo errado
Pois há sempre uma saída
Quando a gente vive a vida
Com quem se ama ao nosso lado.

Sérgio da Silva Teixeira
Bagé/RS/Brasil.

Submited by

terça-feira, janeiro 22, 2019 - 07:20

Poesia :

No votes yet

Sérgio Teixeira

imagem de Sérgio Teixeira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 2 horas
Membro desde: 01/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 277

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sérgio Teixeira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral A ILUSÃO DE SER POETA 1 157 03/15/2019 - 14:42 Português
Poesia/Geral O DIABO INOCENTE 2 127 03/12/2019 - 15:11 Português
Poesia/Tristeza SOFRIMENTO 2 121 02/15/2019 - 16:53 Português
Poesia/Geral REFAZENDO O MUNDO 2 1.866 01/26/2019 - 17:13 Português
Poesia/Geral A VIDA E O NADA 0 198 01/22/2019 - 07:20 Português
Poesia/Geral O NOVO NÚMERO 2 129 01/01/2019 - 12:43 Português
Poesia/Geral DE QUEM VIAJA NO TEMPO 1 186 12/17/2018 - 10:45 Português
Poesia/Geral A MÁGOA DO TEMPO 1 147 12/10/2018 - 13:41 Português
Poesia/Fantasia UM ÓTIMO DIA 1 163 11/27/2018 - 20:13 Português
Poesia/Geral VIDA, VELA E VENTO 2 264 11/25/2018 - 16:03 Português
Poesia/Tristeza DIA DE FINADOS 2 330 11/25/2018 - 15:57 Português
Poesia/Geral CIÚME DOS TEMPORAIS 3 276 10/11/2018 - 14:34 Português
Poesia/Geral AGUACEIRO NO INVERNO 2 345 09/04/2018 - 17:20 Português
Musica/Pop CONTRASTES DE INVERNO 0 452 08/28/2018 - 20:55 Português
Poesia/Dedicado LUA DE SANGUE 4 366 07/29/2018 - 14:24 Português
Poesia/Geral NOVAS E VELHAS NOVIDADES 0 204 07/26/2018 - 21:03 Português
Poesia/Dedicado REINADOS SEM CRIMES 0 474 07/10/2018 - 16:49 Português
Poesia/Geral RESTOS DO DIA 6 403 06/16/2018 - 13:50 Português
Poesia/Soneto SONETO DO FRANGO MORTO 2 322 06/01/2018 - 23:14 Português
Poesia/Geral DESAPEGO 3 340 05/15/2018 - 02:42 Português
Poesia/Dedicado TIRADENTES (ESQUARTEJADOS) 1 401 04/25/2018 - 13:38 Português
Poesia/Fantasia PROSEANDO COM O TEMPO 2 386 04/05/2018 - 15:10 Português
Poesia/Geral BOMBONS E COELHOS 3 426 04/02/2018 - 16:42 Português
Poesia/Soneto SONETO DO FAZ DE CONTA 4 417 03/20/2018 - 11:08 Português
Poesia/Geral SEMBLANTE 1 434 02/16/2018 - 12:09 Português