O alívio desejado!

Eu não consigo me esquecer daquele dia
Ah, porque se eu pudesse esqueceria...
As horas em que passamos juntos
até hoje sobrevive em minha mente
Gostaria de sentir neste mesmo instante
tudo aquilo novamente

Agora feche os seus olhos e pense...
Em nossa excitação; os arrepios da minha pele suada
Sua língua passeando na minha boca molhada
O meu e o seu cheiro se misturando
Tornando-nos reféns um do outro
E de desejo aos poucos nós dois
vamos nos embriagando

Então você começa a me preencher
do modo mais completo
Eu quero muito mais e em você eu me apego!
E sempre olhando nos seus olhos
porque eu quero demonstrar...
que tudo isto só você pode me dar
Sinta em mim a febre que eu estou sentindo
Acalma-me este furor que está me possuindo
Sou toda sua e com você dentro de mim
posso lhe mostrar o que é ser amado,
e assim te darei o alívio desejado!

Dany

Straight To Number One - Tradução

 

 

 

Submited by

Martes, Diciembre 6, 2011 - 16:13

Poesia :

Sin votos aún

Dany May

Imagen de Dany May
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 5 años 1 semana
Integró: 11/01/2011
Posts:
Points: 1271

Comentarios

Imagen de apsferreira

Sensual e intenso, um

Sensual e intenso, um texto

muito bom de ler.

:-)

Imagen de Dany May

Boa tarde

Olá querido amigo Albano!

A sensualidade tem várias maneiras de se expressar

leve e solta nos diz como é bom amar!

Sensualidade e amor fazem  uma ótima combinação!

Fico muito feliz que tenha gostado Amigo!

Obrigado

Um grande abraço!

 

Dany

 

Imagen de Ítalo Cunha

Belas palavras!

Adorei estes versos, nem vou contar o que senti!

Imagen de Dany May

Boa tarde...

Olá Amigo Morcego!

Que bom que você gostou dos meus versos!

Sempre é bom saber da opinião dos amigos!

As opiniões nos dão uma direção se estamos agradando ou não,

então lhe agradeço!

Eu lhe adicionei como amigo!

Obrigado pelo comentário querido!

Abraços

 

Dany

 

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of Dany May

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Alegria Retrato sublime! 4 1.082 10/08/2012 - 23:45 Portuguese
Poesia/Tristeza Versos de quem sente fome! 8 608 10/08/2012 - 23:42 Portuguese
Videos/Poesía Plante as flores da persistência! Janete Sales (Dany) 0 908 09/14/2012 - 14:59 Portuguese
Videos/Poesía Um nada...um resto...Janete Sales (Dany) 0 899 09/14/2012 - 14:51 Portuguese
Poesia/Amor Como semear as flores da paz e do amor? 2 1.345 09/08/2012 - 12:55 Portuguese
Poesia/General Plante as flores da persistência! 9 1.345 09/08/2012 - 12:52 Portuguese
Poesia/Meditación Um pouco da minha infância... 2 655 09/08/2012 - 12:29 Portuguese
Videos/Poesía O MUNDO PERFEITO Janete Sales Dany 0 1.467 08/28/2012 - 13:24 Portuguese
Poesia/Tristeza Até parece que nós estamos dormindo! 0 400 08/27/2012 - 23:49 Portuguese
Poesia/Comedia O homem que imitava os outros! 0 606 08/27/2012 - 21:23 Portuguese
Videos/Poesía O MUNDO NÃO TEM PORTAS Janete Sales 0 999 08/19/2012 - 21:51 Portuguese
Videos/Poesía CORAÇÃO NA MÃO Janete Sales 0 1.751 08/19/2012 - 21:41 Portuguese
Videos/Poesía UM PASSARINHO TRISTE EM UMA GAIOLA Janete Sales 0 1.101 08/19/2012 - 21:33 Portuguese
Videos/Poesía COMO CONSERTAR UM CORAÇÃO PARTIDO - Janete Sales -Produzido por: Flávio Horta- N°2 0 1.370 08/19/2012 - 21:27 Portuguese
Videos/Poesía CORAÇÃO NA MÃO Janete Sales 1 0 1.864 08/19/2012 - 21:20 Portuguese
Videos/Poesía UM PASSARINHO TRISTE EM UMA GAIOLA Janete Sales 1 0 1.192 08/19/2012 - 21:07 Portuguese
Videos/Poesía COMO CONSERTAR UM CORACAO PARTIDO Janete Sales 1 0 2.161 08/19/2012 - 20:46 Portuguese
Poesia/Tristeza Então vai...segue a sua vida! 0 907 08/13/2012 - 20:40 Portuguese
Poesia/Meditación Deus foi me ensinando! 0 929 08/08/2012 - 02:40 Portuguese
Poesia/Tristeza Ai, meus ais! Ai que tédio! 0 783 08/08/2012 - 02:29 Portuguese
Poesia/Meditación A minha bagagem! 0 596 08/08/2012 - 02:18 Portuguese
Poesia/Amistad O que esperar de nós? 0 755 08/03/2012 - 04:08 Portuguese
Poesia/Dedicada Ausência necessária 0 230 08/03/2012 - 03:59 Portuguese
Poesia/Pensamientos Casa abandonada 0 532 08/03/2012 - 03:50 Portuguese
Poesia/Desilusión Há um limite para tudo! Até para o perdão! 0 459 08/01/2012 - 03:25 Portuguese