CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

VOCÊ JÁ COMEU "CHACHICHA"

Rico come salsicha, remediado come "salchicha" e pobre come “chachicha”.
Eu comi muita “chachicha”, e não era todo dia, era somente aos domingos.
Você, que sempre foi rico ou remediado, sabe como é uma casa de pobre?

Vou te dar alguns detalhes. Tem sempre na porta de entrada, um ferro para limpar o barro dos sapatos. Tem um pé de “espada de São Jorge” e uma lata enferrujada de “comigo ninguém pode”.

Na casa de pobre tudo é de “prástico”.
Sempre usam copos de requeijão.
Lambe-se a tampinha de alumínio do iogurte.
Tem sempre um par-de-meias e umas calcinhas secando atrás da geladeira.
Na parede tem dois quadros ovais do Sagrado Coração de Jesus e de Maria.

Quase sempre tem uma mulher grávida ou uma criança “ranhenta” e descalça.
Você é sempre bem-vindo para o almoço. Você vai reparar que o café é bem ralinho... e que ali é verdadeiramente um lar.
Ser pobre não é vergonha. Pode-se ser pobre e honrado.

Há muitas formas de ser pobre e muitas formas de ser rico. Alguém disse que o  dinheiro não é tudo na vida, é apenas 100%. O dinheiro não traz felicidade, ele a compra. Mas, que tipo de felicidade? Aquela felicidade efêmera, fugaz? 

A felicidade terrena é passageira. Há pessoas felizes que não tem nada, e ricos desolados na tristeza desejando o fim da própria vida.
“Há quem se faça rico, não tendo coisa alguma; e quem se faça pobre, tendo grande riqueza” ( Pr 13:7).

Submited by

quinta-feira, maio 19, 2016 - 13:41

Prosas :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 20 horas 23 minutos
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 3002

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Longa Espera 0 193 04/04/2020 - 15:19 Português
Poesia/Fantasia ÊXTASE 0 192 03/23/2020 - 16:58 Português
Poesia/Geral A TI SENHOR, TE PEÇO 0 81 03/22/2020 - 20:18 Português
Poesia/Geral Caros poetas 0 153 03/21/2020 - 23:29 Português
Poesia/Desilusão AS RUÍNAS DA CAPELINHA 0 290 03/20/2020 - 18:54 Português
Poesia/Fantasia VALSA AO LUAR 0 203 03/14/2020 - 13:26 Português
Poesia/Geral E NO SÉTIMO DIA DESCANSOU... 0 198 03/09/2020 - 14:48 Português
Poesia/Geral CABOCLO 0 276 03/03/2020 - 19:40 Português
Poesia/Meditação QUO VADIS? 0 246 02/27/2020 - 16:05 Português
Poesia/Fantasia OS DRACONIANOS 0 359 02/15/2020 - 15:32 Português
Poesia/Amor ¿Quien soy yo? 0 368 01/25/2020 - 13:04 Português
Poesia/Amor ¿Quien soy yo? 0 370 01/25/2020 - 13:00 Espanhol
Poesia/Desilusão DIABÉTICOS 0 333 01/20/2020 - 18:27 Português
Poesia/Meditação INTROSPECTO 0 306 01/19/2020 - 14:48 Português
Poesia/Pensamentos VADE RETRO 0 202 01/17/2020 - 13:49 Português
Poesia/Meditação INTROSPECTO 0 549 01/09/2020 - 14:43 Espanhol
Poesia/Meditação INTROSPECTO 0 331 01/08/2020 - 22:57 Português
Poesia/Fantasia ANO NOVO, NOVA ERA? 0 448 01/03/2020 - 19:09 Português
Poesia/Dedicado ODE À NATUREZA (dedicado a todos os poetas do WAF) 1 468 12/24/2019 - 21:16 Português
Poesia/Geral ESCOLA DE POETAS 0 375 12/21/2019 - 13:39 Português
Poesia/Geral FILOSOFIA DE UM BÊBADO 0 660 12/17/2019 - 14:15 Português
Poesia/Geral UM DIA EU TAMBÉM ERREI 0 655 12/10/2019 - 12:59 Português
Poesia/Tristeza NOSSA LÍNGUA PORTUGUESA 0 643 12/04/2019 - 14:02 Português
Poesia/Geral A VIDA É APENAS UMA TARDE. 0 686 11/25/2019 - 17:42 Português
Poesia/Geral MÁ X I M A S 0 482 10/28/2019 - 13:31 Português