CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Coisas do Amor

Passo devagar pela rua na esperança de encontra-la outra vez. Olhos tristes e semblante preocupado. Mas não foi isso que chamou minha atenção para ela à primeira vez que a vi. Aquele vestido rosa bem curto, mal cobria a bunda daquela menina e o decote deixava os vastos seios à mostra. Exatamente isso me chamou a atenção. Há dias eu não me relacionava com mulher nenhuma. Estava bastante interessado em saber se rolava alguma coisa com ela. Quem sabe? Mas, passei muito rápido por ela e quando percebi a possibilidade de rolar alguma coisa já estava longe. Parei o carro e dei meia volta.

Lá está ela. Meu coração acelera. Isso acontece todas as vezes que vou abordar alguma garota. Sinto um calafrio na espinha, mas prossigo. Ela caminha devagar pela calçada. Quase paro o carro, abaixo o vidro e pergunto se ela quer uma carona. Ela me olha, mas continua andando. Continuo a acompanha-la e pergunto outra vez. Ela então para e me pergunta se eu sei para onde ela está indo. É nesse instante que reparo em seus olhos. Parece estar cansada da vida. São olhos lindos, mas estão tristes. Respondo que se ela me disser eu posso dar-lhe uma carona. Com qual intenção? Ela me pergunta. Com a melhor possível. Respondo e ela sorri.

Ela entra no carro. Para onde vamos? Eu pergunto enquanto olho para seu belo corpo. Sua sensualidade é exposta nas belas pernas que o vestido não consegue cobrir. Seus cabelos são ruivos, pintados decerto, e encaracolados. Sua face carrega uma maquiagem superficial, mas capaz de esconder alguma imperfeição. Me leve para qualquer lugar. Ela diz e me olha com um olhar profundo. Fico excitado, mas me contenho. Essa resposta me deixa confuso. Odeio quando as mulheres fazem isso. Para onde a levo? Vamos para um lugar onde possamos ficar só nos dois. Diz ela me salvando.

Quando avisto a placa do motel ela me olha e com um leve sorriso comenta: E você estava com as melhores intenções, não? Fico desconcertado, mas não altero minha decisão. Chegando lá se ela não quiser nada a gente pode conversar. Penso comigo. Mas ela quer. É uma amante profissional e muito sensual. Faz amor como se há muito tempo esperasse por aquele momento. Eu a amo. Seu cheiro, seus gemidos me cativa. Seduz-me a ponto de esquecer que sou comprometido. Que tenho alguém a me esperar em casa e que deve estar preocupada há essa hora. Mas me perco em meio seus cabelos e seu corpo escultural. Como uma musa divina ela passeia pelo meu peito e suas mãos deslizam no meu coração. Estou perdido.

Acordo em seus braços. Ela ainda dorme. Corpo descoberto. Suas nádegas são como duas maças roliças e cheirosas. Uma visão do paraíso. Perco-me em meus pensamentos e angústias. Quem é ela? O que faço agora? O que falo em casa? Minha cabeça gira, mas não tenho arrependimento. Pelo menos nessa noite fui feliz.

Odair José
Poeta e Escritor Cacerense

http://cinehistoriaojs.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, janeiro 21, 2011 - 21:01

Prosas :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 18 horas 23 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 4312

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Poemas ao teu olhar 0 6 05/29/2020 - 22:23 Português
Poesia/Amor A canção do crepúsculo 0 8 05/27/2020 - 20:06 Português
Poesia/Tristeza Lágrimas da realidade 0 10 05/25/2020 - 21:34 Português
Poesia/Amor Do fundo do coração 0 9 05/25/2020 - 20:49 Português
Poesia/Tristeza Será que ela vai perceber a dor deste meu coração? 1 116 05/23/2020 - 12:35 Português
Poesia/Paixão O sorriso que vem do coração 0 19 05/21/2020 - 20:26 Português
Poesia/Paixão O sorriso que vem do coração 0 22 05/21/2020 - 20:23 Português
Poesia/Pensamentos O silêncio da reflexão 0 40 05/19/2020 - 20:46 Português
Poesia/Pensamentos O dizer do silêncio 0 65 05/14/2020 - 00:05 Português
Poesia/Meditação O sol também se levanta 0 49 05/12/2020 - 21:01 Português
Poesia/Tristeza Se você pudesse me amar 0 49 05/11/2020 - 20:38 Português
Poesia/Paixão A flor do meu jardim 0 44 05/08/2020 - 16:54 Português
Poesia/Amor Madrugada 0 52 05/07/2020 - 21:54 Português
Poesia/Amor Você é incrível 0 90 05/04/2020 - 22:01 Português
Poesia/Canção Seja poesia 0 74 05/04/2020 - 21:16 Português
Poesia/Amor Inevitável sentimento 0 96 05/03/2020 - 15:37 Português
Poesia/Meditação A vitória através da fé 0 103 05/01/2020 - 20:04 Português
Poesia/Pensamentos A admiração na imaginação 0 46 04/30/2020 - 14:28 Português
Poesia/Tristeza No mesmo caminho 0 49 04/28/2020 - 16:24 Português
Poesia/Amor As palavras que jamais te falarei 0 47 04/27/2020 - 14:24 Português
Poesia/Meditação Não tenho medo do silêncio 0 552 04/21/2020 - 16:50 Português
Poesia/Amor Você é mais do que os olhos podem ver 1 103 04/19/2020 - 15:42 Português
Poesia/Paixão Quero ter os seus olhos junto a mim 0 313 04/14/2020 - 18:56 Português
Poesia/Meditação As razões de nossas doenças 0 154 04/10/2020 - 19:58 Português
Poesia/Tristeza Vício torturante do coração 0 140 04/07/2020 - 19:12 Português