A Irracionalidade do Amor

A conclusão a que eu chego, minha querida,
É que tu és a vertente mais irracional da minha vida
Uma vertente demasiado tangente,
Para que possa não ter sido calculada
Cuidadosamente...

Eu não consigo, então, entender
Por que razão tu me deixas o coração,
Neste sem fim de arder,
E, porque tu fazes-me sentir-me carmim,
E com a minha Alma, assim, descompensada...

Como hei de eu perceber, então,
Por que razão tu me causas tal sensação
Tão abismal
Mas tão visceral...
Tão humana, mas, tão animal
Que me deixa, de antemão, vidrado...
Completamente abasbacado...

E qual o porquê deste sentimento, que eu tenho por ti,
Ora, magistral, ora,  de pecado,
Como outro, assim especial, eu nunca antes vivi
Ele é tão doce, mas tão complicado,
Pois, que ele é tão velado, como celestial...?
Ele tem um trinado fenomenal...

E eu fico, cá, a me perguntar, afinal,
Porque eu te vejo, essa pessoa tão especial
Porque o teu toque me faz sentir, assim,
A voar...
Por um mundo tão irreal,
E neste frenesim, sem parar...

Porém, um Mundo tão apetecível
Onde o amor é a única lei credível, que ele tem
E o teu corpo a sua única grei
A tua Alma um elixir luxuriante
Que, ao meu coração, faz bramir
Neste seu estado de paixão exuberante

É..., eu tenho que convir
Que eu não consigo entender
Que eu não consigo minimamente discernir,
O que tu fazes, em mim, acontecer...

Eu não consigo compreender o porquê
De, num mundo, onde tanta coisa emocionante, se vê,
E segundo o semblante que convém
Que, para mim, não haja nada mais sonante,
E que eu não consiga, para além de ti, ver mais ninguém...

apsferreira

www.albanosoaresferreira.blogspot.com

Submited by

Jueves, Octubre 25, 2012 - 04:03

Poesia :

Sin votos aún

apsferreira

Imagen de apsferreira
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 7 años 10 semanas
Integró: 09/21/2009
Posts:
Points: 3455

Comentarios

Imagen de Nanda

Albano

Uma declaração de amor escrita com amor e emoção.
Beijo
Boas Festas
Nanda

Imagen de apsferreira

Obrigado, Nanda. É sempre

Obrigado, Nanda.
É sempre muito bom ver-te
a ler os meus escritos.
Obrigado,
:-)

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of apsferreira

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/General E eu escrevo... 6 4.251 02/25/2018 - 21:03 Portuguese
Poesia/Amor Incúria 7 2.756 11/20/2013 - 17:49 Portuguese
Poesia/Dedicada Saudade 2 2.654 01/30/2013 - 23:43 Portuguese
Poesia/Aforismo As Pessoas, Que São Boas 0 1.925 01/28/2013 - 03:20 Portuguese
Poesia/Aforismo Brumas, no Olhar 2 2.319 01/21/2013 - 02:54 Portuguese
Poesia/Aforismo Ah, Catraia Tonta... 0 3.135 01/20/2013 - 20:54 Portuguese
Poesia/Amor A Irracionalidade do Amor 2 2.589 01/20/2013 - 20:34 Portuguese
Poesia/Amistad O Teu Sorriso 2 1.971 01/18/2013 - 23:29 Portuguese
Poesia/Amor Pedido, à Minha Estrelinha 2 2.185 10/19/2012 - 13:41 Portuguese
Poesia/Amor Será, Que Tu Já Te Apercebeste, Meu Amor? 0 2.084 10/18/2012 - 05:55 Portuguese
Poesia/Dedicada A Cor da Vida 0 2.556 10/11/2012 - 22:19 Portuguese
Poesia/Fantasía Eu Sonho O Teu Despertar 0 2.776 10/09/2012 - 12:14 Portuguese
Poesia/Dedicada Quer Quer Viver Para Sempre? 0 2.140 10/05/2012 - 07:53 Portuguese
Poesia/Amor Ouve, Meu Amor... 0 2.339 10/04/2012 - 08:01 Portuguese
Poesia/Pasión Apenas, Imaginação... 0 1.902 09/30/2012 - 11:13 Portuguese
Poesia/Amor Eu quero-te, porque te quero 0 2.619 09/26/2012 - 03:53 Portuguese
Poesia/Dedicada Desejos de Amor 0 2.453 09/24/2012 - 05:38 Portuguese
Poesia/Meditación Porquê? 0 1.813 09/22/2012 - 04:03 Portuguese
Poesia/Meditación Senhor... 0 2.774 09/19/2012 - 04:28 Portuguese
Poesia/Dedicada Eu Viajo com o Teu Sorriso 0 1.822 09/17/2012 - 11:49 Portuguese
Poesia/Soneto Alma de Mulher 0 3.248 09/09/2012 - 20:48 Portuguese
Poesia/Aforismo Quando Muda O Mês 0 2.142 09/01/2012 - 19:41 Portuguese
Poesia/Meditación Por "Trinta Dinheiros" 2 3.073 08/28/2012 - 17:51 Portuguese
Poesia/Amor Incursão 0 2.490 08/21/2012 - 19:55 Portuguese
Poesia/Aforismo Este Meu Fado 1 3.374 08/08/2012 - 02:48 Portuguese