CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Eu sei que foi você - capitulo 8

O medo de Narciso se tornara mais forte, enraizando-se em seu peito. Todos notavam que ele não era mais o mesmo, pois não conseguia se concentrar nos treinos de futebol, parara de paquerar as meninas e adquirira uma expressão tensa de alguém que vivia esperando pelo pior.
Os colegas não entendiam sua mudança tão repentina e inexplicável e Marcelo, um dia, abordou:
-Que anda acontecendo, Narciso?
-Nada, Marcelo!respondeu Narciso com brutalidade.
-Nada? - Marcelo o olhou com incredulidade - como nada? Você está se afastando de todos e anda sempre distraído, com esse ar de medo! Narciso, eu também notei que você nunca mais tocou no nome da Virgínia depois que ela se matou e fica desconfortável quando se fala nela. Aliás, você ficou bem nervoso quando os pais dela apareceram aqui prometendo processar a escola e os pais dos alunos que mexiam com ela!
-Por que eu falaria na Virgínia? Ela morreu!
-Sim, ela morreu e a morte dela causou um alvoroço aqui. Já pensou na confusão que vai ser se os pais dela resolverem levar isso adiante? A diretora está morrendo de medo de que isso manche a reputação da escola e muitos alunos estão com medo de que seus nomes possam estar na lista que ela deixou.
-O que eu tenho a ver com isso?
Marcelo, que não era bobo, percebeu a tensão sob a atitude displicente e soltou a pergunta:
-Por acaso você está metido nessa sujeira toda, Narciso?
-Ora, Marcelo, por quem você me toma?
-Sei, não Narciso. Coincidência ou não, você começou a ficar estranho depois da morte da Virgínia. E eu sei que você tinha raiva porque ela não lhe dava a mínima.
Dando um pulo, Narciso cerrou o punho e disse:
-Se insinuar isso de novo, eu acerto sua cara!
Sendo da mesma altura de Narciso e mais cheio de corpo, Marcelo sabia que podia com ele e não se intimidou, respondendo:
-O que é, Narciso? Eu penso que não lhe conheço mais! E mais uma coisa que eu quero saber? por que você está com medo da Cassandra?
-Eu? Eu, com medo da Cassandra?
-Todo mundo está falando, Narciso. Ela olha para você daquele jeito misterioso e você se encolhe de medo dela! O que é isso?
-O que é isso, o que é isso? Eu vou ter medo daquela esquisita? Está com ciúmes?
-Ciúmes?
-Foi o maior tititi quando você foi com ela à diretoria no dia que ela desmaiou.
-Eu só quis ajudá-la.
-Você gamou nela! Quem não vê?
-E por que eu teria ciúmes dela com você? Ela não vai com a sua cara. Sempre que ela o encara, é como se o acusasse.
-Você presta atenção demais ao que a Cassandar faz, Marcelo.
-Penso que você não está querendo responder à minha pergunta.
Marcelo viu que não adiantaria insistir e deixou Narciso que, sozinho, torturou-se com seus pensamentos.
"Se a Cassandra sabe, como ela descobriu? Ela descobriu de alguma forma! Tenho que fazê-la dizer! Atrevida, intrometida! Em vez de cuidar da própria vida, vai se meter na dos outros! Vou lhe dar uma lição inesquecível!"

Submited by

domingo, junho 22, 2014 - 20:22

Prosas :

No votes yet

Atenéia

imagem de Atenéia
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 10 semanas
Membro desde: 03/21/2011
Conteúdos:
Pontos: 2453

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Atenéia

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Don't call me anymore 1 1.846 03/14/2018 - 13:22 inglês
Poesia/Geral Now, we are together 1 2.170 03/13/2018 - 21:29 inglês
Poesia/Fantasia Give me wings 1 1.792 03/13/2018 - 21:29 inglês
Poesia/Amor How can I show you 1 2.119 03/13/2018 - 16:48 inglês
Poesia/Tristeza You'll never be forgotten 2 2.291 03/10/2018 - 13:37 inglês
Poesia/Geral Não haverá mais segredos 1 1.102 02/09/2018 - 10:39 Português
Poesia/Tristeza We're never ready to say goodbye 0 2.251 03/12/2017 - 11:42 inglês
Poesia/Amor Sentimentos 0 1.240 01/19/2017 - 23:46 Português
Poesia/Geral Irmão 0 1.301 01/07/2017 - 21:42 Português
Poesia/Desilusão I'll never see you again 0 2.061 01/03/2017 - 15:02 inglês
Poesia/Desilusão O seu melhor 0 2.038 01/03/2017 - 14:58 Português
Poesia/Desilusão O último adeus 0 1.312 12/28/2016 - 16:36 Português
Poesia/Meditação Aonde pensamos 0 1.419 12/28/2016 - 16:32 Português
Poesia/Gótico A velha do saco de ossos 0 1.998 11/23/2016 - 16:45 Português
Poesia/Gótico Presenças espectrais 0 1.504 11/23/2016 - 16:36 Português
Poesia/Desilusão Don't come back to me 0 1.826 11/17/2016 - 16:11 inglês
Poesia/Geral Teu grito 0 1.641 11/17/2016 - 16:08 Português
Poesia/Gótico Peso morto 0 1.956 11/16/2016 - 23:36 Português
Poesia/Desilusão Learn to live alone 0 3.411 11/12/2016 - 11:23 inglês
Poesia/Meditação Torta 0 1.520 11/10/2016 - 16:23 Português
Poesia/Gótico O coração dilacerado 0 2.065 11/07/2016 - 15:48 Português
Poesia/Fantasia O presente 0 1.652 11/07/2016 - 15:45 Português
Poesia/Amor Ready to love 0 2.441 10/27/2016 - 21:42 inglês
Poesia/Amor Laços 0 1.942 10/27/2016 - 21:38 Português
Poesia/Fantasia Esta loucura 0 2.812 10/26/2016 - 16:18 Português